Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > Boyhood um filme que você não espera muito, mas encontra bastante.

Boyhood um filme que você não espera muito, mas encontra bastante.

Categoria: DVD Filmes
Comentários: 2
Boyhood um filme que você não espera muito, mas encontra bastante.

Finalmente assisti Boyhood. O filme sugerido por um amigo há alguns dias atrás que, tirando o fato de ser sido feito em 12 anos, nunca tinha me chamado a atenção. Lembro de visto os comentários na época do Oscar, mas mesmo assim não estava empenhado em vê-lo.

Quando me falaram que era estilo real life, torci mais ainda o nariz, achando que veria algo no esquema, “Atividade Paranormal”, que para mim usa a desculpa de “semidocumental” para justificar péssimas atuações.
No entanto, mesmo com a expectativa baixa, nas primeiras cenas do filme já comecei a mudar de ideia e conforme o mesmo avançava iam surgindo frases do tipo: “Opa, talvez só pela trilha sonora já valha a pena! ”, ou “Caraca, essas crianças estão ótimas nesses papéis! ”, ou ainda “Até o Ethan Hawke, está legal nesse filme! ”. Até passar da metade e começarem os comentários tipo: “Ah meu Deus, não quero plot twist, quero que tudo acabe bem com o Mason e sua família”, ou “Por favor sem surpresas no final, eu quero apenas um final feliz! ”.

Eu realmente fiquei muito surpreso com o filme. (SPOILLERS daqui pra frente). Não com o roteiro e como eu disse acima: ainda bem. A história e super comum. O final é comum como o esperado, com exceção da Mãe de Mason, Olivia Ewans. Esta só teve o seu digno final na cerimônia do Oscar quando a atriz Patrícia Arquete, que interpretou a mãe, venceu como atriz coadjuvante, e fez um discurso muito bom sobre a igualdade de direitos entre homens e mulheres.

No filme as situações lembram bastante a realidade, destaco uma cena em que o Ethan Hawke, está conversando com sua nova esposa em uma festa para comemorar a formatura de Mason no colegial e sua ex-sogra, fica interrogando-os com algum assunto qualquer, depois que ela saiu de perto deles eles ficam rindo e fazendo umas caretas comentando tipo: “que conversa estranha! ”, ou algo assim, coisas que todos fazemos, mas muitas vezes nem reparamos. Esses tipos de detalhes do cotidiano foram muito bem captados, pelo diretor e exposto de forma muito natural.

Fica essa dica de um filme muito interessante, que vale a pena ser visto por toda a família, inclusive para quem tem olhos mais clínicos, pois poderá perceber sutilezas nos cenários e nos diálogos que foram muito bem construídos.


Jhon Erik Voese

Título: Boyhood um filme que você não espera muito, mas encontra bastante.

Autor: Jhon Erik Voese (todos os textos)

Visitas: 0

121 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLeputs

    20-08-2015 às 22:32:59

    Boa critica, vim por recomendação de um user de um fórum e acabei lendo suas outras resenhas, na minha opinião as primeiras resenhas que você fez eram mais profissionais, agora elas estão pendendo mais para um lado "não crítico". Recomendo você dar uma relida nas antigas que da para aproveitar muita coisa.
    No mais curti muito sua forma de interpretação e relato. Parabéns.

    ¬ Responder
  • Jhon Erik VoeseJhon Erik Voese

    21-08-2015 às 23:42:37

    Opa obrigado pelo seu tempo e pelo conselho.
    Sem querer me justificar, mas já o fazendo ainda estou trabalhando nesse meu estilo de escrita e por isso tenho experimentado um pouco. Meu intuito na verdade era buscar um diferencial nas críticas e resenhas sem ficar muito preso a somente descrição da obra, mas realmente ser parcial, ou até passional, como você pode ler nessa última, até pra gerar debates e expor um pouco do que eu "senti" logo que terminei de ver os filme, ou de ler os livros. Mas seu conselho está anotado, pois entendo que tenho que encontrar um equilíbrio entre a paixão e o profissional, para que não vire um relato de diário. Mais uma vez agradeço pelo feedback e espero que continue acompanhando, pois muito virá depois destes!

    ¬ Responder

Comentários - Boyhood um filme que você não espera muito, mas encontra bastante.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento\"Rua
A pneumonia é uma infecção bacteriana ou viral dos pulmões. Os sintomas podem incluir febre, calafrios, falta de ar, tosse que produz fleuma e dor no peito. Geralmente, a pneumonia pode ser tratada com sucesso em casa com antibióticos, mas alguns casos podem exigir hospitalização e podem resultar em morte. Vacinas estão disponíveis contra alguns dos agentes infecciosos mais comuns que causam pneumonia.

Causas de pneumonia
A pneumonia é uma infecção das bolsas de ar nos pulmões, sendo causada por bactérias, vírus ou, raramente, fungos. A maioria dos casos de pneumonia são causados por bactérias, mais comumente Streptococcus (doença pneumocócica), mas a pneumonia viral é mais comum em crianças.
 
Qualquer pessoa pode desenvolver pneumonia, mas alguns grupos estão em maior risco. Estes incluem:
- Bebês e crianças pequenas, particularmente aqueles nascidos prematuramente
- Pessoas que tiveram uma infecção viral recente, como um resfriado ou gripe
- Fumantes
- Pessoas com condições pulmonares crônicas, como asma, bronquite ou bronquiectasias
- Pessoas com sistema imunológico enfraquecido
- Pessoas que bebem álcool em excesso
- Pacientes hospitalizados
- Pessoas que tiveram problemas de deglutição ou tosse após um acidente vascular cerebral ou outra lesão cerebral
- Pessoas com 65 anos ou mais.
A pneumonia pode desenvolver-se quando uma pessoa respira as pequenas gotículas que contêm pneumonia, mas também pode ocorrer quando bactérias ou vírus que estão normalmente presentes na boca, nariz e garganta, entram nos pulmões.

sinais e sintomas de pneumonia
A pneumonia viral tende a desenvolver-se lentamente ao longo de vários dias, enquanto que, geralmente, a pneumonia bacteriana desenvolve-se rapidamente, muitas vezes ao longo de um dia.
A maioria das pessoas que desenvolvem pneumonia, inicialmente, têm uma infecção viral, como um resfriado ou gripe, que produz sintomas como dor de cabeça, dores musculares e febre. Se uma pneumonia se desenvolver, geralmente, os sintomas incluem:
- Febre alta
- Calafrios
- Falta de ar
Aumento da frequência respiratória
- Uma tosse que piora e que pode produzir escarro descolorido ou sangrento (fleuma)
- Dores no peito causadas pela inflamação da membrana que reveste os pulmões.

Em bebês e crianças, os sintomas podem ser menos específicos e podem não mostrar sinais claros de uma infecção no peito. Comumente eles terão uma febre alta, podendo parecer muito indispostos e tornarem-se letárgicos, mas eles também podem produzir uma respiração barulhenta e apresentar dificuldade para se alimentarem.
 
Também é possível que a pele, lábios e unhas se possam tornar-se azulados. Este é um sinal de que os pulmões são incapazes de fornecer oxigênio suficiente para o corpo. Se isso ocorrer, é vital procurar assistência médica imediatamente.

Diagnóstico para pneumonia
Se houver suspeita de pneumonia, é importante procurar atendimento médico com prontidão para que um diagnóstico preciso e um tratamento adequado possam ser implementados.

O médico poderá obter um histórico médico e realizar um exame físico. Durante o exame, o médico ouvirá o tórax com um estetoscópio. Respiração grosseira, sons crepitantes, sibilos e sons respiratórios reduzidos numa determinada parte dos pulmões podem indicar pneumonia.
Geralmente, para confirmar o diagnóstico, realiza-se uma radiografia de tórax. O raio-X mostrará a área do pulmão afetada pela pneumonia. Também podem ser efectuadas análises ao sangue e uma amostra do escarro pode ser enviada para um laboratório para realização de testes.

Tratamento de pneumonia
A maioria dos casos de pneumonia podem ser tratados em casa. Entretanto, bebês, crianças e pessoas com pneumonia grave podem precisar de ser internados num hospital para tratamento.
Geralmente, a pneumonia é tratada com antibióticos, mesmo que exista suspeita de pneumonia viral, já que também pode haver um grau de infecção bacteriana. O tipo de antibiótico utilizado e a forma como será administrado serão determinados pela gravidade e causa da pneumonia.
Se a pneumonia puder ser tratada em casa, geralmente, o tratamento inclui:
- Antibióticos, administrados por via oral sob a forma de comprimidos ou líquidos
- Medicamentos para alívio da dor
- Paracetamol para reduzir a febre
- Descansar

Se for necessário tratamento hospitalar, gerlamente, o tratamento inclui:
- Antibióticos administrados por via intravenosa
- Terapia de oxigênio, para garantir que o corpo receba o oxigênio de que precisa
- Fluidos intravenosos, para corrigir a desidratação ou se a pessoa estiver muito indisposta para comer ou beber
- Fisioterapia, para ajudar a limpar o escarro dos pulmões.

Pesquisar mais textos:

José Antunes

Título:Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Autor:José Antunes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios