Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Categoria: Relacionamentos
Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Quando era tímido, não falava muito nas conversas, especialmente com as pessoas que não conhecia bem. Então, muitas vezes, recebia comentários e perguntas como: "Por que você não participa da conversa?" ou "Você não fala muito!"

Lembro-me de que esses tipos de observações e perguntas deixavam-me muito desconfortável e não sabia como reagir. Não gostava de ser tímido, e não gostava de jeito nenhum quando as pessoas percebiam que eu era tímido.

Então, resolvi compartilhar com você quais as mudanças que tive ao longo de um tempo. Você terá aqui uma dica prática de como agir quando as pessoas dizem que você não fala muito ou é muito tímido.

1) Não fique na defensiva ou tentando ser espirituoso
Normalmente, quando uma pessoa ouve de alguém que não fala muito, o primeiro impulso é se justificar.

Ela vai tentar explicar de forma bem elaborada e com um falso argumento. Não faça isso, pois é um sinal de insegurança. Também tentar ser espirituoso dando uma resposta inteligente, místico.

Defender-se e tentar ser espirituoso é uma reação que visa a aprovação gerada por ansiedade, e acredite, isso não dá resultado! Há uma alternativa muito melhor que é dar uma resposta básica:

Descobri que quando alguém diz que não falo muito, é melhor responder de forma simples e curta. Algo assim: "Sim, às vezes eu não estou com vontade de falar" ou "eu não tenho nada para dizer agora". Isso é suficiente!

2) Concentre-se em superar sua timidez, e não em escondê-la
Sinto que o foco em fazer os outros pensar que você é social, quando você realmente não é, só desgasta e não traz mudanças. Sua prioridade deve ser a de aprender a ser mais extrovertido socialmente (o que você pode fazer), em vez de gerenciar como os outros o veem.

Curiosamente, o momento em que você parar de se importar muito com comentários do tipo "você não fala muito" é justamente o momento que começará a ser mais falante e assim você pode não mais se incomodar com esses comentários. Isso significa que você começou a não temer a desaprovação, um medo que é a raiz da timidez e ansiedade social.


Vicente Silva

Título: Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

Autor: Vicente Silva (todos os textos)

Visitas: 0

407 

Comentários - Quando As Pessoas Dizem Que Você Não Fala Muito

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios