Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > As Varizes - Causas e Formas de as Combater

As Varizes - Causas e Formas de as Combater

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
As Varizes - Causas e Formas de as Combater

As varizes, mais prevalentes entre as mulheres que entre os homens, afetando comummente as pernas, resultam de um processo de deterioração das válvulas de algumas veias, onde o sangue se irá posteriormente acumular. Devendo as varizes ser combatidas com recurso a tratamentos estéticos, existem certos alimentos que ajudam na sua prevenção e que, uma vez o problema instalado, devem ser consumidos como complemento aos tratamentos médicos e estéticos. Há, para além disso, certos comportamentos a evitar num estilo de vida saudável, que diminuirão as hipóteses de vir a sofrer de varizes. Se é mulher, estes conselhos são especialmente para si.

Tendo a hereditariedade um certo peso, há comportamentos que potenciam o aparecimento de varizes, nomeadamente permanecer de pé durante longos períodos de tempo e cruzar as pernas, especialmente se este é um hábito recorrente. A gravidez, apesar de potenciar as varizes, não constitui, regra geral, um problema, uma vez que estas tendem a desaparecer algumas semanas ou meses após o parto. Mais grave é a obesidade, que, para além de todos os problemas que, só por si, acarreta, é também um potenciador deste problema. Deve-se, assim, adotar e manter uma dieta saudável, rica em fibras, legumes, fruta, água e alimentos ricos em vitamina E.

Deve, para prevenir as varizes, evitar ingerir em grande quantidade e regularmente, alimentos ricos em hidratos de carbono, de que são exemplo as massas (que devem ser substituídas por massas integrais), alguns tipos de bolachas (sendo que as bolachas ricas em fibra devem continuar a ser consumidas) e os bolos.

Na prevenção das varizes, como na prevenção de uma multiplicidade de doenças e problemas do físico, a prática de exercício deve ser levada a cabo na prevenção, sendo que a prática de marcha é um exercício particularmente proveitoso.

Inestéticas, as varizes têm, no entanto, tratamento. Uma vez que este é um pouco dispendioso e doloroso, pra além de demorado, a prevenção é sempre um caminho aconselhável. Assim, pode evitar complexos estéticos com o uso de saiais e calções e, ao mesmo tempo, trata da sua saúde a um nível mais geral, sendo que a prevenção deste problema passa, em grande medida, pela adoção de um estilo de vida saudável, no qual o exercício físico é constante.


Sofia Nunes

Título: As Varizes - Causas e Formas de as Combater

Autor: Sofia Nunes (todos os textos)

Visitas: 0

617 

Comentários - As Varizes - Causas e Formas de as Combater

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios