Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Medo De Te Perder Para Deus

Medo De Te Perder Para Deus

Categoria: Relacionamentos
Medo De Te Perder Para Deus

Durante dois longos anos vi-te piorar de dia para dia, sem nada poder fazer, vi o teu desespero acompanhei-te a muitos médicos, a muitas especialidades, mas ninguém sabia, ninguém me dizia porque as tuas pernas estavam cada vez mais fracas, até aquele dia em que soube que tinhas uma doença neurológica grave associada a um maldito cancro. O meu mundo desabou nesse segundo, só tínhamos uma mínima hipótese, uma cirurgia de risco, um risco tão grande que podia nunca mais te ter, podias ficar vegetal apenas com apoio de máquinas.

Ao mesmo tempo a doença podia evoluir e ficarias ainda pior. És a mulher da minha vida, e o que menos quero é perder-te. Foi a decisão mais difícil da tua vida, mas estive do teu lado cada segundo como sempre estive.

O dia da cirurgia chegou, foi um misto de sensações, medo, pânico, esperança, força, tudo ao mesmo tempo. Duas horas a mais que o previsto e eu sempre de pedra e cal a porta do bloco operatório daquele hospital, começou a demorar, comecei a pensar o pior, chorei, sofri até que uma enfermeira sai do bloco e me diz que correu tudo bem, confesso que não acreditei, tinha de ver com os meus olhos estava tudo preparado para dares entrada nos cuidados intensivos, podias nem resistir.

Todos diziam que não irias conseguir respirar após a cirurgia que te levou o estômago e de um momento para o outro parece que Deus ou outro qualquer ser divino pousou sobre ti.
Avo, és a minha garra, a minha força e um dos grandes motivos que todos os dias me faz sorrir, ainda estas muito drogada com a medicação, não vês muito nítido nem dizes muitas coisas, por vezes nem são muito acertadas mas o mais importante é que estás viva, sem máquinas, falas-te comigo e tudo esta a correr pelo melhor, pois não aguentaria perder-te.

Vou continuar lado a lado contigo todos os dias até ao fim, e depois disto eu acredito em milagres, na nossa força, e acredito que juntas vamos vencer isto e tudo o que vier por ai. Amo-te sempre avó!


Marta Teixeira

Título: Medo De Te Perder Para Deus

Autor: Marta Teixeira (todos os textos)

Visitas: 0

557 

Comentários - Medo De Te Perder Para Deus

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios