Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > E o Óscar vai para...

E o Óscar vai para...

Categoria: DVD Filmes
Comentários: 5
E o Óscar vai para...

Na 81ª edição dos prémios da Academia, “Quem quer ser Bilionário?” foi a grande estrela, arrecadando 8 das treze estatuetas douradas para as quais estava nomeado. Esta franca vitória foi como uma chapada de luva branca dada por Danny Boyle, oscarizado como melhor realizador, a Hollywood e a toda a indústria cinematográfica, que lhe negaram financiamento para a concretização deste filme. A verdade é que mesmo sem este apoio, o filme foi um enorme sucesso. “Quem quer ser Bilionário?” conta a história de Jamal Malik, um rapaz órfão, criado nos bairros de lata de Mumbai, que está prestes a ganhar o célebre concurso televisivo “Quem quer ser Milionário?”. Suspeito de ter cometido fraude para ganhar o concurso, é torturado pela polícia, acabando por rever com o inspector todo o sofrimento que teve na vida e que acaba por se interligar com as perguntas que lhe foram colocadas no programa. Assim, conta a sua história de vida, desde o eterno amor por Latika, passando pela difícil relação com o irmão Salim, até aos momentos em que sobreviveu às maiores adversidades pelas quais passou. O certo é que todo este enredo acabou por vencer nas categorias de Melhor Filme, Melhor Realizador, de Melhor Argumento Adaptado, de Melhor Fotografia, Som, Montagem, Banda Sonora Original e Canção Original.

O segundo filme mais oscarizado foi “O Estranho Caso de Benjamin Button”, que arrecadou três prémios: Melhor Cenografia, Maquilhagem e Efeitos Visuais. Apesar de ter o maior número de nomeações, 13, ficou aquém das expectativas, além de não ter conseguido consagrar Brad Pitt como Melhor Actor.

No Kodak Theatre, Kate Winslet conquistou o seu primeiro Óscar, com o papel que desempenhou em “O Leitor”, derrotando actrizes como Angelina Jolie e Merryl Streep. Na parte masculina, Sean Peen protagonizou o triunfo menos esperado, ao arrecadar o Óscar de Melhor Actor pelo papel protagonizado em “MilK”, derrotando Mickey Rourke, que era tido como favorito, pelo seu papel em “O Wrestler”.

A espanhola Penélope Cruz venceu na categoria de Melhor Actriz Secundária pelo desempenho em “Vicky Christina Barcelona”.

Mas o momento mais emotivo da cerimónia aconteceu com a entrega do Óscar de Melhor Actor Secundário a Heath Ledger, falecido há pouco mais de um ano com overdose de medicamentos, pelo papel de Joker no filme “O Cavaleiro das Trevas”.
Este foi o segundo Óscar póstumo de interpretação, a ser atribuído na história da Academia. Os pais de Ledger subiram ao palco para receber a estatueta e fizeram um pequeno discurso que deixou a plateia visivelmente emocionada.

A cerimónia foi apresentada por Hugh Jackman, rompendo com a longa tradição de serem comediantes a cumprir essa função.

A passadeira estendeu-se uma vez mais para revelar uma noite recheada de surpresas e emoções.



Catarina Guedes Duarte

Título: E o Óscar vai para...

Autor: Catarina Guedes Duarte (todos os textos)

Visitas: 0

658 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 04:34:01

    Lindo texto, a Rua Direita fica agradecida!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    13-09-2012 às 11:41:16

    eu gostei do filme Quem quer ser bilionário, com uma imagem muito positiva, de como se pode vencer na vida sem ser bandido na índia. Jamal Malik é uma personagem encantadora, que desperta de imediato o apoio do espectador na busca por uma vida melhor no amor e no dinheiro. também o Estranho caso de Benjamin Button foi lindissimo. não sei dizer qual o melhor.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    11-09-2012 às 16:56:14

    Tive o prazer de ver a maioria dos filmes a que se refere no seu texto: “Quem quer ser Bilionário?”, “O Estranho Caso de Benjamin Button”, “O Cavaleiro das Trevas”, “Vicky Christina Barcelona”, “O Leitor” e “Milk”, sendo que os dois últimos passaram a integrar a minha lista de filmes favoritos. A preferência que atribuímos a alguns filmes está relacionada com as nossas características pessoais, pelo que me fascina particularmente a perseverança de Harvey Milk.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoPaula Rita

    04-03-2009 às 23:58:41

    Amiga catarina, sonho em poder pisar a passadeira.

    É bom sonhar, eu vou continuar a faze-lo.

    A passadeira do sonho...

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoroberto

    03-03-2009 às 22:43:56

    adoro-te catarina e adoro a forma como escreves e em particular este texto. um muito obrigado

    ¬ Responder

Comentários - E o Óscar vai para...

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento\"Rua
A pneumonia é uma infecção bacteriana ou viral dos pulmões. Os sintomas podem incluir febre, calafrios, falta de ar, tosse que produz fleuma e dor no peito. Geralmente, a pneumonia pode ser tratada com sucesso em casa com antibióticos, mas alguns casos podem exigir hospitalização e podem resultar em morte. Vacinas estão disponíveis contra alguns dos agentes infecciosos mais comuns que causam pneumonia.

Causas de pneumonia
A pneumonia é uma infecção das bolsas de ar nos pulmões, sendo causada por bactérias, vírus ou, raramente, fungos. A maioria dos casos de pneumonia são causados por bactérias, mais comumente Streptococcus (doença pneumocócica), mas a pneumonia viral é mais comum em crianças.
 
Qualquer pessoa pode desenvolver pneumonia, mas alguns grupos estão em maior risco. Estes incluem:
- Bebês e crianças pequenas, particularmente aqueles nascidos prematuramente
- Pessoas que tiveram uma infecção viral recente, como um resfriado ou gripe
- Fumantes
- Pessoas com condições pulmonares crônicas, como asma, bronquite ou bronquiectasias
- Pessoas com sistema imunológico enfraquecido
- Pessoas que bebem álcool em excesso
- Pacientes hospitalizados
- Pessoas que tiveram problemas de deglutição ou tosse após um acidente vascular cerebral ou outra lesão cerebral
- Pessoas com 65 anos ou mais.
A pneumonia pode desenvolver-se quando uma pessoa respira as pequenas gotículas que contêm pneumonia, mas também pode ocorrer quando bactérias ou vírus que estão normalmente presentes na boca, nariz e garganta, entram nos pulmões.

sinais e sintomas de pneumonia
A pneumonia viral tende a desenvolver-se lentamente ao longo de vários dias, enquanto que, geralmente, a pneumonia bacteriana desenvolve-se rapidamente, muitas vezes ao longo de um dia.
A maioria das pessoas que desenvolvem pneumonia, inicialmente, têm uma infecção viral, como um resfriado ou gripe, que produz sintomas como dor de cabeça, dores musculares e febre. Se uma pneumonia se desenvolver, geralmente, os sintomas incluem:
- Febre alta
- Calafrios
- Falta de ar
Aumento da frequência respiratória
- Uma tosse que piora e que pode produzir escarro descolorido ou sangrento (fleuma)
- Dores no peito causadas pela inflamação da membrana que reveste os pulmões.

Em bebês e crianças, os sintomas podem ser menos específicos e podem não mostrar sinais claros de uma infecção no peito. Comumente eles terão uma febre alta, podendo parecer muito indispostos e tornarem-se letárgicos, mas eles também podem produzir uma respiração barulhenta e apresentar dificuldade para se alimentarem.
 
Também é possível que a pele, lábios e unhas se possam tornar-se azulados. Este é um sinal de que os pulmões são incapazes de fornecer oxigênio suficiente para o corpo. Se isso ocorrer, é vital procurar assistência médica imediatamente.

Diagnóstico para pneumonia
Se houver suspeita de pneumonia, é importante procurar atendimento médico com prontidão para que um diagnóstico preciso e um tratamento adequado possam ser implementados.

O médico poderá obter um histórico médico e realizar um exame físico. Durante o exame, o médico ouvirá o tórax com um estetoscópio. Respiração grosseira, sons crepitantes, sibilos e sons respiratórios reduzidos numa determinada parte dos pulmões podem indicar pneumonia.
Geralmente, para confirmar o diagnóstico, realiza-se uma radiografia de tórax. O raio-X mostrará a área do pulmão afetada pela pneumonia. Também podem ser efectuadas análises ao sangue e uma amostra do escarro pode ser enviada para um laboratório para realização de testes.

Tratamento de pneumonia
A maioria dos casos de pneumonia podem ser tratados em casa. Entretanto, bebês, crianças e pessoas com pneumonia grave podem precisar de ser internados num hospital para tratamento.
Geralmente, a pneumonia é tratada com antibióticos, mesmo que exista suspeita de pneumonia viral, já que também pode haver um grau de infecção bacteriana. O tipo de antibiótico utilizado e a forma como será administrado serão determinados pela gravidade e causa da pneumonia.
Se a pneumonia puder ser tratada em casa, geralmente, o tratamento inclui:
- Antibióticos, administrados por via oral sob a forma de comprimidos ou líquidos
- Medicamentos para alívio da dor
- Paracetamol para reduzir a febre
- Descansar

Se for necessário tratamento hospitalar, gerlamente, o tratamento inclui:
- Antibióticos administrados por via intravenosa
- Terapia de oxigênio, para garantir que o corpo receba o oxigênio de que precisa
- Fluidos intravenosos, para corrigir a desidratação ou se a pessoa estiver muito indisposta para comer ou beber
- Fisioterapia, para ajudar a limpar o escarro dos pulmões.

Pesquisar mais textos:

José Antunes

Título:Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Autor:José Antunes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios