Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Categoria: Relacionamentos
Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Quando era tímido, não falava muito nas conversas, especialmente com as pessoas que não conhecia bem. Então, muitas vezes, recebia comentários e perguntas como: "Por que você não participa da conversa?" ou "Você não fala muito!"

Lembro-me de que esses tipos de observações e perguntas deixavam-me muito desconfortável e não sabia como reagir. Não gostava de ser tímido, e não gostava de jeito nenhum quando as pessoas percebiam que eu era tímido.

Então, resolvi compartilhar com você quais as mudanças que tive ao longo de um tempo. Você terá aqui uma dica prática de como agir quando as pessoas dizem que você não fala muito ou é muito tímido.

1) Não fique na defensiva ou tentando ser espirituoso
Normalmente, quando uma pessoa ouve de alguém que não fala muito, o primeiro impulso é se justificar.

Ela vai tentar explicar de forma bem elaborada e com um falso argumento. Não faça isso, pois é um sinal de insegurança. Também tentar ser espirituoso dando uma resposta inteligente, místico.

Defender-se e tentar ser espirituoso é uma reação que visa a aprovação gerada por ansiedade, e acredite, isso não dá resultado! Há uma alternativa muito melhor que é dar uma resposta básica:

Descobri que quando alguém diz que não falo muito, é melhor responder de forma simples e curta. Algo assim: "Sim, às vezes eu não estou com vontade de falar" ou "eu não tenho nada para dizer agora". Isso é suficiente!

2) Concentre-se em superar sua timidez, e não em escondê-la
Sinto que o foco em fazer os outros pensar que você é social, quando você realmente não é, só desgasta e não traz mudanças. Sua prioridade deve ser a de aprender a ser mais extrovertido socialmente (o que você pode fazer), em vez de gerenciar como os outros o veem.

Curiosamente, o momento em que você parar de se importar muito com comentários do tipo "você não fala muito" é justamente o momento que começará a ser mais falante e assim você pode não mais se incomodar com esses comentários. Isso significa que você começou a não temer a desaprovação, um medo que é a raiz da timidez e ansiedade social.


Vicente Silva

Título: Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Autor: Vicente Silva (todos os textos)

Visitas: 0

407 

Comentários - Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios