Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Benefícios do óleo vegetal

Benefícios do óleo vegetal

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 6
Comentários: 4
Benefícios do óleo vegetal

Fazer menção aos benefícios de uma gordura, como é o óleo vegetal, pode soar a contrassenso, numa altura em que se aconselha vivamente a redução da sua ingestão. Não obstante, as gorduras são essenciais à vida humana, considerando a OMS que devem constituir 15 a 30 por cento da energia diária. Nesta perspetiva, os óleos vegetais aparecem como gorduras saudáveis, as insaturadas, procedendo de sementes de plantas comuns, como o girassol, a soja, o amendoim e o milho.

O óleo de girassol é rico em ácidos gordos essenciais ómega 6, indispensável a um crescimento e a um desenvolvimento saudáveis do organismo e, simultaneamente, redutor do risco de doenças cardiovasculares e do colesterol, e auxiliador da função vascular e do sistema imunitário. Paralelamente, é ainda abundante em vitamina E, poderoso antioxidante que coadjuva a protelação do envelhecimento das células e dos tecidos, concorrendo também para o fortalecimento das defesas do organismo.

O óleo de soja, para além de rico em ómega 6, é-o, igualmente, em ómega 3. Este último é um nutriente que ajuda o saudável funcionamento do sistema nervoso, imunitário (possui ação anti-inflamatória) e coronário. À semelhança do óleo de girassol, é farto em vitamina E.

O óleo de amendoim patenteia alto teor de ácidos gordos monoinsaturados e quantidades relativamente elevadas de ácidos gordos saturados. Trata-se de um dos óleos vegetais mais resistentes a altas temperaturas. Tem um sabor característico, muito apreciado em certos pratos. Contudo, pessoas com alergia ao amendoim, sobretudo crianças, NÃO O PODEM CONSUMIR!

O óleo de milho é forte em ácidos gordos polinsaturados, nomeadamente ómega 6. Em acréscimo, abundam as vitaminas E e A (que reforça o sistema imunitário e beneficia a visão).

A ingestão de óleo vegetal (em cozinhados, saladas, …) permite tornar disponíveis determinados nutrientes de que o organismo carece e não tem capacidade de produzir. É o caso dos ácidos gordos essenciais, assim chamados por isto mesmo. Isentos de colesterol (como aliás todos os alimentos de origem vegetal), os óleos vegetais são preciosas ferramentas na culinária, podendo ser utilizados em parceria com ervas aromáticas, especiarias, alho e cebola, no sentido de reduzir a quantidade de gordura empregue.

De salientar que a fração de gordura retida nos alimentos fritos varia de acordo com o tamanho do alimento, sendo que, quanto menor for a sua dimensão, mais gordura absorverá. Por outro lado, deve evitar-se colocar o lume no máximo e deixar o óleo aquecer muito. É recomendável que a fritura se processe a 180ºC, pois as temperaturas mais altas aceleram a deterioração do óleo e as mais baixas favorecem maior penetração de gordura nos alimentos. Outra dica é fritar pequenas porções de cada vez.

Para tirar o máximo partido da fritura, há que tapar o recipiente, a fim de acautelar uma excessiva exposição ao ar. Os alimentos a fritar devem ser previamente enxugados, dado que a água contribui para antecipar a corrupção dos óleos vegetais. Quando se acaba de fritar, e para absorver o óleo em demasia, escorrem-se bem os alimentos em papel absorvente e deixa-se arrefecer o óleo antes de o guardar (depois de devidamente filtrado) num recipiente protegido da luz e tapado. O óleo não deve ser reutilizado se ostentar uma cor escurecida, sintomática da alteração das suas características.

Utilizado com conta, peso e medida na alimentação, o óleo vegetal logra proveitos para a saúde, em termos de promoção das defesas naturais e do vigor do sistema cardiovascular, bem como da diminuição do risco de acidentes vasculares cerebrais e de enfartes. É ainda a principal fonte de vitamina E, com excepcional acção antioxidante.


Maria Bijóias

Título: Benefícios do óleo vegetal

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 6

771 

Imagem por: RuTemple

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 16:14:16

    Há vitamina E presente nos óleos vegetais, além de contribuir para alívio de TPM e menopausa. Claro, devem ser ingeridos de maneira equilibrada.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Rodrigo

    25-05-2013 às 19:49:50

    Dizer que o Omega 6 faz bem a saúde das pessoas é no mínimo uma atitude irresponsável, estas informações são mentirosas, pois que conhece um minimo de BioQuímica Básica vai refutar veementemente tais afirmações.

    A soja então é a maior mentira já inventada pelo Governo e pela indústria que manipula pesquisas pseudo científicas para enganar médicos e nutricionistas desinformados ou mal-informados a concordarem que a soja traz benefícios a saúde, quando na verdade traz mais malefícios do que o que defendem médicos e nutricionistas desinformados.

    ¬ Responder
  • ryan

    01-02-2013 às 10:30:51

    aprendir muito com isso meus amigos se asustaram kkk

    ¬ Responder
  • johanna zieglerjohanna ziegler

    16-03-2011 às 15:43:50

    onde encontrar oleo de girassol ke é envazado a frio?? abraços hanni

    ¬ Responder

Comentários - Benefícios do óleo vegetal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: RuTemple

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios