Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > 3 Tipos E Usos Da Gelatina

3 Tipos E Usos Da Gelatina

Categoria: Alimentação
Visitas: 10
3 Tipos E Usos Da Gelatina

Possui excelentes propriedades que contribuem para a saúde e beleza. Pode ser usada nos cabelos, pele, como fonte de rejuvenescimento, como sobremesa, enfim, de diferentes formas e maneiras. Ela é bem econômica e fácil de preparar, o que mais você poderia querer? Você ainda pode usá-la como aquela sobremesa no fim da noite com seus familiares e amigos. Ela vem em três formatos: as geleias que oferecem diferentes marcas comerciais que basta adicionar água e deixe esfriar na geladeira (não no congelador), em folhas (fatiadas) que é perfeita para incluir em pratos quentes e frios e gelatina sem sabor com o qual você também pode fazer interessantes receitas.

Algumas ideias para programar para toda a família e desfrutar de uma alimentação saudável e natural são elas:

1 – Envelopes de gelatinas: Há várias marcas conhecidas que oferecem já preparadas de modo a obter uma deliciosa sobremesa com o mínimo esforço. Sabores tradicionais como morango, framboesa, laranja e limão e outros inovadores como o kiwi, manga ou abacaxi. Enfim, são excelentes na sua textura e sabor agradável, tem baixa ingestão de calorias e proteínas. Eles são muito simples de fazer (siga as instruções do fabricante). Você só precisa misturar água com gelatina em pó (na proporção adequada) e deixá-la sentar-se e coloque no frio, na geladeira pelo menos duas horas para coalhar corretamente. Todos vão adorar esta sobremesa simples que você pode decorar com mel, creme de leite, leite condensado ou xarope. Também pode usar diferentes sabores, tais como um recheio entre dois biscoitos tipo de caldeira, ou no lugar da geleia num bolo saboroso!

2 – Folhas de gelatina: Oferece consistência a um pudim, uma massa de sorvete ou frutas para um purê ou creme irresistível. Seu poder de "ligar" e engrossar os ingredientes os faz ser muito útil na cozinha. Quando você recorrer a elas, lembre-se que você deve sempre hidratar antes de adicionar qualquer molho ou mistura. Siga as instruções do fabricante e se prepare para deslumbrar com novas texturas;

3 – A gelatina sem sabor: Há uma lista para adicionar os ingredientes que você pode considerar adequadas. Ela é sem adição de açúcares e não tem sabor determinado, pelo que a faz ser perfeita para incorporar em frutas, cafés, chocolates, dentre outras guloseimas deliciosas.

Veja no vídeo uma receita super gostosa de gelatina mosaico!


Luene Zarco

Título: 3 Tipos E Usos Da Gelatina

Autor: Luene Zarco (todos os textos)

Visitas: 10

517 

Comentários - 3 Tipos E Usos Da Gelatina

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios