Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alojamento > Viajar sozinho – Uma Aventura Única

Viajar sozinho – Uma Aventura Única

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alojamento
Visitas: 2
Comentários: 3
Viajar sozinho – Uma Aventura Única

Se há quem não se imagine sem companhia no dia-a-dia, menos se imagina desacompanhado durante a temporada de férias. Seja da família, do companheiro(a) de jornada ou por um amigo, a maior parte das pessoas goza o merecido período de férias bem acompanhado. Mas e se o desejo for o de viajar sozinho? Que riscos, que aventuras, que coisas boas se pode esperar quando se coloca uma mochila às costas e se parte em direção a um horizonte que nos pode levar a qualquer lado ou a lado nenhum?

Se há uns anos a ideia de viajar sozinho não passava de uma aventura em que só alguns se dispunham, nos dias que correm começa a ser prática comum. Muitas vezes o aventureiro não tem destino certo e a única coisa que leva planeada é o primeiro transporte que apanha. Norte ou sul será a primeira intuição e a partir daí tudo é inesperado.

Fazem novas amizades e desfrutam de uma visão única do mundo saboreada consigo mesmo. Gozam-se a si próprios e conhecem-se de forma profunda. Sabem que a qualquer altura podem voltar, mas por norma a vontade de caminhar sozinho é aquela que mais perdura.

Os alojamentos podem ser quaisquer um e como viajam com a mochila às costas, acampar é uma constante.

Os custos podem ser mínimos e as amizades que se fazem são para toda a vida. Muitos destes viajantes solitários acabam por muitas vezes abraçar escondidas vilas e aldeias e são acolhidos pelos seus habitantes como só nestes pequenos lugares se consegue receber.

Ver as estrelas á noite e o nascer do sol em qualquer lugar diferente pode ser encantador, mas que perigos podem ocorrer para quem viaja sozinho?
Bem, antes de mais os assaltos podem ocorrer, pelo que quem viaja sozinho e caminha com dinheiro no bolso corre esse risco.
Dormir ao ar livre é perfeito, mas depende do sítio onde o fazem. Campismo selvagem é uma aventura única, mas evite fazê-lo sozinho e sem formação (como os escuteiros) para o caso.

Ser acolhido por alguém que não conhecemos pode ser fantástico. Conhecer gentes de outros “mundos” com outros hábitos é uma forma de nos cultivarmos apaixonante, mas é necessário ter atenção. Apesar de em pequenas aldeias por norma encontrarmos pessoas fabulosas, o mundo não é todo feito de fantasias e acolherem-nos de forma excessivamente calorosa pode ser estranho.

Se é um verdadeiro aventureiro, viaje sozinho e disfrute da melhor companhia do mundo – a sua. Com cuidados e sobreavisos, mantenha-se calmo e sem stress, afinal, você está de férias.


Carla Horta

Título: Viajar sozinho – Uma Aventura Única

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

651 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 16:58:06

    É uma boa opção de viagem. Às vezes, viajar sozinho dá a oportunidade de conhecer vários lugares e fazer novas amizades. A Rua Direita sugere também ter cuidado. Sempre é bom não andar sozinho em lugares desertos.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    09-09-2012 às 18:24:19

    Eu adoro viajar e já fiz algumas viagens em que estive momentos sozinha, mas não gosto. Falta o momento da partilha, que é muito importante para mim. Gosto de ter as viagens muito bem planeadas e gosto de fazer em média 3 viagens por anos para me sentir minimamente realizada. Viajar completa o meu gosto pela arte. Adoro conhecer os lugares que oiço falar nas aulas. Viajar e Arte, duas combinações perfeitas para mim.

    ¬ Responder
  • Ana SebastiãoAna Sebastião

    07-09-2012 às 12:19:20

    Sem dúvida pode ser agradável. Quem viaja sozinho escolhe o ser percurso e pode ver exactamente aquilo que quer. Já fiz uma dessas, com direito a uma caminhada longa, coisa que com determinadas companhias seria impensável, sobretudo com um sol brilhante e 41º de temperatura... Gostei da abordagem ao tema.

    ¬ Responder

Comentários - Viajar sozinho – Uma Aventura Única

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios