Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cancêr - É necessário entender, é possível prevenir

Cancêr - É necessário entender, é possível prevenir

Categoria: Saúde
Visitas: 10
Comentários: 2
Cancêr - É necessário entender, é possível prevenir

Sempre que escutamos, alguém falar em câncer, bate um certo desespero, uma vontade enorme de se afastar para não continuar ouvindo nada sobre algo que parece tão perigoso à saúde e à própria vida. Por isso, muitas vezes, nem se quer sabemos o que é, e o que desencadeia e como prevenir esse problema que está tão próximo. Afinal, se você não tem ninguém na família, certamente conhece alguém que já sofreu com algum câncer. Não queremos assustar ninguém, mas explicar a doença e apontar caminhos para que, no dia-a-dia, você e sua família possam se prevenir deste mal. Embora os cientistas e pesquisadores ainda não tenham desvendado o câncer por completo, muito estudo demonstra como a alimentação e os hábitos saudáveis podem blindar o nosso organismo contra o câncer.

O câncer ocorre quando o organismo perde o controle sobre um determinado tipo de célula e esta passa a se multiplicar de forma rápida e desorientada. A partir daí, pode invadir outros órgãos e impedir o seu funcionamento adequado. Cada tipo de câncer pode ser desencadeado de forma diferente, por uma influencia genética ou exposição a agentes químicos, físicos ou biológicos. Na mulher, os principais cânceres são de mama, ou colo do uterino e intestino.

É bom afastar hábitos danosos como tabagismo, e consumo de álcool, exposição à luz solar, adquirir hábitos saudáveis alimentação equilibrada e pratica de atividades físicas, e acompanhamento medico regularmente, com isso previne o risco de desenvolvimento do câncer.

Saiba as partes do corpo mais afetadas pelo câncer, E quais as causas e como tratar.

Câncer de mama é caracterizado por um nódulo ou tumor nos seios, que pode ou não ser acompanhado de dor. Em alguns casos, surgem nódulos nas axilas. Suas causas são geralmente em idade avançada, ou menstruação precoce, menor pausa tardia, e em primeira gravidez após os trinta anos. Geralmente o tratamento é decidido pelo médico, e o melhor tipo de tratamento é cirúrgico, a remoção do tecido cancerígeno ou do seio inteiro, radioterapia e quimioterapia.

Colo de útero é um câncer maligno que combate a porção vaginal, chamado cérvice uterina ou colo do útero, no estado inicial, não apresenta sintomas. Suas possíveis causas é o HPV, ou seja, vírus do papiloma humano, este esta presente em 90% dos casos. O vírus pode ser transmitido por relações sexuais. Outros fatores, é como inicio precoce da atividade sexual, grande numero de parceiros sexuais, tabagismo, higiene inadequada e uso prolongado de anticoncepcionais orais isso pode desencadear o câncer do colo do útero. O tratamento é decidido pelo medico, a partir de uma avaliação de cada caso isso varia de cirurgia a laser até a remoção total do útero.



Waldiney Melo

Título: Cancêr - É necessário entender, é possível prevenir

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 10

633 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • alana carlaalana carla

    05-04-2011 às 18:54:56

    eu tive cancer de ultero mi recuperei estou curada graças a deus

    ¬ Responder
  • rosaliarosalia

    20-10-2010 às 22:50:37

    pois é um bocado dificil porque me encontro com anemia e nao encontrei nada que me esclareçe-se pois a minha medica disse que eu tinha mas nao me reseitou nada estou ideçi-sa desculpem-me e obrigada beijinhos e as melhoras para a queles que a teem

    ¬ Responder

Comentários - Cancêr - É necessário entender, é possível prevenir

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios