Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Telemóveis > Visões do Futuro

Visões do Futuro

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Telemóveis
Visitas: 2
Comentários: 2
Visões do Futuro

Há muitos anos que se fala da questão de fusão quase que impercetível do ser humano com a tecnologia. Pode parecer que não mas já vivemos dessa forma. Com os telemóveis a tornarem-se cada vez mais parte integral da nossa vida, chegamos mesmo ao ponto de nos sentirmos incompletos se não tivermos o nosso smartphone à mão em muitos casos.

Assim, o que podemos esperar do futuro das telecomunicações?
Bem, a Nokia e a Google são alguns das primeiras empresas ligadas às telecomunicações a dar-nos os primeiros vislumbres sobre o que será muito provavelmente as tecnologias que vamos começar a usar dentre em breve.



Tanto uma companhia como a outra acreditam em produtos que permitam ao utilizador de telemóveis e redes sociais fazer tudo aquilo que fazemos atualmente com um smartphone, mas com as mãos totalmente livres, usando apenas sistemas de reconhecimento de voz, isto tudo usando um visor que é nada mais, nada menos que um par de óculos.

A Google apresentou em junho deste ano, na Google I/O os seus Google Glasses (Óculos Google). Este além de terem a capacidade de funcionar como um telemóvel na sua aplicação mais simples (receber chamadas e enviar de mensagens), permite também usando a tecnologia de realidade aumentada, receber informação acerca de locais onde nos encontremos, enviar vídeo, imagens e texto para as nossas redes sociais em tempo real, isto tudo ao longo da nossa rotina diária. A Google está almejar por um lançamento em 2013.

A Nokia apresentou também um protótipo para a sua versão do telemóvel do futuro. Este funciona também com a tecnologia de realidade aumentada em conjunto como um sistema de leitura de movimentos muito parecido ao Kinetic da Microsoft, que lendo o movimento da nossa mão consegue concluir qual a função ou operação que estamos a escolher ou aplicação a iniciar. Tal como os óculos da Google, esta invenção da Nokia, possui todas as funções de um smartphone.



Porém é um protótipo e ainda não está estipulada uma data de lançamento.
A questão é, este tipo de tecnologia será bem pelas massas? Poderá ser vista como um pouco intrusiva uma vez que obriga a que tenhamos de usar um acessório estranho a nós constantemente ou pelo menos enquanto queremos estar contactáveis. O futuro o dirá.


Bruno Jorge

Título: Visões do Futuro

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 2

613 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    04-11-2014 às 10:22:59

    Quando que iríamos imaginar uma tecnologia tão avançada como a de hoje? Nunca! Então, temos que aproveitar muito e nos beneficiar de tudo que ela poderá nos fornecer.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    02-06-2014 às 17:21:51

    Pode-se observar que essas empresas desempenham um papel de grande responsabilidade, visando a produzir telemóveis mais modernos e chamativos, com o fim único de lucrar. Como são inteligentes!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Visões do Futuro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Arrendamento Jovem: Porta 65

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Arrendamento
Arrendamento Jovem: Porta 65\"Rua
Ouvia-se há uns tempos atrás – Quem casa, quer casa! Tão correcta e tão certa, esta frase mantém-se para tudo e para todos. Mas, como dizia outro alguém, os tempos e as vontades também mudaram, e hoje em dia não é só quem casa que quer casa.

Cada vez mais somos independentes e cada vez mais cedo. Sair de casa e ser independente, gerir a sua vida financeira e emocional está nos planos de muitos jovens. Sós ou acompanhados, partem então para a aventura de viver sozinhos, mesmo que seja na mesma rua onde moram os pais – sempre se janta ao cimo da rua, certo?

Com as oscilações das taxas de juro nos últimos anos, o mercado da casa própria por empréstimo bancário caiu, dando lugar ao mercado do arrendamento de imóveis. Alugam-se mais casas e aquelas que estavam desocupadas há muitos anos, ganharam vida com novos inquilinos e roupa estendida nos estendais.

Entre arrendamentos e jovens, a distância não é muita, mas entre jovens e grande poder de compra a distância é abismal. Mas então como podem os nossos jovens arrendar casa se ganham pouco e saem tarde? A resposta pode vir mesmo de cima e não é do céu.

Há uns anos o Governo Português resolveu criar um sistema que ajuda a apoia ao arrendamento jovem de forma a incentivar á independência, ao arrendamento e ao incentivo aos jovens. Chama-se a Porta 65.

Um dos objectivos é trazer vida a muitas zonas necessitadas de gente jovem e em progresso.

Após a candidatura, o Governo oferece aos jovens habilitados, uma percentagem da renda da casa o que lhes permite um desafogo muito grande.

Mas nem toda a gente se pode candidatar. Para ter direito a este subsídio, não pode candidatar-se a mais nenhum relativamente a arrendamento. Não pode ser proprietário de outro imóvel, nem ter mais nenhum contrato de arrendamento. Tem de ter mais de 18 anos e pode usufruir até aos 30. Acima de tudo é obrigado a ter um contrato de arrendamento legal, com imposto de selo da Repartição de Finanças pago e o imóvel não pode ser de nenhum familiar directo.

Estes são apenas alguns requisitos (existem mais uns quantos) exigidos aquando a candidatura. Os documentos podem ser apresentados via internet e depois é esperar pela resposta.

Apesar deste apoio ser importante e fundamental para muitos jovens, a verdade é que é muitas vezes complicado. Arrende sem contar com isto, mas nunca deixe de se candidatar.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Arrendamento Jovem: Porta 65

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 21:37:31

    Que bom saber desa forma de incentivo aos jovens em morar sós. Essa porta 65 parece ser bem interessante, a Rua Direita agradece pelas informações. Acredita-se que muita gente não sabe.

    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios