Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > meu quase acidente

meu quase acidente

Categoria: Relacionamentos
meu quase acidente

Algumas pessoas costumam dizer que não existe sorte e que uma força superior rege o universo ,eu não tenho problema nenhum em dizer que acredito em Deus ,em que você acredita ? Em sorte ? Eu não to aqui pra te contar em que acreditar ,mas sim pra te contar uma história,aí você me diz se é sorte ou uma força superior .

Como sempre eu ia tomar meu café na rua Lymr ,na cafeteria Mycs ,peço um capuccino , avisto uma moça linda , penso em falar com ela ,mas logo desisto ela estava acompanhada ,eu não pensei no fato de que ele podia ser apenas um amigo ,eu apenas peguei meu cappucino e fui em direção a porta,foi então que eu percebi que eu tava atrasado pro trabalho,sai correndo com o copo de cappucino na mão , quando eu estava fui passar correndo pela rua tropecei e derrubei todo o cappucino na minha roupa,depois de dois passos pra trás e voltei pra calçada ,quando fiz isso,um carro passou em uma velocidade ,quase que na minha frente ,consegui sentir o vento forte quando ele passou, fiquei muito assustado ,e voltei pra cafeteria pra limpar minha roupa ,quando abro a porta novamente a moça linda que estava olhando antes vem até a mim e me diz

-nossa ,você tem que agradecer a Deus ,quase morreu hoje

-a Deus? Isso foi apenas sorte- respondo eu

-creio que não .Meu nome é Malu

-O meu é Kaio

-prazer Kaio,você ta molhado precisa limpar isso imediatamente

-eu ia pegar um guardanapo

-(risos) acho melhor um pano , espera aí vou pegar pra você – ela entra na cozinha e eu digo -então você trabalha aqui ?

-não ,eu sou a dona -grita ela de dentro da cozinha

-mas eu nunca te vi aqui

-eu viajo muito ,só vim hoje pra passar um tempo com meu irmão

-aquele moço que estava sentado junto com você ?

-sim ,por quê ?

-por nada – fiquei meio sem graça e não sabia o que falar ,essa foi a única coisa que veio em minha mente ....Nós conversamos muito sobre a sorte e sobre Deus. E foi assim que conheci minha esposa ,como eu disse no começo “ força superior ou sorte?” independente do que acredite ,nunca deixe de acreditar na vida ,você pode encontrar o amor da sua vida a qualquer momento eu qualquer lugar , e até mesmo não ser atropelado com a ajuda de um cappuccino .


Lucas Guimarães

Título: meu quase acidente

Autor: Lucas Guimarães (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - meu quase acidente

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios