Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Como escalfar um ovo

Como escalfar um ovo

Categoria: Alimentação
Visitas: 6
Comentários: 3
Como escalfar um ovo

Os ovos trazem imensos benefícios para a saúde. Apesar de a sua gema conter colesterol as suas gorduras são na maioria monoinsaturadas e protectoras do coração. Deve ter-se em atenção às gorduras que o acompanham. Pode ser cozinhado de várias maneiras desde cozido, escalfado, mexido e estrelado. Pode acompanhar em saladas, com ervilhas, estrelado com batatas fritas e tantos outros. È muito bom escalfado sendo o melhor modo de o escalfar em àgua com vinagre.

Deve ser metido em água com 1dl de vinagre e levar ao lume.

Deixar ferver e coloque o ovo o mais próximo possível do nível da água. Deixar cozer com a água a borbulhar durante quatro minutos, depois escorrer o ovo numa escumadeira e passá-lo por água rapidamente para retirar o sabor do vinagre.

Após este processo deve aparar-se as pontas das claras com uma tesoura ou faca para ficar redondo. A aparência de um ovo bem escalfado deve ter a clara sólida e a gema líquida.

Os seus benefícios são inúmeros pois ele é uma boa fonte de proteínas e vitaminas. Possui antioxidantes como a luteina que ajuda a prevenir na degeneração muscular. A sua gema é rica em colina que influencia na saúde do cérebro e formação dos neurónios. Esta faz tanta falta para o cérebro como o ácido fólico na gravidez. Faz bem para a doença de Parkinson e Alzheimer. Também há em cápsulas e está presente nas barras de cereais e bebidas energéticas. Contem ácido fólico, vitamina B12 e B2, faz bem aos ossos porque tem vitamina D e fósforo, Fortalece o sistema imunológico devido ao Zinco. Tem vitamina A e albumina que preserva a saúde das células e ajuda a aumentar a massa muscular. Assim deve ingerir-se quase ou diariamente para repor as necessidades das proteínas e outras substâncias benéficas.

Para quem tem colesterol deve moderar ou ter cuidado com as gorduras que associa ao ovo dos outros alimentos que consome. Enquanto um ovo tem 130 miligramas de colina um posta de salmão tem apenas cinquenta e seis. É pouco calórico e ao consumir-se quatro gemas por semana obtêm-se todos os benefícios para a saúde. Por ser um alimento magro é ainda aconselhado para dietas de emagrecimento. Contrariamente aos malefícios que lhe são atribuídos é muito indicado na alimentação ao contrário de outros alimentos com gorduras polinsaturadas que lhe são associadas. Deve assim incluir-se com frequência na alimentação diária.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Como escalfar um ovo

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 6

763 

Imagem por: not a hipster

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 21:06:27

    Adorei seu texto em como escalfar um ovo. Obrigada mesmo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAugusto

    03-01-2012 às 22:32:02

    @LUCY MARY
    Frite à mineira! Sal no fundo da frigideira e o ovo deve "nadar" no óleo. Com o auxílio de uma colher deve-se ir banhando a parte superior da gema. Retire com cuidado.

    ¬ Responder
  • LUCY MARYLUCY MARY

    29-06-2011 às 01:09:09

    Adorei todas as dicas sobre o ovo e gostaria de saber como fritar o mesmo sem que grude na panela,adoro um ovinho frito com pão mas sempre gruda na panela e eu gosto dele inteirinho.

    ¬ Responder

Comentários - Como escalfar um ovo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Imagem por: not a hipster

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios