Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > Tomadas elétricas inteligentes

Tomadas elétricas inteligentes

Comentários: 1
Tomadas elétricas inteligentes

Imagine pode acender o seu abajur usando a conexão com a internet. Para realizar essa e muitas outras tarefas, saiba que você precisará ter uma tomada que decifre o novo protocolo da internet, o IPv6, em que será possível plugar o dispositivo que deseja controlar à distância. Por exemplo, se você for ligar a máquina de lavar ou o abajur, basta conectar o dispositivo desejado nessa tomada inteligente e acessá-la usando seu smartphone ou computador.

Tomada elétrica sem fios – Engenheiros do Instituto Fraunhofer (Alemanha) já conseguiram fazer o protótipo desse novo tipo de tomada. E, ela conta um uma ótima vantagem: ela precisa dos feios da energia elétrica, mas com relação à internet ela é sem fios, pois a conexão é realizada feita automaticamente pelo roteador. Além das tomadas sem fios, o novo sistema conta com um aparelho USB conectado ao roteador.

O usuário pode desligar ou ligar o aparelho por meio de um navegador web ou aplicativo Android. Depois, o roteador recebe este comando, endereça-o para o dispositivo USB, que transmite a informação para a tomada de energia. Tudo isso é feito com a utilização de dados criptografados.

Além disso, esse tipo de comunicação de duas vias também possibilita que a tomada de energia sem fios envie alguns dados para o usuário, como por exemplo: ela pode informar a quantidade de energia que os dispositivos conectados a ela estão gastando. Dessa forma, qualquer eletrodoméstico ligado a uma dessas tomadas, poderá ser manipulado remotamente com o auxilio de um aparelho compatível com o IPv6, como um smartphone ou notebook, de qualquer local.

Tomadas e interruptores inteligentes – Apesar da promessa do surgimento de casas e edifícios inteligentes, ainda existem poucas alternativas para quem deseja se livrar dos interruptores e tomadas. Este objeto tornará a casa inteligente uma realidade. As tomadas e interruptores inteligentes permitem que os eletrodomésticos sejam manipulados de maneira inteligente, melhorando ou diminuindo o consumo de eletricidade.

Por exemplo, o morador da residência poderá ligar a lavadora de roupas fora do horário de pico, ou o aparelho de lavar louças no momento em que os painéis fotovoltaicos no telhado estiverem gerando a energia necessária.




Rua Direita

Título: Tomadas elétricas inteligentes

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

768 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoWallace Randal

    13-09-2012 às 13:42:18

    Nossa, desta eu não sabia! O controle de eletrodomésticos, computadores e eletroeletrônicos por meio de aplicativos em smartphone até que já está se tornando comum, mas ligar lâmpadas com a ajuda de roteadores é genial! Sou estudante de Engenharia Elétrica, gostaria de criar algo assim algum dia. O avanço da tecnologia é impressionante, fico boquiaberto com o que aparece de um dia para o outro.

    ¬ Responder

Comentários - Tomadas elétricas inteligentes

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios