Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Os benefícios da Pimenta

Os benefícios da Pimenta

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 34
Comentários: 12
Os benefícios da Pimenta

Muitos podem não conhecer a sua história, mas a pimenta, o condimento que a seguir ao sal é o mais utilizado, surgiu em 7.000 A.C.

Suspeita-se que fosse utilizada numa fase inicial na América do Sul, mais propriamente no México, onde ainda hoje se encontra uma cultura gastronómica bastante colorida e rica em sabores picantes.

A pimenta além de produzir um sabor intenso e inigualável, dá cor, aroma e pode ainda ser considerado uma erva ou especiaria, apesar de muitos de nós a tratarmos por condimento.

No tempo dos descobrimentos, foi descoberta pelo resto do mundo, e os povos ficaram rendidos a tal aroma e sabor.

Somos o país dos refogados, e não existe um que se intitule de tal, se não lhe for acrescentada uma pitada de pimenta. Quer preta, vermelha, em pó ou em grão, faz parte da nossa gastronomia e ocupa um lugar de destaque na nossa cultura.

Mas porque é que a pimenta dá calor e pica na língua?

As sementes da erva da pimenta, é constituído por um alcaloide cristalino de nome estranho – capsaicina. Este princípio ativo das sementes, ativa as membranas da boca e do estômago, e consequentemente aumenta a secreção do suco gástrico.

Mas pode a pimenta ser benéfica para a saúde, afinal?

Segundo alguns homeopatas defendem que não só as proteínas da pimenta são benéficas para a saúde, mas que as vitaminas nela existentes (A, E e C), tal como o zinco e o potássio são protetores para o ADN celular.

Existe também quem defenda que a pimenta devido à composição composta também por bioflavonoides, serve para a prevenção do cancro. A pimenta é hoje em dia utilizada para a prevenção e tratamento de doenças de foro muscular e reumático e arteriosclerose.

Devido á sua composição bastante rica, os componentes da pimenta tem sido aplicados em pesquisas de tratamentos contra a sida. Com o seu consumo, aumenta a libertação da adrenalina, o que também influencia o estado de espírito e consequentemente o afastamento de depressões ou cansaço excessivo.

Também para o coração, pele, constipações, e muitas, muitas outras coisas.

Nas infeções ou mesmo no combate à obesidade (estimula o apetite e reduz o apetite), a pimenta tem vindo a ser redescoberta nos últimos anos.

No entanto, e como nem tudo em excesso faz bem á sua saúde, saiba que a pimenta para quem sofre de problemas gástricos pode ser bastante prejudicial. Com o aumento da secreção de suco gástrico, o risco de provocar uma úlcera gástrica é muito grande.

E aqui vai uma dica. Se comer qualquer coisa muito apimentada, não beba água. Esta acentua a sensação de ardência. Beba um copo de leite. Vai ver que passa o ardor num instante.


Carla Horta

Título: Os benefícios da Pimenta

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 34

768 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 12 )    recentes

  • badalhoco

    22-05-2013 às 07:32:25

    sou viciado em fezes e como todo dia um pedacinho no café da manhã.

    ¬ Responder
  • fernandes - 25-04-2013

    25-04-2013 às 10:24:42

    uso pimenta na comida todos os dias, gosto muito e me faz bem, é muito bom para ativar o libido.

    ¬ Responder
  • vera

    05-12-2012 às 00:48:38

    Sou viciada em pimenta!! Não sei como fugir dela. Simplesmente AMO!!!

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    14-09-2012 às 15:41:58

    eu adoro pimenta no queijo de cabra fresco. dá um toque especial. não tenho por hábito colocar na carne, mas adorava experimentar. ainda mais dizem que a pimenta preta é óptima para temperar. as especiarias é algo que veio da nossa época dos Descobrimentos. uma época linda do nosso país, inserido no reinado de D. João II e D. Manuel I. estes foram os reinados áureos na busca das especiarias na Ásia.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    14-09-2012 às 15:21:57

    A comida, seja ela qual for, quando temperada com pimenta é outra história. Amo de paixão esse condimento tão usado na culinária mexicana e com tantos benefícios para nossa vida. As vermelhas são as que mais me agradam, fazem parte de minha alimentação quase todos os dias. Elas dão um ardorzinho saboroso na boca e claro com moderação. A culinária mexicana é sensacional e bastante apimentada, gosto muito, muito mesmo. Parabéns pelo seu texto incrível!

    ¬ Responder
  • marco antonio pastana

    01-08-2012 às 20:34:32

    gostaria de saber se as pimentas ajudam a desentupir as arterias do coraçao

    ¬ Responder
  • EduardoEduardo

    18-11-2011 às 19:08:12

    Realmente a pimenta faz muito bem à saúde. Depois que eu passei a consumir pimenta diariamente, percebi visivelmente uma melhora na minha saúde. O problema é que nem sempre encontramos pimentas em conserva de qualidade facilmente. Eu sempre compro na loja virtual da Pimenta

    ¬ Responder
  • Maria do carmoMaria do carmo

    30-10-2011 às 01:11:30

    Gostaria de saber se pimenta fas bem oa figado?desde ja agradeço.um abraço

    ¬ Responder
  • carlos alberto vilas boas juniorcarlos alberto vilas boas junior

    17-08-2010 às 00:10:16

    gostaria de saber se a pimenta faz mal para o figado ou o prancreas

    carla adorei a sua materia um grande abraço

    ¬ Responder
  • FrancidaqueFrancidaque

    07-04-2010 às 00:36:51

    muito interessante.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMartinha

    21-01-2010 às 18:21:05

    Adorei esse texto sobre pimenta, sou uma fã, amo. No momento ando me deliciando com uma pimenta baiana. Muito boa.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojoana

    06-10-2009 às 00:36:11

    Olha Carla gostei do teu jeito de escrever!

    ate fiquei com pimenta na boca...

    ¬ Responder

Comentários - Os benefícios da Pimenta

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios