Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Poupe! Organize um baptizado em casa

Poupe! Organize um baptizado em casa

Categoria: Eventos

O Baptismo é um evento único na vida de uma pessoa. Normalmente, trata-se de uma criança, mas pode acontecer que um adulto decida que quer ser baptizado. Há quem vá adiando este acontecimento marcante, ora porque estamos em tempo de crise, absolutamente desfavorável a despesas extra, ora porque se aproveita esse gasto extraordinário para juntar mais alguma ocorrência.

De facto, é desencorajador pensar nos orçamentos que os restaurantes e similares apresentam para este tipo de serviço. Todavia, os convidados sempre têm de comer e beber algo… E como «para grandes males existem grandes remédios» e «a necessidade aguça o engenho», o melhor é pôr os neurónios a trabalhar e inventar formas de contornar a questão económica. Uma delas pode ser optar por fazer tudo em casa. Dá mais trabalho, mas motivação não há-de faltar e a recompensa aparecerá sob a forma de auto-estima reforçada e, quiçá, rasgados elogios à criatividade e ao empenho. Para já não mencionar o ambiente de maior familiaridade que se gera, assim como a entreajuda que fortalece os laços de sangue e de amizade.

Os convites e as lembranças podem ficar a cargo de quem revele mais capacidade imaginativa e jeito para as coisas manuais. Por exemplo, é giro, cativante e apelativo colocar a fotografia da criança a ser baptizada e o discurso do convite na primeira pessoa, como se ela própria fizesse questão de ter o convidado presente na sua festa. Torna-se engraçado e irresistível vê-la a dar informações, coordenadas e até a gracejar com determinados factos. As prendinhas podem constar de caixinhas com o retrato na tampa e um artigo religioso (um pequeno terço, uma medalhinha, uma pagela, …), garrafinhas de água benta com inscrições, um anjinho com a foto da criança, em sinal de protecção, enfim, como se costuma dizer «a imaginação é o limite».

A decoração da casa e/ou jardim pode primar pela beleza simples, recorrendo a elementos dos próprios espaços, organizados de um modo festivo, a que porventura se adicionem outros, sem, contudo, comprometer a “personalidade” do lugar. Pensar em algum tipo de animação e actividades lúdicas é capaz de ser boa ideia, sobretudo se a previsão apontar para uma casa cheia de “pestinhas” impacientes. É muito fácil entreter e contentar os miúdos.

No que respeita aos “comes e bebes”, o famoso churrasco, acompanhado por saladas variadas, cai sempre bem em atmosferas informais. Sai mais barato, é prático e apreciado pela maioria das pessoas. E, para além de tudo, o convívio, que é o que mais interessa, faz-se com outro avontade. Ter alguns acessórios com pormenores concernentes ao tema (o Baptismo) também traduz originalidade e sensibilidade relativamente ao valor do acto; retirar um guardanapo de um suporte seguro por um anjo não é uma bênção que se tenha todos os dias…! Até as “cuscas” pensarão duas vezes antes de abrir a boca para “morder” em alguém…


Maria Bijóias

Título: Poupe! Organize um baptizado em casa

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

802 

Comentários - Poupe! Organize um baptizado em casa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios