Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O Preservativo Rompeu. E agora?

O Preservativo Rompeu. E agora?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 180
Comentários: 11
O Preservativo Rompeu. E agora?

Os meios contracetivos são imensos e a escolha é a mais variada. Na hora de escolher, pode ter-se em conta o nosso organismo, mas a fase da vida em que nos encontramos pesa bastante.

Se mantemos uma relação estável e duradoura, o meio contracetivo mais utilizado entre os casai é a pílula feminina. Não que não exista a pílula masculina, mas só o tempo vai fazer com que os homens alterem a ideia tão enraizada de que as mulheres é que devem utilizar a pílula.

Também em relações deste género, os dispositivos intrauterinos. Estes aparelhos respondem de forma quase inflamatória a “corpos” estranhos no útero.

Mas se estas são apenas duas formas contracetivas e em especial para casais estáveis, existem outros meios para assegurar uma não gravidez.

Mas quando o casal ainda não é na realidade um casal? O meio contracetivo mais utilizado é o preservativo. O preservativo tem mais do que a função de evitar uma gravidez, pois a sua proteção contra doenças sexualmente transmissíveis é a melhor de todos os meios.

O preservativo é o meio mais utilizado entre os jovens, mas lamentavelmente menos utilizados entre as camadas mais velhas.

Mas se o preservativo é utilizado, principalmente como forma de evitar doenças como o HIV e a gonorreia (entre muitas outras) e não só como meio contracetivo, o que fazer se um preservativo romper?

O preservativo pode romper por vários motivos, sendo na sua maioria a utilização incorreta. A entrada de ar ou a falta de lubrificação da mulher, pode romper o tão utilizado “saquinho” de látex.

Quando um preservativo se rompe, a primeira coisa a fazer é lavar-se. Com água corrente e sabão, esta lavagem pode ajudar a que uma pequena (somente as pequenas) infeção morra ali mesmo.

Em segundo lugar e se existe o risco de haver uma gravidez indesejada (a eventualidade de não existir mais nenhum meio contracetivo como a pílula) e se é mulher, dirija-se a um posto de saúde ou até mesmo à farmácia. Explique a situação e refira que não está a tomar mais nenhum meio contracetivo. Ser-lhe-á dada a conhecida pílula do dia seguinte. Este pequeno comprimido (na verdade até são dois) deverá ser tomado até 72 horas seguintes ao “acidente”.

Se relativamente a uma gravidez indesejada o assunto pode estar resolvido, o mesmo não pode ser dito relativamente a doenças sexualmente transmissíveis.

Se não foi ao Centro de Saúde, está na hora. Peça para fazer exames e peça também para ser atendido por um especialista. Se se sentir mais à vontade com o seu médico de família, pode sempre fazê-lo.

O mais importante será nunca deixar de consultar um médico. A prevenção é o mais importante, mas se lhe acontecer um “acidente” destes, nunca deixe de consultar um médico.


Carla Horta

Título: O Preservativo Rompeu. E agora?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 180

793 

Imagem por: Mr. Hepe

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 11 )    recentes

  • Yuri SilvaYuri

    15-07-2014 às 20:57:55

    Penso que é um risco grande em usar preservativo. Não é nada de seguro.

    ¬ Responder
  • Gislene

    24-02-2013 às 11:12:13

    TRANSEI COM MEU NAMORADO, E A CAMISINHA SAIU, ELE EJACULOU DENTRO DE MIM, EU TOMO PIRULA CONTRACEPTIVA NAS HORAS CERTAS, MAIS NO OUTRO DIA DE MANHÃ EU COMPREI A PIRULA DO DIA SEGUINTE E TOMEI. TEM ALGUM PROBLEMA, TOMAR ANTICONCEPCIONAL E A PIRULA DO DIA SEGUINTE? ... SERÁ Q EU POSSO FICAR GRAVIDA MESMO TOMANDO O ANTICONCEPCIONAL? POR FAVOR ME RESPONDA

    ¬ Responder
  • JU

    11-02-2013 às 15:41:05

    a minha duvida é : tomo a pilula minigeste certinha mas quando tenho relacoes é sempre com preservativo, se ele romper nao necessito de tomar nada pois continuo protegida, certo?

    OUTRA duvida: vamos supor que hoje tenho uma relacao com preservativo e tomo a pilula a hora certa que é sempre as 21horas e no periodo das 4 horas apos da toma tenho diarreia.. o que faco perante esta situacao de diarreia????

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAntonio

    20-09-2012 às 19:36:56

    Hj transei com a minha namorada pela 1x, e com falta de lubrificação dela e do presevativo, ele rompeu.se mas nao chegou a entrar na vagina, pode algum liquido ter saido e entrado na vagina? o que fazer?

    ¬ Responder
  • claudia melimclaudia melim

    15-06-2012 às 00:26:59

    fiz amor pela primeira vez com o meu namorado no dia 26 para 27 de maio, tipo o preservativo rompeu e ele sentiu que se vinha retirou logo e veio-se fora,ixto aconteçeu as 04.30 e ja estava na farmacia as 04:45 para tomar a pilula do dia seguinte,mas o rapaz explicou tudo, tomei no domingo as 14:45,agora tenho uma duvida sera que estou gravida...

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAngelo

    29-04-2011 às 11:09:10

    Transei com minha namorada, por falta de lubrificação vaginal percebi que a camisinha estava rompida e retirei o pênis na hora e troquei, mas não tinha ejuaculado, posso ter engravidado ela?
    E quanto a questão de doenças? Qual poderia ter o maior risco?
    O líquido q sai antes da ejaculação, engravida?
    Me ajudem nessas 3 respostas por favor.
    Abraço a todos

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAnonymous

    08-08-2012 às 17:07:26

    Angelo relativamente á suas perguntas, sim o líquido que sai antes da ejaculação pode perfeitamente engravdar sua parceira, relativo às IST, tem uma pequena percentagem de contrair alguma doença isso depende de facto, da vida sexual tanto sua como da sua parceira.. relativamente ao tipo de doença, n se sabe ao certo que tipo de doença pode apanhar, contudo o melhor que pode fazer, tanto o Angelo como sua parceira é de facto dirigir-se ao posto médico e relatar sua situação, ai se encontra com médicos especialezados no assunto em questão.

    Espero poder ter ajudado...

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJuan

    15-11-2010 às 17:18:03

    Kennedy, não se preocupe. Se vc tiver pego Aids, ainda tem uns 5 anos de vida. E Margarida, relaxa! Gravidez é uma coisa linda e louvável.

    ¬ Responder
  • criscris

    17-09-2010 às 18:22:17

    Eu, rapaz jovem de 15 anos, fiz sexo com a minha namorada de 16 anos pela primeira vez (segunda vez dela), e com a pior sorte, o preservativo rompeu. Gostava de saber se Cerazette poderia ajudaR... pOR favor rspondam o quanto possivel, sou muito novo para ser pai!

    ¬ Responder
  • kennedykennedy

    25-08-2010 às 15:28:28

    Oi fiz sexo anal uma amiga, e na hora a camisinha estorou senti na hora , então tirei meu penis, será que posso ter pego hiv se ela tiver ? estou com medo

    ¬ Responder
  • margaridamargarida

    19-04-2010 às 19:41:27

    Bem, eu tive relações com o meu namorado ao qual o perservativo rompeu, mas só reparamos no final. Tenho medo de estar gravida, o que tenho de fazer ? Por favor, ajude-me, estou muito nervosa !

    ¬ Responder

Comentários - O Preservativo Rompeu. E agora?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Imagem por: Mr. Hepe

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios