Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > 1º Taça Libertadores Da América Do Atlético Mineiro.

1º Taça Libertadores Da América Do Atlético Mineiro.

Categoria: Eventos
Comentários: 2
1º Taça Libertadores Da América Do Atlético Mineiro.

Hoje é uma data histórica para a torcida e clube de futebol Atlético Mineiro, pois foi hoje dia 25 de julho de 2013 as 01h22min que esta equipe conquistou seu primeiro titulo na competição sul-americana.

O titulo almejado por longo tempo pelo clube e sua fiel e apaixonada torcida, a principio o artigo parece escrito por um torcedor do clube, mais se trata de fazer valer ao esforço e dedicação do clube na conquista do titulo, sendo que o escritor é torcedor do maior rival do atlético mineiro, o cruzeiro.

Sou consciente do artigo que escreve e sei que serei questionado se valendo que escrevo pela espectacular conquista deste titulo pelo Atlético Mineiro em vista que este clube vem de uma ascensão desde o ano de 2012 quando vou vice-campeão do campeonato brasileiro e conquistando a vaga almejada para a competição sul-americana.

O clube venceu no tempo regulamentar o clube paraguaio do Olímpia pelo placar de 2x0 igualando o placar sofrido na primeira partida no Paraguai e devido na prorrogação o placar continuar o mesmo o titulo foi decidido nas cobranças de pênaltis, o qual o placar foi de 4x2 para o clube mineiro, permitindo que uma torcida com mais de 70 mil torcedores reunidos no estádio Mineirão comemorassem um titulo tão sonhado.

A campanha que o clube Atlético Mineiro fez na competição sul-americana foi impecável e decisiva para a conquista do titulo, e o que despertou o interesse de escrever este artigo, pois mesmo sendo torcedor do clube adversário sei que não posso deixar de parabenizar ao clube atleticano pela conquista e por conseguir elevar o nome do estado mineiro internacionalmente com esta conquista. Saber que o titulo da copa libertadores da América foi conquistada por um clube brasileiro já é uma alegria mais saber que este titulo é mineiro alegra muito mais.

A alegria em Minas Gerais por esta conquista é impressionante, chega a contagiar a qualquer pessoa, e posso dizer que a torcida foi essencial para essa conquista. Uma torcida como a que esteve ontem no estádio do Mineirão e nos demais jogos do clube fez uma grande diferença para esta conquista.

Uma torcida que esteve com o clube durante períodos conturbados ao qual o clube enfrentou em anos passados, mais que movida por uma enorme paixão a este clube nunca desistiu de sonhar com um time competitivo e com títulos inéditos para a equipe.

E esta copa libertadores da América foi vencida nas quatro linhas do campo e por uma torcida fiel nas arquibancadas. Uma torcida que embalou o Atlético durante a competição na fase de grupos aos gritos de “CAIU NO HORTO TÁ MORTO”e viu o clube vencer todas as partidas disputadas no estádio Independência no bairro horto em Belo horizonte, já na fase quartas de final da competição os torcedores se emocionaram ao ver quase uma eliminação certa aos 47 minutos do segundo tempo em pênalti a favor da equipe mexicana do Tijuana que caso convertida em gol seria a eliminação da competição do atlético um verdadeiro milagre aos olhos dos torcedores a defesa do goleiro Victor, e se não bastasse no jogo das semifinais contra a equipe argentina do Newell's Old Boys onde o time precisaria de uma vitória de 2x0 para levar a disputa para os pênaltis a torcida provou seu amor a clube e quando os jogadores pareciam desmotivados e sem forças para lutar um novo grito se entoou pela torcida “EU ACREDITO” e mais uma vez o inacreditável aconteceu, o atlético conquistou a vitória pelo placar de 2x0 e na disputa de pênalti venceu o jogo, e no jogo de ontem não foi diferente,com a torcida cantando, gritando, apoiando, chorando conseguiram aos gritos de “EU ACREDITO” ver o clube Atlético Mineiro se tornar o campeão das Américas de 2013.

E finalizo este artigo parabenizando mais uma vez a equipe campeã de 2013 da Copa Libertadores da América.
“CLUBE ATLÉTICO MINEIRO”!


Rodrigo Junio Ferreira

Título: 1º Taça Libertadores Da América Do Atlético Mineiro.

Autor: Rodrigo Junio Ferreira (todos os textos)

Visitas: 0

783 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoto

    09-09-2013 às 21:15:36

    maravilhoso , adorei, obrigado

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãopedro

    25-08-2013 às 22:00:49

    bonito, gostei muito, obrigado

    ¬ Responder

Comentários - 1º Taça Libertadores Da América Do Atlético Mineiro.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os 10 melhores queijos holandeses

Ler próximo texto...

Tema: Alimentação
Os 10 melhores queijos holandeses\"Rua
Os holandeses são conhecidos como “cabeças de queijo”. A partir daí, podemos notar e concluir que não são apenas amantes de queijo, mas também grandes produtores.
O queijo está presente na Holanda há milhares de anos, desde os tempos de Júlio César, que ficou encantado com os queijos que encontrou no local. Desde então, os queijos holandeses dividem espaço com as flores como símbolo da cultura da Holanda, gerando a maior parte do combustível econômico do país.

Os holandeses fabricam 650 milhões de quilos de queijo por ano, exportando dois terços desse volume para outros países. São os maiores exportadores de queijo do mundo.
Além disso, cada cidadão da Holanda come por ano, em média, 15 quilos de queijo.

Conheça os 10 melhores tipos de queijos holandeses:

1- Queijo Gouda
O queijo recebe o nome da cidade onde é produzido e é responsável por dois terços de toda a produção de queijos da Holanda. É o mais famoso e copiado no mundo.
Trata-se de um queijo macio e cremoso, em formato circular, com os famosos furinhos no meio. Pode-se encontrar variações no tempero, como especiarias e ervas finas. Possui um nível elevado de gordura de 48%, mas que garante o sabor único, úmido e macio do queijo. É considerado um dos melhores queijos do mundo.

2- Queijo Edam
É facilmente reconhecido por possuir no seu interior a coloração amarelo claro e camadas vermelhas ou alaranjadas nas partes mais externas. Possui um sabor picante e é mais seco se comparado com o tipo Gouda. Por esses motivos, possui menos gordura, 40%.

3- Queijo Leiden
Possui menor teor de gordura em comparação com os anteriores por se tratar de leite coado na fabricação do queijo. É mais firme e robusto, com consistência mais rígida. Pode conter especiarias em seu interior. Possui maturação mais prolongada e é prensado, o que o torna mais firme. Além de conter pimenta cominho na preparação da sua massa, dando um sabor mais do que especial ao queijo.

4- Queijo Maasdammer
Queijo com sabor de nozes fabricado na cidade de Maasdam. Também possui os famosos buracos no seu interior e um sabor peculiar e distinto. Possui estrutura firme, consistente, devido a sua cura precoce, de aproximadamente quatro semanas.

5- Queijo Cablanca
Esse queijo de cabra é classificado de duas maneiras: um tipo é fresco e mole, mais suave e cremoso; o outro é semiduro e curado, semelhante ao aspecto dos queijos gouda.
Os primeiros possuem sabor agradável e leve, por serem mais frescos. Enquanto os segundos possuem sabor mais forte e cítrico.

6- Queijo Boerenkaas

Queijo feito essencialmente de forma artesanal, o que o torna um queijo único e exclusivo, além de mais caro que os demais. Pelo menos metade do leite utilizado na fabricação desse queijo deve ser originário de vacas que são criadas na própria fazenda produtora. Além disso, o restante do leite utilizado não pode ser proveniente de mais do que duas fazendas diferentes e próximas ao local original de produção do queijo.

7- Queijo Defumado
Esse tipo de queijo é um pouco diferente dos demais. É fabricado e praticamente finalizado, após isso, é derretido e novamente prensado em formato de embutidos. É geralmente vendido por fatia, em formato de linguiça.

8- Queijo de cravo da Frísia
É um queijo preparado de leite desnatado na região da Frísia.
Além do cominho, leva na fabricação da sua massa pitadas de cravo. Isso garante a esse queijo um sabor forte, seco e rústico. Sua consistência é firme.



9- Queijo Parrano
É um queijo de vaca que possui um sabor que combina com doces aromas.
É um queijo feito nos moldes dos queijos italianos, parecido com a textura do parmesão. Por isso mesmo, é bastante usado na gastronomia italiana.

10 – Queijo Graskaas

Esse queijo é especial pois é feito a partir do primeiro leite produzido pelas vacas após retornarem da pastagem, depois de passarem o inverno trancadas nos celeiros.

Pesquisar mais textos:

Filipe Mixa

Título:Os 10 melhores queijos holandeses

Autor:Filipe Mixa(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios