Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > Um filme para não perder: O Segredo de Brokeback Mountain

Um filme para não perder: O Segredo de Brokeback Mountain

Categoria: DVD Filmes
Um filme para não perder: O Segredo de Brokeback Mountain

O Segredo de Brokeback Mountain, filme realizado e produzido em 2005 por Ang Lee, e protagonizado por Heath Ledger (o malogrado actor), Jake Gyllenhaal, Michelle Williams e Anna Hathaway, é um quadro onde a paixão inusitada, a força incomum dos instintos humanos levados a extremos e a beleza da irreflexão, da ausência de razão dominam por completo o ecrã e o espectador. Este, de facto, mais não sente que foi completamente arrebatado pelo suceder das peripécias e, a partir de determinado ponto, deixa-se simplesmente vogar ao sabor do enredo desta belíssima película.

Comece-se, pois, por se ressalvar, que a beleza do filme não resulta tanto da exibição das paisagens naturais (e naturalmente) estonteantes do Texas e Wyoming, mas mais pela forma surpreendentemente pura e despretensiosa como a origem desta relação homossexual é retratada. Tanto Jack Twist (Gyllenhaal) como Ennis Del Mar (Ledger) são interceptados num ponto das suas vidas por uma paixão assombrosamente descomedida que tem início numa relação de amizade e companheirismo.

Assim, os dois cowboys vão trabalhar para uma zona inóspita, mas de rara beleza natural: Brokeback. Aí, têm a responsabilidade de guardar um imenso rebanho de ovelhas num ambiente hostil, apesar de sublime. A neve, o frio, os predadores naturais (lobos e ursos), a escassez de mantimentos e a solidão parecem literalmente impelir os dois protagonistas para os braços um do outro. É, pois, numa noite de intenso frio que Jack convida Ennis a resguardar-se na tenda, onde aquele já dormia. E a transição acontece naturalmente: durante a noite, Jack puxa o braço de Ennis, que, repentinamente se ergue, em jeito defensivo. Mas, inesperadamente, os dois beijam-se com intensidade e, a partir desse momento nada mais será igual ou pacífico nas suas vidas.

Mais tarde, após a inevitável separação, ambos se casam, Ennis com Alma e Jack com Lureen. Ambos constituem família, têm filhos e um trabalho. Mas o amor que os une nunca mais os abandonará e a necessidade de se encontrarem clandestina e regularmente torna-se cada vez mais premente e imperiosa, pelo que regressam a Brokeback inúmeras vezes ao longo das suas vidas.

Finalmente, será de salientar que a força enigmática que os aproxima é de tal forma intensa, vigorosa, possante e esmagadora que os dois amantes não se coíbem de fazer demonstrações de carinho em locais onde podem ser facilmente surpreendidos.

É, pois, um filme altamente recomendável, não só porque a história narrada causa «estragos» no nosso coração, como também porque a homossexualidade, ao invés do expectável, e enquanto conceito, acaba por ser diluída e apenas fica o essencial de uma relação entre duas pessoas que se amam.



Isabel Rodrigues

Título: Um filme para não perder: O Segredo de Brokeback Mountain

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 0

631 

Comentários - Um filme para não perder: O Segredo de Brokeback Mountain

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios