Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > As gorduras também podem ser dietéticas?

As gorduras também podem ser dietéticas?

Categoria: Saúde
As gorduras também podem ser dietéticas?

“A refeição deve ser pobre em gorduras”. Esta é a frase que ouvimos quase todos os dias e que tem como objetivo levar as pessoas a erradicar as gorduras da alimentação providenciando assim um melhor estado de saúde.

Na verdade as gorduras são um perigo para a saúde contribuindo em grande escala para a ocorrência de doenças coronárias graves que colocam muitas vezes a vida em perigo eminente.

Convém no entanto alertar as pessoas que quando se fala de gorduras não se pode apenas falar dos seus malefícios. Estas também têm um papel importante a desempenhar no organismo de quem as consome. São elas que abastecem o organismo de ácidos graxos essenciais a muitas das funções corporais. Para além desse trabalho são também as gorduras que vão dar um precioso auxilio no transporte das vitaminas solúveis.

Face ao exposto podemos afirmar que as gorduras também são dietéticas e que só são prejudiciais se forem consumidas em excesso. Na dieta ocidental, infelizmente é isso mesmo que se verifica: a ingestão de alimentos gordos diariamente o que leva consequentemente à ingestão de grandes quantidades de gordura.

A gordura como fonte de energia

Ao compararmos as gorduras com os carboidratos podemos verificar que as primeiras são uma maior fonte de energia para o organismo. Cada grama de gordura proporciona nove calorias e cada grama das segundas apenas quatro. De salientar também que os carboidratos depois de se encontrarem no organismo são de forma fácil e rápida convertidos em energia mesmo antes da gordura o que leva a que esta não seja utilizada pelo organismo e seja armazenada contribuindo para os inestéticos pneus e para o temido colesterol. Esta é uma questão importante que deve ser bem ponderada na elaboração de uma dieta.

Há ainda que referir que apenas sessenta por cento das gorduras são utilizadas e transformadas em energia sendo que os restantes quarenta por cento são armazenados contribuindo igualmente para os tecidos adiposos e para as placas de gordura.

Face a tudo isto podemos dizer que as gorduras não são uma boa fonte energética para os músculos uma vez que muito dificilmente são convertidas em energia. Se poder faça mesmo uma alimentação pobre em gorduras zelando assim pela sua saúde.


Isabel Costa

Título: As gorduras também podem ser dietéticas?

Autor: Isabel Costa (todos os textos)

Visitas: 0

605 

Comentários - As gorduras também podem ser dietéticas?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios