Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Como organizar uma festa de aniversario

Como organizar uma festa de aniversario

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Eventos
Comentários: 3
Como organizar uma festa de aniversario

Os nossos filhos são o que de melhor temos na nossa vida, por um sorriso deles somos capazes de fazer tudo ou quase tudo. As crianças adoram fazer anos e uma festa de aniversario alegre e bonita é motivo de orgulho não só para eles, como para nós e para os avós babados.
Para o seu filho(a) ter uma festa de arromba a ruadireita deixa-lhe algumas dicas de como delinear os preparativos.

O tema da festa é um dos elementos mais importantes, é este que vai condicionar todas as outras tomadas de decisões. Imagine que ele ama jogar futebol, pode fazer os convites com o formato de bola de futebol e preparar toda a decoração consoante o tema. O bolo de anos pode ter a forma de um campo de futebol ou até mesmo de uma bola de futebol com o símbolo da equipa preferida dele.

Depois de escolhido o tema é hora de escolher onde pretende fazer a festa. Fazer um aniversario em casa embora seja mais trabalhoso acaba por ser bem mais económico. Caso tenha possibilidade pode contratar um empresa especializada na organização de festas de aniversários, estas dão o espaço e tratam de todos os pormenores. Caso viva num apartamento e não possa gastar grandes quantias de dinheiro uma boa solução é levar os miúdos ao Mcdonalds ou Bowling.

Elabore juntamente com o seu filho a lista de convidados e compre os convites de aniversario. Se quiser poupar dinheiro pode tentar fazer os convites em casa. Não se esqueça que devem estar de acordo com o tema escolhido, devem conter a data, a hora do inicio e do final da festa e o seu contacto telefónico. Pode também colocar uma mapa com a direção da sua casa.
Estes devem ser entregues duas semanas antes da festa.

A decoração, como já foi dito, depende bastante da temática escolhida, pode juntar também a esta balões e fitas que ficam sempre bem em qualquer festa.

Prepare um menu simples e saboroso com salgados, pizzas, frango, batatas fritas, pão, bebidas e claro o que não deve faltar, os doces! Escolha o bolo também de acordo com o tema da festa..

Uma das partes mais importantes da festa é a animação, deve escolher algumas músicas agradáveis para colocar, pode contratar uns palhaços, mágicos, alugar parques insufláveis e preparar alguns jogos. Existem jogos que são bastantes simples e que as crianças adoram brincar! Não se esqueça que deve sempre ter em conta a idade do aniversariante para escolher entre as inúmeras hipóteses.

Por último não se esqueça de comprar umas guloseimas ou uns brinde para dar como lembrança aos convidados. Uma sugestão bastante pratica é comprar vários tipos de gomas, chupas e rebuçados, pode também juntar um lápis ou uma caneta e fazer um embrulho com a forma de um rebuçado. Os miúdos irão adorar


Rua Direita

Título: Como organizar uma festa de aniversario

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

789 

Imagem por: Pink Sherbet Photography

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Carla HortaCarla Horta

    15-09-2012 às 23:48:35

    Se o crise financeira afectou a sua casa e os valores que se gastam não está dentro das suas possibilidades,o melhor é ser você a cozinhar tudo em casa. Salgadinhos e pizzas não é complicado de fazer. mas na parte da diversão da festa, não lhe vai custar nada se fizer jogos com os mais pequenos. Uma alternativa a tudo isto é fazer uma festa pijama. Uma dormida fora dá uma excelente festa

    ¬ Responder
  • barbarabarbara

    14-04-2012 às 19:41:36

    E MUITO COMPLICADO FAZER UMA FESTA SIMPLES PARA MINHA FILHA;GOSTORIA DE UMA DICA.

    ¬ Responder
  • graciele rochagraciele rocha

    08-04-2011 às 00:00:29

    esta muito lindo essa fotos

    ¬ Responder

Comentários - Como organizar uma festa de aniversario

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios