Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Ebola: Saiba Tudo Sobre Esta Doença

Ebola: Saiba Tudo Sobre Esta Doença

Categoria: Saúde
Comentários: 2
Ebola: Saiba Tudo Sobre Esta Doença

O Ebola ou Ébola é um vírus transmitido por contato de urina, sangue de pessoas infectadas, vômito e no consumo de carne de animas infectados. A transmissão da doença se contrai por qualquer fluído corporal, mesmo depois que a pessoa morre e manipular animais infectados também é um grande risco.

Os sintomas da doença são: tosse, febre acima de 38 graus, cansaço excessivo e enjoos; depois que a doença se agrava os sintomas aumentam como garganta inflamada, manchas ou bolhas de sangue na pele; vômito com sangue, alterações cerebrais, olhos avermelhados e leva também ao coma. O Ebola ainda não tem cura, esta doença está afetando mais na África por ser um país que tem uma cultura diferente. Mas, já tem evidência desta doença nos Estados Unidos.

Após a contaminação, os sintomas do Ebola demora de 1 a 20 dias para surgir. As pessoas que tem mais riscos de serem contaminadas são os que tem contato com infectados como os familiares e pessoas que trabalham em hospitais. O tratamento do Ebola consiste na pessoa ficar sempre bem alimentada e hidratada. É deixar que o organismo se recupere. O ideal é que o paciente fique em isolamento para não infectar outras pessoas.

Para se prevenir do vírus o certo é lavar bem as mãos várias vezes ao dia, queimar todas as roupas da pessoa que morreu pelo vírus e usar luvas de borracha e máscaras ao ter contato com uma pessoa infectada.

O Ebola surgiu na África em 1976,o vírus é uma febre hemorrágica que já deixou 1013 mortos só no ano de 2014. O EBOLA é uma doença mais mortal identificada até hoje. Saiba que existe 5 tipos da doença os seus nomes são: Costa do Marfim, Bundiobugyo, Sudão e Zairo.

O vírus pode ser contraídos por animais. A OMS colocou muitos médicos para os países que estão mais afetados pela doença, também reforçou as fronteiras. Não há vacina para esta doença, a única forma é evitar o contágio. O vírus tem taxa de morte entre os infectados de 90%. Segundo a OMS,só os três primeiros tipos de vírus tem mais registros de surtos de Ebola.

No brasil, o Ministério da Saúde disseram que os brasileiros não precisam se preocupar,pois o Ebola só se agravou na África por serviços de saúde serem precários e não tem saneamento básico. Se a pessoa estiver com a suspeita da doença, deve procurar um centro de saúde mais próximo. Só será decretado o fim da doença, depois declarar 42 dias sem nenhum caso do vírus Ebola.


Gislene Santos Sousa

Título: Ebola: Saiba Tudo Sobre Esta Doença

Autor: Gislene Santos Sousa (todos os textos)

Visitas: 0

418 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • amanda

    27-10-2014 às 23:31:29

    Nossa, até fiquei com medo, fiquei arrepiada de medo, mas foi bom, muito bom mesmo saber destas informações.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãorita

    18-10-2014 às 23:43:04

    muito importante informações.

    ¬ Responder

Comentários - Ebola: Saiba Tudo Sobre Esta Doença

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios