Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Como Proteger a Madeira

Como Proteger a Madeira

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Bricolage Jardim
Visitas: 8
Comentários: 1
Como Proteger a Madeira

A madeira é um elemento muito utilizado para a construção de casas, cercas, mobiliário, pérgolas, decks, etc.
Para garantir a sua longevidade, reforçando a beleza e resistência, deve-se executar algumas tarefas para proteger a madeira. Para isso, deve-se conhecer as suas necessidades e limitações, de modo a proceder-se ao tratamento mais adequado.

Os inimigos da madeira são:

Sol - juntamente com o vento, as altas temperaturas secam a madeira e os raios ultracioletas (UV) modificam a sua cor, degradando a estrutura das fibras. Por vezes, o aquecimento da madeira acaba até por provocar fissuras na estrutura.

Humidade - a madeira que não é protegida absorve mais humidade, correndo o risco de desenvolver bolor e fungos, e consequentemente apodrecer. Aconselha-se a aplicação de um produto apropriado, como por exemplo, um imunizante ou uma velatura, e de seguida um verniz ou esmalte.

Insetos - não é nas madeiras utilizadas no exterior que se deve recear, pois a temperatura e o grau de humidade não proporcionam as condições favoráveis ao seu desenvolvimento. Mas na madeira utilizada no interior, as larvas dos insetos que se alimentam da madeira encontram as condições ótimas para a sua reprodução, pelo que deve levar a cabo um tratamento preventivo ou curativo com os produtos apropriados.

Bolores e fungos - na madeira que durante muito tempo vai acumulando humidade, pode aparecer bolores e fungos, e posteriormente apodrecimento da estrutura.

Renovar a madeira:

Antes de começar o tratamento deve-se executar algumas tarefas de preparação. No caso de conter musgo ou algas, retira-se as manchas com uma solução de lixívia. De seguida, tapam-se todas as fissuras e buracos com pasta de madeira ou betume para madeira. Lixa-se a superfície de modo a eliminar saliências e passa-se de seguida a primeira demão de tratamento para madeiras. Deve-se escolher uma cor próxima à da madeira que será envernizada ou pintada.

Podridão da madeira:

Deve-se localizar a causa da humidade e eliminá-las. Para isso, retira-se as partes da madeira podre, bem como todo o pó, aparas, serradura, ou outro material que possa estar infetado, e repara-se com madeira nova. Aplica-se um imunizador anti-caruncho e acaba-se com uma tinta de esmalte ou um verniz para madeiras.

Decapar a pintura:

Em algumas situações, a madeira tem verniz ou tinta que será necessário primeiro retirar, de modo a poder-se aplicar uma nova camada. As situações em que se deve aplicar um decapante são:

- quando a superfície pintada apresentar fissuras ou estalar;
- quando a tinta estiver mole ou apresentar bolhas;
- quando a tinta esfarelar;
- quando as camadas de tinta acumuladas tornarem díficil a maleabilidade das estruturas;
- quando se pretende recuperar o aspeto original da madeira.

Deve-se utilizar um decapante químico ou térmico, dependendo da natureza da superfície e do tipo de tinta ou verniz existente na mesma.

Cuidar da madeira:

Para que a madeira mantenha um aspeto bonito a longo prazo, aconselha-se a aplicação de um tratamento que evitará a degradação. Tratar a madeira dá-nos a garantia de que a sua durabilidade aumentará, promovendo assim a solidez e estabilidade das suas estruturas.

No caso da superfície a tratar ser nova, deve-se seguir os seguintes passos:

1) eliminar toda a sujidade;
2) proceder a uma ligeira lixagem;
3) aplicar o produto de tratamento da madeira, respeitando sempre os intervalos de secagem.

Caso a superfície a tratar se encontre ainda em bom estado, deve-se seguir os seguintes passos:

1) lavar a superfície com água e detergente em pó e deixar secar completamente;
2) lixar suavemente;
3) aplicar duas ou três demãos de verniz ou velatura, sempre respeitando os intervalos de secagem.

Caso a superfície a tratar se encontre em mau estado, aconselha-se o seguinte:

1)eliminar qualquer tipo de velatura ou verniz com produto decapante,
2) limpar e lixar a superfície;
3) eliminar a poeira;
4) tratar a madeira com um produto próprio para uma maior duração do verniz ou da velatura;
5) aplicar duas ou quatro demãos de verniz ou velatura, respeitando sempre os intervalos de secagem.


Cristina Sousa

Título: Como Proteger a Madeira

Autor: Cristina Sousa (todos os textos)

Visitas: 8

809 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:53:55

    Ajudou-me bastante ao que buscava! A proteção da madeira torna-se bem importante para que dure por longos anos.

    ¬ Responder

Comentários - Como Proteger a Madeira

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios