Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Os filhos da droga

Os filhos da droga

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 4
Os filhos da droga

É na adolescência que mais frequentemente, durante os tempos de escola, que se faz o primeiro contacto com o tabaco e com o álcool, e as drogas não são excepção.

É uma parte natural de todo o processo de crescimento, muitos de nós já experimentou as mais diversas coisas na nossa juventude, e dessa época muito poucas foram as experiências que se tornaram parte integrante da nossa vida até aos dias de hoje. Porém nem todos de nós soube experimentar e seguir em frente, dai o alcoolismo, a toxicodependência e outros comportamentos menos saudáveis que por razões do âmbito de psicológico e emocional se manifestam durante a adolescência (bulimia, anorexia, fobias, automutilação, raiva, automedicação, depressões, etc).




O consumo de drogas contínuo é um dos atos que mais famílias destrói e que mais vidas ceifa atualmente. Tal como outro qualquer escape, esta é uma dependência ou adição que, nos dias de hoje mais prejudica a sociedade, pois eventualmente acaba por dar lugar à criminalidade e ao aumento de problemas de saúde que acabam por ser mortais (HIV e outras infeções mortais) em alguns casos.

É aqui que entra a família e as organizações existentes no tratamento desta e outras dependências, que tantas famílias e jovens prejudicam. Em Portugal por exemplo existem, tal como em muitos outros países organizações privadas e publicas que ajudam no tratamento desta doença que tanto aflige, bem como, tentam consciencializar para este problema, que é inerentemente uma repercussão do rápido e descontrolado crescimento da nossa sociedade.

É importante que os pais desta nossa sociedade tenham uma consciência e mente informada acerca deste assunto, estando atentos ao comportamentos dos seus filhos, tendo o dever de tentar falar com eles abertamente acerca deste tópico, pois muitas vezes é fazendo de algo tabu que se acaba por querer “provar do fruto proibido”, sendo as consequências da inação, por vezes, maiores que o esperado.

Bruno Jorge

Título: Os filhos da droga

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 4

636 

Comentários - Os filhos da droga

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios