Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > O tempo das catedrais

O tempo das catedrais

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 24
Comentários: 2
O tempo das catedrais

Quando o clima de medo e insegurança foi ultrapassado e as cidades renaceram, a arte ganhou novas formas, desenvolvendo-se o estilo, marcadamente urbano, chamado Gótico.
Com efeito, a arte gótica surgiu em França, na região de Paris, entre ods séculos XII e XIII.

Os reis, nobres e burgueses empenharam-se muito na construção de catedrais, havendo grandes rivalidades entre as cidades, em virtude de cada uma querer construír a sua catedral, e mais alta, para estar mais perto do céu.

Destacam-se como principais características da arquitetura gótica, a impressão de verticalidade das construções, que atingem grandes alturas, a utilização de arcos quebrados nos portais, o uso da abóbada de ogiva e de cruzamento que distribuui o peso por colunas, arcobotantes e contrafortes, grandes janelões e rosáceas, com vitrais que permitem iluminar melhor o interior, a utilização de colunas mais finas, tornando os interiores mais amplos.




O estilo gótico produziu grandiosas catedrais, mas também edifícios civis tais como belíssimos castelos por toda a Europa.
A escultura gótica e românica, tinha uma função educativa, sendo aplicada na decoração dos seus edifícios e túmulos.rMas, contudo, tornou-se mais realista, pois representava motivos vegetais e figuras religiosas.

Na pintura, desenvolveram-se manuscritos e vitrais, que eram como livros de histórias abertos nas janelas das igrejas, palácios e catedrais.

Este é um período auge também para a ourivesaria, que conheceu um grande apogeu.
Sem dúvida, que toda esta arte é de um grande requinte e beleza, aliada aos tons dourados, ogivas, ouro e fachadas grandiosas.

Esta arte apareceu primeiro na França mas estendeu-se por toda a Europa, deixando marcas de grande beleza.

Por exemplo em Portugal, as construções caracteristicas foram: a Sé de èvora, A igreja do Mosteiro de alcobaça, o Mosteiro da Batalha, a igreja da Graça, em Santarém, a igreja de S.Francisco, no Porto, e a Sé da Guarda.

O mosteiro de Santa Maria da Vitória, mais conhecido por Mosteiro da Batalha, é considerado uma obra prima do gótico, sendo um monumento notável na Europa do seu tempo.

Há ainda em Portugal, bons exemplos de esculturas, sobretudo os túmulos de D.Pedro e D.Inês, no osteiro de Alcobaça.

Há ainda construções civis e militares representados nalguns castelos e palácios recontruídos neste tempo.


Teresa Maria Batista Gil

Título: O tempo das catedrais

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 24

768 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 03:17:05

    Não se constrói mais catedrais, infelizmente. Os tempos mudaram, as preferências são outras. Mas, mesmo que tenha se passado várias gerações, ainda me encanto com as lindas catedrais que há no mundo. Que beleza de texto, parabéns!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    18-09-2012 às 10:00:01

    As Igrejas e Catedrais são símbolos religiosos que denotam a grande religiosidade, grandeza e sumptuosidade de uma época.Desde a Idade média que vêm sendo construídas e obedecendo a uma arte cada vez mais rica e grandiosa.Todas as cidades têm a suas igrejas e catedrais e são alvo de muitos visitantes.

    ¬ Responder

Comentários - O tempo das catedrais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios