Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Moça esquece ele, Você é linda !

Moça esquece ele, Você é linda !

Categoria: Relacionamentos
Visitas: 16
Moça esquece ele, Você é linda !

Ontem eu recebi a mensagem de um ex, perguntado coisas que não eram da conta dele, perguntando se eu estava namorando, ou farreando.

É engraçado o fato das pessoas escolherem sair de nossas vidas e depois voltarem atrás, com o rabinho entre as pernas. Eu poderia muito bem ter mandado ele ir a merda, ou poderia ter ignorado, mas resolvi fazer melhor, resolvi mostrar à ele, a força das minhas palavras, o quanto elas podem machucar, assim como ele fez comigo.
As pessoas dizem que a indiferença dói bem mais, mas isso é algo que ainda precisa ser trabalhado em mim.

Contudo respondi a ele dizendo o seguinte: - " Olá querido, sem você eu só melhorei. Você me machucou demais, e eu não queria guardar ressentimentos, ou mágoas, mas quando menos espero você surge para me fazer sentir tudo isso de novo. Eu estou SOLTEIRA, talvez lhe falhe a memoria mas vou te ajudar a lembrar, à alguns meses atrás você disse que precisava de um tempo, me procurou com os olhos cheios de lágrimas dizendo que precisava seguir sozinho.

Era a sua decisão, e eu não podia te acorrentar, quem sou eu pra não aceitar a opinião de alguém que eu tanto amei. Aí você me largou, e assim isso eu parei de sofrer com as mentiras, com as brigas. Eu precisei de muito esforço pra te esquecer, não foi fácil, em momento algum.

Já se passou um longo tempo desde o dia que você me deixou, e a partir daquele dia eu recomecei do zero, me reconstitui por inteira.
Comecei a sorrir com mais frequência, consegui sobretudo seguir em frente, alegre, e contente.

Pode ter certeza que essa sua aparição repentina me incomoda, mas não tira o meu sorriso. Hoje, eu posso ser de quem eu quiser, posso beijar quem eu estiver afim de beijar, posso dar moral para qualquer um que me interessar, inclusive posso querer continuar sozinha, e que fique bem claro que cabe a mim tomar conta da minha vida. Que foi você quem não me quis mais...

E na minha atual realidade de hoje, eu também não te quero mais.


Marcelle de Oliveira Lino

Título: Moça esquece ele, Você é linda !

Autor: Marcelle de Lino (todos os textos)

Visitas: 16

0 

Comentários - Moça esquece ele, Você é linda !

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios