Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > A arte

A arte

Categoria: Arte
Visitas: 32
Comentários: 2
A arte

Quer se trate de artes marciais, gráficas, decorativas, ilusionismo, pintura, escultura, dança, artesanato, costura, representação ou qualquer outra forma de expressão, o importante é que todas elas integram o grande domínio da Arte. Quando lhe disserem: «És cá um artista…», não leve a mal. No fim de contas, saber viver também é um dom!

Infelizmente, na actualidade a arte é geralmente encarada como puro divertimento ou lazer, rodeada por falsas ideologias que atestam que os que fazem dela profissão não têm condições de sustento, ou são promíscuos e possuem uma vida inadequada, enfim, retiram-lhe por completo a nobreza e a respeitabilidade, bem como as hipóteses de um reconhecimento profissional condigno. Mesmo a nível escolar, os professores destas disciplinas são considerados como que de segunda, apenas se recorrendo a eles quando é necessário proceder à decoração da escola, por alguma ocasião festiva, ou produzir lembranças para dias especiais, como o Dia do Pai, o Dia da Mãe, o Dia da Árvore, e demais invenções do comércio.

Os jovens em idade de escolher um rumo para a vida, ainda que detentores de uma vincada característica artística e manifestando o desejo de lhe dar asas, são encorajados a optar por ocupações mais sensatas: medicina, advocacia, gestão, …, e a concretizarem o seu talento somente nos tempos livres, quando não precisarem de estar a ganhar dinheiro para comer e pagar as contas… Contudo, os mais novos conseguem ser bastante persuasivos e saber negociar constitui, igualmente, uma arte.

O espírito artístico é algo que nasce e morre com a pessoa. Mesmo ante a impossibilidade de o desenvolver convenientemente numa determinada direcção, porventura a predilecta ou mais manifesta, ele encontrará outras maneiras de se exprimir, porque não pode, de modo nenhum, ficar aprisionado. Só o acto artístico tem a dita de preencher os vazios cavados durante o amadurecimento forçado pelo intelecto!

Para desanuviar e exercitar o artista que há em si, há quem se dedique à cozinha, que é outra das artes muito apreciadas. Neste âmbito, pode dominar-se a melhor técnica de confecção, a decoração de pratos, o apuramento em entradas, a feitura de deliciosas sobremesas, a execução de maravilhosas sopas, a invenção de iguarias várias, etc… Pena é que, neste campo, a falta de queda se perceba de imediato e desemboque, muitas vezes, num esforço sobrenatural para suportar o resultado final! Digamos que se trata de uma vertente da arte que, volta e meia, cheira a esturro…



Maria Bijóias

Título: A arte

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 32

635 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    09-09-2012 às 18:10:56

    É muito importante termos uma arte na nossa vida. Eu sou historiadora de arte e adoro. Não conseguia viver sem ler livros de arte, sem ir a museus ou lugares com história e/ou arte. A arte e a literatura são duas paixões na minha vida, e não consigo compreender quem consegue viver sem uma destas. Adorei o seu texto e acho que tem toda a razão. A arte deve estar presente na vida.

    ¬ Responder
  • linda lourençolinda lourenço

    23-11-2009 às 12:23:41

    Obrigada,Maria...pelo seu texto que me tocou muito...
    desde já,convida a para visitar a minha galeria em artelinda8.blogspot.com espero que gosta.Como escreveu, sinto me presa as artes e desde pequena..Fugir a realidade é bem possível!Tantas horas, noites f de semanas,O artista é solitário em final,perde se convivo com amigos,família..e por pouco que não sou compreendido ainda pior!Pois trata se de sentimentos,emoções mas não desisto já não posso.. passaram já 8 anos de work in progresse!A vida é breve a arte é longa!beijo.
    Linda.

    ¬ Responder

Comentários - A arte

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios