Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

Categoria: Relacionamentos
Visitas: 2
Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

A maioria das mulheres não superam o término do seu relacionamento por conta da insistência do ex-namorado em reatar a relação. Mas isso é possível quando elas criam estratégias certas para mostrar ao ex-parceiro que acabou de fato o relacionamento. Basta pesquisarmos pela internet, pelos noticiários de TV e jornais, e poderemos encontrar inúmeros casos de crimes brutais cometidos por ex-maridos ou ex-namorados que não aceitaram a ideia de ter seus relacionamentos rompidos e acabados. E como resultado desta rejeição acabaram por cometerem suicídios e até homicídios porque a pior ferida e dor que existe é a sofrida dentro da alma. A rejeição é algo bem doloroso que ninguém quer viver.

E essa obsessão sentimental só tem preocupado a muitas mulheres que por medo de sofrer algum desastre acabam aceitando "amar" seus respectivos parceiros. O homem obsessivo faz de tudo para não ter o seu relacionamento terminado e como resultado vive na base da perseguição constante. E essa triste situação acontece na maioria das vezes com as jovens por conta de homens prepotentes que não aceitam a perda de seus relacionamentos. É preciso vencer essa perseguição, pois nenhuma mulher merece ser perseguida por aquele que sempre a desonrou. Se de fato os homens amassem nunca teriam terminado seus relacionamentos. Por que as mulheres terão que aturar tudo isso?

No caso das mulheres que possuem filhos com os respectivos ex-namorados ou ex-maridos é preciso manter o contato, mas nunca mais nutrir sentimento algum porque poderão ser enganadas facilmente por eles. Agora para aquelas que não tiveram filhos o certo a fazer é não ter nenhum contato, pois este é o pior caminho a seguir para quem realmente quer enterrar seu relacionamento, isto é, colocar um ponto final na relação. O que se deve fazer é deixar nítido que a relação cessou e não dar nunca mais brechas para que o relacionamento volte a existir, pois tem pessoas que sofrem dificuldades para aprovar rompimentos sentimentais e para piorar até podem ficar incontroladas em suas vidas e em suas próprias atitudes.

Mulheres, não parem as suas vidas por conta de ninguém. Busquem cuidar de si mesmas e prontas para amar procurem viver um novo relacionamento que de fato traz um valor para os seus corações. Siga as suas vidas e sejam muito felizes. Entenda que mais cedo ou mais tarde a ficha dos ex-parceiros cairá e buscarão também seguir suas vidas. É essencial que cada mulher que passa por essa situação reconheça os sinais de perseguição do homem e caso seja um caso extremo e arriscado buscar sem timidez ajuda na lei. Acima de tudo seja firme na sua decisão para não dar brechas e se mesmo assim ele continuar perseguindo avise seu ex que você irá denunciá-lo.

Não aceite a desilusão amorosa por conta de suas debilidades emocionais. Se ele te fez sofrer, te desonrou e te desprezou é certo que quer roubar o seu coração para novamente fazê-Lo perecer. Não confunda remorso com arrependimento. O único que pode transformar é Deus e Ele sim pode mudar o homem. Porém, muita cautela na hora de escolher um novo relacionamento porque o coração é desesperadamente corrupto. Atenda os frutos de seu relacionamento e assim concluirás se vale a pena ou não vivê-lo.


Natanael Genoel

Título: Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 2

547 

Comentários - Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios