Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > E agora? Que restaurante escolho?

E agora? Que restaurante escolho?

Categoria: Eventos
E agora? Que restaurante escolho?

Todos passamos pelo mesmo. Temos um acontecimento importante que queremos celebrar, como um aniversário de casamento, um nascimento, o dia dos namorados ou simplesmente porque queremos deixar os pratos e os tachos de lado e ir desfrutar de uma boa refeição sem pensar no trabalho que engloba, e não sabemos que local escolher para a ocasião. A menos que saibamos exactamente o que nos apetece ou já tenhamos um restaurante que frequentamos habitualmente, a escolha pode ser demorada e difícil.

Reuni alguns dos passos indispensáveis para a organização de um jantar, quer seja para um casal, quer seja para um grande grupo.

1 - Comece por escolher a cidade ou local onde quer realizar o acontecimento. De nada serve procurar restaurantes longe ou fora dos limites fisicamente acessíveis. Parece uma etapa evidente, mas verá como reduz bastante os itens possíveis. Se se deslocar de carro, trace, antecipadamente, o percurso a seguir e um plano de onde estacionar a(s) viatura(s).

2 – Depois, há que ter em conta o género e número de participantes. Um jantar de turma pode ser combinado para um restaurante completamente diferente do eleito para um jantar de família ou de dia dos namorados. Verifique, no caso de ser para um grupo razoável, se o restaurante tem capacidade para tal e se está disponível para servir grupos.

3 – Nunca esqueça de se informar sobre o horário de funcionamento do restaurante. Há muitos que apenas servem almoços ou jantares, bem como o seu dia de encerramento, caso exista. Na dúvida, faça reserva, principalmente se for para um grupo grande.

4 - Opte pelo tipo de gastronomia que mais lhe agrada. O conceito de globalização é cada vez mais notório no mundo da gastronomia e há várias opções possíveis desde Italiano, Japonês, Russo, Espanhol, ou algo mais simples e tradicional.

5 – O preço! Não se faça passar por aquilo de não é. Se lhe compete a si pagar a conta, não corra riscos e procure informar-se, antecipadamente, do preço médio praticado pelo restaurante. Se por outro lado a conta é para ser paga por todos, procure sempre um local que seja acessível a todos e que não cause constrangimentos financeiros a nenhum dos participantes.

6 – Por último, tenha sempre em atenção ao tipo de atendimento praticado pelo pessoal. Ninguém gosta de ser mal atendido e quando tal sucede, a diversão do grupo pode ficar comprometida.



Cláudia Bandeira

Título: E agora? Que restaurante escolho?

Autor: Cláudia Bandeira (todos os textos)

Visitas: 0

809 

Comentários - E agora? Que restaurante escolho?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios