Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Os benefícios do peixe na alimentação

Os benefícios do peixe na alimentação

Categoria: Alimentação
Visitas: 60
Comentários: 2
Os benefícios do peixe na alimentação

Muita gente não sabe, e outros nunca ouviram falar em fígado de bacalhau, mas saiba que nossas avós usavam com seus filhos e nossos pais gostavam muito de usar conosco, mas nós esquecemos esse que é tão eficaz, ou melhor, mais eficaz do que esses medicamentos atuais, se você não sabe disso, saiba agora que esse remédio é muito eficaz para a memória. Se vocês não conheciam ele é muito beneficio, a ciência já explica. Mas hoje não é preciso ser o óleo de fígado de bacalhau basta você colocar peixe na sua alimentação.

A medida essencial para manter um cérebro em forma é com o óleo de fígado de bacalhau, ou sashimi de salmão sardinha bem temperada, e os autores desta proeza esta na massa cinzenta dos ácidos graxos ômega-3, encontrado principalmente em espécies de água fria. Esse tipo de gordura influencia o desempenho cognitivo, pesquisa realizada já comprova que o ômega-3 estimula a produção de novos neurônios, participa do desenvolvimento e da manutenção do sistema nervoso e serve de matéria-prima para a produção de substância produtora do cérebro, esses ingredientes contribuem para o raciocínio ágil e uma memória de da inveja.

É recomendado em qualquer fase da gestação comer bastante peixe, pois ajuda a desenvolver o cérebro do feto, e após o nascimento, mais tarde conserva os neurônios funcionando as mil maravilhas até mesmo na maturidade. Sabe que o preparo é muito importante, pois a fritura costuma bloquear os efeitos positivos do ácido ômega, pois uma parcela deles se degrada quando é submetida à altíssima temperatura, e entenda que tudo que é frito enfrenta um calor muito maior do que aquilo que é assado, ensopado e grelhado. Saiba que o peixe além do ômega-3, seu teor de vitamina A, D, cálcio e fosfato é altíssimo. A vitamina D é uma grande aliada do cérebro, mais a maior aliada desta vitamina é a luz solar que estimula sua síntese no corpo humano, mas é bom sempre ter um pouco mais de extra com a alimentação.

Não importa se o peixe é de água doce ou salgada, pois os pescados são sempre ricos em vitamina, sais minerais e ainda fornecem proteínas de excelente qualidade, o importante é você acrescentar em sua alimentação duas a três vezes por semana. A cabeça do peixe em países oriental e até mesmo na Europa é muito comum preparar excelentes caldos, esse pedaço especificamente concentra grande quantidade de ferro, fósforo, cálcio, e proteínas, por tanto antes de jogá-lo no lixo pense duas vezes, e considere, pois é excelente um caldo de cabeça de peixe com um bom pirão. Saiba que no Brasil é diferente, a cabeça de peixe é jogado fora pela maioria dos brasileiros.

Waldiney Melo

Título: Os benefícios do peixe na alimentação

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 60

799 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • alcina anadegi da silva

    03-04-2013 às 16:36:59

    é verdade que o peixe é bom para mémoria mesmo cendo a pessoa já com uma idade avançada

    ¬ Responder
  • socorro carvalhosocorro carvalho

    18-08-2010 às 20:35:13

    gostei muito das dicas de como se comer bem! principalmente com relação ao peixe Parabens!!!

    ¬ Responder

Comentários - Os benefícios do peixe na alimentação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios