Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Conheça as doenças mais comuns no inverno

Conheça as doenças mais comuns no inverno

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Conheça as doenças mais comuns no inverno

No inverno, devido à baixa temperatura, a baixa umidade do ar e a poluição, é comum aparecer várias doenças causadas, principalmente, por vírus. Geralmente, as crianças e os idosos, por terem imunidade mais baixa, são os principais atingidos por esses vírus. Então, conheça as doenças mais comuns no inverno e aprenda dicas para saber como preveni-las.

Doenças mais comuns no inverno
Asma
É uma inflamação que atinge o sistema respiratório, causada por vírus. Poeira, cheiros fortes e de mofo, emoções e umidade costumam despertar o ataque alérgico. Essa doença costuma causar tosse, sensação de falta de ar e chiados no peito. Não há um meio de prevenir a asma, porém, com tratamento contínuo ela pode ser controlada.

Bronquite
É uma inflamação nos brônquios que impede que o ar chegue até os pulmões. Existem dois tipos de bronquites: a forma aguda, que é causada por vírus e bactérias e a forma crônica. Alguns de seus sintomas são: tosse seca com chiado ou com eliminação de secreções, fadiga, dor no peito, mal estar e febre. O fumo pode agravar a situação de um paciente que tenha bronquite.

Gripe



A gripe é causada pelo vírus influenza. Seus sintomas são: entupimento das vias aéreas, garganta inflamada, febre alta, fraqueza, espirros, coriza, entre outros. Por ser transmitida pelo ar, a gripe é muito contagiosa.

Dor de ouvido
Causada por uma bactéria, a dor de ouvido é uma infecção que atinge certa região do ouvido, sendo apresentada comumente em crianças. Muitas vezes, vírus e bactérias da garganta migram até o ouvido por meio de secreções dessas áreas e assim, origina-se a dor de ouvido.

Pneumonia
Esta doença é causada por vírus, bactérias ou fungos, afetando diretamente os pulmões com uma forte infecção aguda. Geralmente, essa doença ocorre após gripes ou fortes bronquites. Seus sintomas são: dor no tórax, febre alta, tosse com catarro, suor, palidez e calafrios.

Resfriado
Muitas pessoas confundem o resfriado com a gripe, porém o resfriado é uma infecção leve que atinge o nariz e a garganta, causada por vírus. Alguns de seus sintomas são: espirros, tosses, dores de garganta, dores musculares, entre outras. Não há um tratamento específico, apenas devem-se tomar remédios para tratar os sintomas e esperar a recuperação natural do organismo.

Rinite
Doença causada pela irritação ou inflamação da mucosa do nariz. Principais sintomas: espirros, coceira, coriza e nariz entupido.

Sinusite
Uma inflamação que atinge a mucosa, revestimento dos “seios da face” (como é mais conhecida), que são cavidades do crânio que ficam em volta do nariz. A sinusite é causada por infecções bacterianas ou virais, e por alergias. Seus principais sintomas são: dor de cabeça, nariz entupido, dor nos olhos e inchaço nas pálpebras.

Como prevenir doenças causadas no inverno
- fazer exercícios físicos com regularidade;
- comer alimentos com bastante vitamina C (laranja, acerola, limão, entre outros);
- evitar lugares fechados;
- secar as roupas a luz do sol;
- lavar as mãos frequentemente;
- vacina;
- no caso de bebês, é importante manter a amamentação, pois, o leite materno fortalece o sistema imunológico da criança.


Rua Direita

Título: Conheça as doenças mais comuns no inverno

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

703 

Comentários - Conheça as doenças mais comuns no inverno

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios