Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Piolhos

Piolhos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 3
Piolhos

Quando se fala no assunto, desperta uma comichão inesperada na cabeça. Coçamos e continuamos a coçar. Também o produto para tratar esta comichão causada por bicharocos incomodativos é conhecido a nível nacional. Já quase todos os apanhámos e ao contrário do que se possa imaginar, não significa falta de higiene. Descobriu do que se fala??? Acertou – Piolhos!

Piolhos são incomodativos, chatos, fazem uma comichão tremenda e notam-se a metros de distância.

Quem tem crianças, conhece o problema, e erradamente se julga que os piolhos estão associados a falta de higiene e a estrato social baixo. Os piolhos, como tudo na vida existem, ou pelo menos, podem existir em qualquer pessoa.

Mas o que são na realidade os piolhos?

Muito simples. Os piolhos são insetos sem asas. Mas como sabe, há muito mais a saber sobre os piolhos. Estes bicharocos medem entre 3 e 4 mm em estado adulto. As fêmeas são ligeiramente maiores, mas nunca ultrapassam os 5mm.

Sendo um inseto, os piolhos têm 6 patinhas que usam especialmente para subir e descer pelos cabelos. Ao contrário do que muitas vezes se fala, os piolhos só se alojam na cabeça, visto serem os cabelos o único sitio onde sobrevivem e gostam de viver.

Como gostam de sítios quentes, alojam-se atrás das orelhas e na zona do pescoço, pelo que se quer identificar se estes existem mesmo na cabeça de alguém, é exatamente aqui que deve começar a explorar.

Os piolhos não são o mesmo que as lêndeas. As lêndeas são ovinhos que ainda não rebentaram, o que só acontece ao fim de 8 dias. Ao acontecer este facto, aí sim, passará a ter piolhos e atenção, pois os piolhos reproduzem 10 ovos por dia.

Os piolhos alimentam-se de sangue humano e fazem 4 “refeições”, mordendo o couro cabeludo e injetando saliva, causando comichão e irritação. Só desta forma se conseguem alimentar.

Com uma esperança média de vida relativamente pequena, os piolhos vivem cerca de 3 meses, mas têm a capacidade de enquanto vivos reproduzirem cerca de 350 ovos.

Mas como curar-se deste mal?

Os piolhos são excelentes nadadores, pelo que se acha que lavar o cabelo com frequência com o champô normal o vai salvar da propagação, está muito enganado.

Não acredite em mezinhas nem em remédios caseiros. São totalmente falíveis e muitas vezes irritam o couro cabeludo.

Nada como os produtos de farmácia e um pente de dentes pequenos. Depois de deixar atuar o champô conforme as indicações do produto, penteie-se com paciência e tempo. Madeixa por madeixa vai ver que conseguirá em menos de nada livrar-se deste bicharoco.

Está com comichão na cabeça não está???


Carla Horta

Título: Piolhos

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

791 

Imagem por: David Silverline

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • dianadiana

    07-05-2011 às 20:25:52

    Ola gostaria de saber o nome do produto.
    Obrigado.


    ¬ Responder
  • LetíciaLetícia

    10-02-2011 às 18:49:07

    Adorei a publicação!!! Tirei muitas dúvidas! Pois minha filha está com piolho, e nao sabia como comandá-los! Agora sei!
    Obrigada!

    ¬ Responder
  • Marcos Santosjackson

    09-12-2010 às 13:25:08

    Oi, gostaria de saber o nome de algum produto para o tratamento de piolhos.

    ¬ Responder

Comentários - Piolhos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Imagem por: David Silverline

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios