Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

Categoria: Relacionamentos
Visitas: 2
Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

A maioria das mulheres não superam o término do seu relacionamento por conta da insistência do ex-namorado em reatar a relação. Mas isso é possível quando elas criam estratégias certas para mostrar ao ex-parceiro que acabou de fato o relacionamento. Basta pesquisarmos pela internet, pelos noticiários de TV e jornais, e poderemos encontrar inúmeros casos de crimes brutais cometidos por ex-maridos ou ex-namorados que não aceitaram a ideia de ter seus relacionamentos rompidos e acabados. E como resultado desta rejeição acabaram por cometerem suicídios e até homicídios porque a pior ferida e dor que existe é a sofrida dentro da alma. A rejeição é algo bem doloroso que ninguém quer viver.

E essa obsessão sentimental só tem preocupado a muitas mulheres que por medo de sofrer algum desastre acabam aceitando "amar" seus respectivos parceiros. O homem obsessivo faz de tudo para não ter o seu relacionamento terminado e como resultado vive na base da perseguição constante. E essa triste situação acontece na maioria das vezes com as jovens por conta de homens prepotentes que não aceitam a perda de seus relacionamentos. É preciso vencer essa perseguição, pois nenhuma mulher merece ser perseguida por aquele que sempre a desonrou. Se de fato os homens amassem nunca teriam terminado seus relacionamentos. Por que as mulheres terão que aturar tudo isso?

No caso das mulheres que possuem filhos com os respectivos ex-namorados ou ex-maridos é preciso manter o contato, mas nunca mais nutrir sentimento algum porque poderão ser enganadas facilmente por eles. Agora para aquelas que não tiveram filhos o certo a fazer é não ter nenhum contato, pois este é o pior caminho a seguir para quem realmente quer enterrar seu relacionamento, isto é, colocar um ponto final na relação. O que se deve fazer é deixar nítido que a relação cessou e não dar nunca mais brechas para que o relacionamento volte a existir, pois tem pessoas que sofrem dificuldades para aprovar rompimentos sentimentais e para piorar até podem ficar incontroladas em suas vidas e em suas próprias atitudes.

Mulheres, não parem as suas vidas por conta de ninguém. Busquem cuidar de si mesmas e prontas para amar procurem viver um novo relacionamento que de fato traz um valor para os seus corações. Siga as suas vidas e sejam muito felizes. Entenda que mais cedo ou mais tarde a ficha dos ex-parceiros cairá e buscarão também seguir suas vidas. É essencial que cada mulher que passa por essa situação reconheça os sinais de perseguição do homem e caso seja um caso extremo e arriscado buscar sem timidez ajuda na lei. Acima de tudo seja firme na sua decisão para não dar brechas e se mesmo assim ele continuar perseguindo avise seu ex que você irá denunciá-lo.

Não aceite a desilusão amorosa por conta de suas debilidades emocionais. Se ele te fez sofrer, te desonrou e te desprezou é certo que quer roubar o seu coração para novamente fazê-Lo perecer. Não confunda remorso com arrependimento. O único que pode transformar é Deus e Ele sim pode mudar o homem. Porém, muita cautela na hora de escolher um novo relacionamento porque o coração é desesperadamente corrupto. Atenda os frutos de seu relacionamento e assim concluirás se vale a pena ou não vivê-lo.


Natanael Genoel

Título: Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 2

547 

Comentários - Como Superar A Perseguição Do Ex-Namorado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios