Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > O tempo das catedrais

O tempo das catedrais

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 24
Comentários: 2
O tempo das catedrais

Quando o clima de medo e insegurança foi ultrapassado e as cidades renaceram, a arte ganhou novas formas, desenvolvendo-se o estilo, marcadamente urbano, chamado Gótico.
Com efeito, a arte gótica surgiu em França, na região de Paris, entre ods séculos XII e XIII.

Os reis, nobres e burgueses empenharam-se muito na construção de catedrais, havendo grandes rivalidades entre as cidades, em virtude de cada uma querer construír a sua catedral, e mais alta, para estar mais perto do céu.

Destacam-se como principais características da arquitetura gótica, a impressão de verticalidade das construções, que atingem grandes alturas, a utilização de arcos quebrados nos portais, o uso da abóbada de ogiva e de cruzamento que distribuui o peso por colunas, arcobotantes e contrafortes, grandes janelões e rosáceas, com vitrais que permitem iluminar melhor o interior, a utilização de colunas mais finas, tornando os interiores mais amplos.




O estilo gótico produziu grandiosas catedrais, mas também edifícios civis tais como belíssimos castelos por toda a Europa.
A escultura gótica e românica, tinha uma função educativa, sendo aplicada na decoração dos seus edifícios e túmulos.rMas, contudo, tornou-se mais realista, pois representava motivos vegetais e figuras religiosas.

Na pintura, desenvolveram-se manuscritos e vitrais, que eram como livros de histórias abertos nas janelas das igrejas, palácios e catedrais.

Este é um período auge também para a ourivesaria, que conheceu um grande apogeu.
Sem dúvida, que toda esta arte é de um grande requinte e beleza, aliada aos tons dourados, ogivas, ouro e fachadas grandiosas.

Esta arte apareceu primeiro na França mas estendeu-se por toda a Europa, deixando marcas de grande beleza.

Por exemplo em Portugal, as construções caracteristicas foram: a Sé de èvora, A igreja do Mosteiro de alcobaça, o Mosteiro da Batalha, a igreja da Graça, em Santarém, a igreja de S.Francisco, no Porto, e a Sé da Guarda.

O mosteiro de Santa Maria da Vitória, mais conhecido por Mosteiro da Batalha, é considerado uma obra prima do gótico, sendo um monumento notável na Europa do seu tempo.

Há ainda em Portugal, bons exemplos de esculturas, sobretudo os túmulos de D.Pedro e D.Inês, no osteiro de Alcobaça.

Há ainda construções civis e militares representados nalguns castelos e palácios recontruídos neste tempo.


Teresa Maria Batista Gil

Título: O tempo das catedrais

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 24

768 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 03:17:05

    Não se constrói mais catedrais, infelizmente. Os tempos mudaram, as preferências são outras. Mas, mesmo que tenha se passado várias gerações, ainda me encanto com as lindas catedrais que há no mundo. Que beleza de texto, parabéns!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    18-09-2012 às 10:00:01

    As Igrejas e Catedrais são símbolos religiosos que denotam a grande religiosidade, grandeza e sumptuosidade de uma época.Desde a Idade média que vêm sendo construídas e obedecendo a uma arte cada vez mais rica e grandiosa.Todas as cidades têm a suas igrejas e catedrais e são alvo de muitos visitantes.

    ¬ Responder

Comentários - O tempo das catedrais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios