Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Os benefícios do peixe na alimentação

Os benefícios do peixe na alimentação

Categoria: Alimentação
Visitas: 60
Comentários: 2
Os benefícios do peixe na alimentação

Muita gente não sabe, e outros nunca ouviram falar em fígado de bacalhau, mas saiba que nossas avós usavam com seus filhos e nossos pais gostavam muito de usar conosco, mas nós esquecemos esse que é tão eficaz, ou melhor, mais eficaz do que esses medicamentos atuais, se você não sabe disso, saiba agora que esse remédio é muito eficaz para a memória. Se vocês não conheciam ele é muito beneficio, a ciência já explica. Mas hoje não é preciso ser o óleo de fígado de bacalhau basta você colocar peixe na sua alimentação.

A medida essencial para manter um cérebro em forma é com o óleo de fígado de bacalhau, ou sashimi de salmão sardinha bem temperada, e os autores desta proeza esta na massa cinzenta dos ácidos graxos ômega-3, encontrado principalmente em espécies de água fria. Esse tipo de gordura influencia o desempenho cognitivo, pesquisa realizada já comprova que o ômega-3 estimula a produção de novos neurônios, participa do desenvolvimento e da manutenção do sistema nervoso e serve de matéria-prima para a produção de substância produtora do cérebro, esses ingredientes contribuem para o raciocínio ágil e uma memória de da inveja.

É recomendado em qualquer fase da gestação comer bastante peixe, pois ajuda a desenvolver o cérebro do feto, e após o nascimento, mais tarde conserva os neurônios funcionando as mil maravilhas até mesmo na maturidade. Sabe que o preparo é muito importante, pois a fritura costuma bloquear os efeitos positivos do ácido ômega, pois uma parcela deles se degrada quando é submetida à altíssima temperatura, e entenda que tudo que é frito enfrenta um calor muito maior do que aquilo que é assado, ensopado e grelhado. Saiba que o peixe além do ômega-3, seu teor de vitamina A, D, cálcio e fosfato é altíssimo. A vitamina D é uma grande aliada do cérebro, mais a maior aliada desta vitamina é a luz solar que estimula sua síntese no corpo humano, mas é bom sempre ter um pouco mais de extra com a alimentação.

Não importa se o peixe é de água doce ou salgada, pois os pescados são sempre ricos em vitamina, sais minerais e ainda fornecem proteínas de excelente qualidade, o importante é você acrescentar em sua alimentação duas a três vezes por semana. A cabeça do peixe em países oriental e até mesmo na Europa é muito comum preparar excelentes caldos, esse pedaço especificamente concentra grande quantidade de ferro, fósforo, cálcio, e proteínas, por tanto antes de jogá-lo no lixo pense duas vezes, e considere, pois é excelente um caldo de cabeça de peixe com um bom pirão. Saiba que no Brasil é diferente, a cabeça de peixe é jogado fora pela maioria dos brasileiros.

Waldiney Melo

Título: Os benefícios do peixe na alimentação

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 60

799 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • alcina anadegi da silva

    03-04-2013 às 16:36:59

    é verdade que o peixe é bom para mémoria mesmo cendo a pessoa já com uma idade avançada

    ¬ Responder
  • socorro carvalhosocorro carvalho

    18-08-2010 às 20:35:13

    gostei muito das dicas de como se comer bem! principalmente com relação ao peixe Parabens!!!

    ¬ Responder

Comentários - Os benefícios do peixe na alimentação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios