Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > O maior desafio de uma mulher

O maior desafio de uma mulher

Categoria: Relacionamentos
Comentários: 3
O maior desafio de uma mulher

Uma mulher moderna, segundo os conceitos atuais, tem que trabalhar fora, andar bem maquiada, estar sempre bem disposta, não pode faltar o salto alto, ser a perfeição em pessoa.

Mas na realidade esse modelo exemplar existe, essa mulher realizada sempre com um sorriso diante das desavenças da vida é real, é feliz?

Quando uma mulher toma coragem de sair do trabalho e assumir a direção da casa, enfrentar o dia a dia que, para uns, parece tão sem graça e entediante, ela se torna uma aberração.

Mas quem fez essa escolha conscientemente sabe que ser uma dona de casa pode ser mais emocionante e desafiador do que todas as outras escolhas feitas ao longo da vida.

E eu não estou mencionando aqui o emocionante fato de estar presente no dia a dia de seus filhos mas do grande desafio e coragem que é necessário de decidir abrir mão da profissão, dos seus ganhos mês a mês, e principalmente de encarar as pessoas ao redor e sua reação quando você diz que é dona de casa. Estou mencionando o preconceito contra a dona de casa.

É triste ver que, numa sociedade que se diz ser tão liberal e atual, nós, mulheres não temos a liberdade de fazer essa escolha sem ser olhada quase com maus olhos por essa mesma sociedade que afirma que hoje a mulher tem mais direitos. A ironia desse fato está em que tendo tantos direitos garantidos, estão tentando tirar este que eu posso dizer, com certeza é tão nobre e distinto quanto o direito de trabalhar fora.

De todas as lembranças da minha infância, em todos os momentos, nas pequenas descobertas do dia a dia, nos pequenos e grandes conflitos, nas doenças, nas alegrias a lembrança mais constante é a minha mãe, rindo comigo, aflita comigo, radiante mas sempre, comigo.

Mas o que temos de enfrentar se fazemos essa escolha?Preconceito,discriminação e mesmo assim vale a pena cada um desses insultos ao ver o sorriso de um filho e acompanhar seus primeiros passos e o decorrer de seu desenvolvimento.

Por isso eu acredito que o maior desafio para uma mulher nos dias de hoje é contrariar a todos e assumir o leme desse maravilhoso barco que é sua vida, sua família e transformar o lugar onde habita em um verdadeiro lar cercado de cuidados, carinho e amor.


Claudia Reinoço Machado

Título: O maior desafio de uma mulher

Autor: Claudia Reinoço Machado (todos os textos)

Visitas: 0

17 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Adriana SantosAdriana Santos

    07-12-2015 às 23:14:19

    Olá, Claudia! Gostei demais do teu texto referindo ao maior desafio de uma mulher e concordo com você. É uma sociedade que está tão perdida no conceito de valores, direcionamento no pensar que cavam o próprio abismo. Mulheres que estão cada vez mais frustradas, tristes, revoltam-se com poucas coisas e essas mesmas ditam-se como independentes e feministas cheias de direitos. A dona de casa merece respeito, mas hoje não se vê mais isso. Temos que refletir mesmo! Abraços!

    ¬ Responder
  • Claryssa

    16-11-2015 às 19:20:35

    Muito interessante este ponto de vista.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoclaudia

    19-11-2015 às 12:47:21

    espero que seja útil,obrigada pelo comentário

    ¬ Responder

Comentários - O maior desafio de uma mulher

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios