Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alojamento > Visite o Delta do Danúbio na Roménia

Visite o Delta do Danúbio na Roménia

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alojamento
Visitas: 2
Visite o Delta do Danúbio na Roménia

A Europa de Leste tem apresentado, nos últimos anos, uma abertura sui generis ao mundo. Diversos são os fatores que estão na base deste facto, mas o certo é que a cultura e as maravilhas destes países começaram a despertar a atenção e o interesse de muitos habitantes de outras latitudes.

O Delta do Danúbio, por exemplo, está repleto de vida natural. Estende-se por cerca de 1400 quilómetros quadrados e constitui uma reserva da biosfera, possuindo os mais variados habitats e servindo de abrigo a milhares de espécies de fauna e flora. É ainda detentor de um vasto mosaico de canais, lagos, canaviais e florestas, aos quais de pode aceder por barco consubstanciando uma experiência única e inesquecível. Afinal, não é todos os dias que se faz um safari de barco através de canais, rios e lagos!...

Outras atrações podem constar de pesca desportiva (carpas, perca, peixe-gato, dourada, …), a degustação de vinhos em vinhedos próximos (ou do brandy de ameixa, no Anglers Bar), caminhadas pela mata local, visitas aos mosteiros de Saon e Cocos, à aldeia de Periprava (onde os nativos vivem em casas de argila) ou à colónia de aves de Purchelu, aulas de caiaque, uma viagem arqueológica ao Isaccea, jantares temáticos, palestras acerca da Natureza, noites de fogueira, entretenimentos popular tradicional e um esplêndido pôr do sol a bordo de um cruzeiro no Danúbio.

O Delta Nature Resort, situado em terreno considerado como património mundial e a 300 quilómetros de Bucareste, possui magníficas vistas sobre o Delta do Danúbio, para além de uma deslumbrante contemplação das paisagens selvagens em redor. No seu restaurante, que prima pela elegância, é possível degustar o tão famoso caviar Beluga (simplesmente o melhor do mundo, segundo os entendidos), soberbos menus cosmopolitas (à base de ingredientes frescos naturais), ou uma refeição ao ar livre, no terraço do restaurante, “bebendo” do esplendor da Natureza.

O ambiente do Bar dos Pescadores é igualmente acolhedor e descontraído, e ostenta uma impressionante coleção de vinhos e licores irresistíveis. Uma bebida depois do jantar cai sempre bem, sobretudo na companhia de amigos.

Nos momentos mais tranquilos, pode entrar-se na biblioteca, com uma imensa panóplia de livros raros sobre História Natural, pesca, arte e cultura, e também de mapas e de abundante material de referência sobre o Delta do Danúbio.

A história desta região remonta ao ano 657 a.C., data em que, perto dali, se estabeleceram os primeiros humanos. Os mosteiros históricos dão conta disso mesmo e as provas de vinhos reportam ao Império Romano.

Frequentemente referido como um dos melhores segredos guardados da Europa, o Delta do Danúbio é um destino de férias que inspira tanto o viajante de lazer, quanto o naturalista puro, o ornitólogo e o mero curioso.


Maria Bijóias

Título: Visite o Delta do Danúbio na Roménia

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

634 

Imagem por: Lip Kee

Comentários - Visite o Delta do Danúbio na Roménia

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Lip Kee

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios