Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > Colares de fuxico

Colares de fuxico

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Jóias Relógios
Comentários: 4
Colares de fuxico

O fuxico é uma arte bem simples de confeção, mas que proporciona a peça em que for utilizado um requinte e uma delicadeza notáveis. Esse recurso artístico não é nada mais do que uma trouxinha feita em retalhos ou sobras de tecido variado. Pode ser aplicado em bolsas, roupas, joias, acessórios para cabelo, quadros e aonde mais a imaginação levar.

O nome fuxico vem da rotina das mulheres costureiras do nordeste brasileiro que se reuniam para, além de fazer suas costuras com retalhos e sobras de tecidos, conversarem sobre os acontecimentos da vida. Daí a gíria fuxico, sinônimo de fofoca e mexerico, deu nome a esse trabalho manual em expansão no design e na costura atuais. Por mais que se tenham criado tecidos altamente tecnológicos ou que se usem pedras preciosas na confeção de roupas e joias, o fuxico é a prova de que o artesanato continua sendo muito valorizado.

Para se fazer um fuxico é necessário um retalho de tecido qualquer, deixando-o em formato circular, tesoura, agulha e linha para costura. O tamanho do fuxico varia conforme o trabalho em que será aplicado. Para fuxicos maiores, o círculo deve ser maior e para fuxicos menores, a mesma proporção: círculos menores. Isso para fuxicos circulares, pois existem também os fuxicos em forma de flor e folha.

Para fazer esse fuxico circular é necessário um molde em forma de círculo, e aí já pode se começar a usar a criatividade. Pode-se obter esse formato usando a circunferência de uma xícara, por exemplo. Desenha-se o círculo no lado avesso do tecido e recorta-se no formato desenhado. Após deve-se pegar a linha e colocá-la na agulha. O passo seguinte é passar a agulha em toda a borda do círculo, em movimento ondular de cima para baixo. Quando toda a volta do círculo estiver com a linha, puxa-se essa linha mantendo o dedo dentro desse círculo para garantir o formato do fuxico circular. Depois é só dar um ponto final, um arremate, cortar o excesso da linha e a arte está feita. Quanto mais fuxicos forem produzidos, maiores são as possibilidades de criação.

Esse tipo de artesanato compõe belíssimas produções de bijuterias. O fuxico está sendo valorizado mundialmente e muitas celebridades estão o utilizando em vários eventos. Colares feitos de fuxico são ótimas opções para festas e para quem adora acessórios descolados e diferentes. No fuxico há a possibilidade do único, pois dificilmente um fuxico será igual ao outro. É nisso que consiste a beleza do artesanato. Além de poder dar asas a imaginação, criar e recriar.

Os colares em fuxico podem ser compostos com cordões variados e coloridos, misturados a botões e contas diversificadas. Uma boa combinação para um colar com fuxicos é confecioná-lo com cordão em crochê. Misturar fuxicos com correntes também dá a oportunidades de produzir peças bastante inusitadas e especiais. O importante na arte de confecionar em fuxico é a experimentação de materiais diversos. As possibilidades de combinações são inúmeras. Vai da criatividade e gosto pessoal de cada um. Confecionar bijuterias ou qualquer trabalho com fuxicos é reciclar ideias, testar possibilidades, imaginar e, com isso, verificar habilidades artísticas a paciência. Para muitas pessoas este tipo de trabalho, além de garantir uma renda extra ou ser a própria fonte de sustento, é também uma terapia.

Entretanto para aquelas pessoas que não têm essa habilidade e dom artístico, mas que apreciam um belo trabalho artesanal, as opções de compra desses colares ou trabalhos em fuxico são grandes e, com certeza, encantarão qualquer pessoa que aprecie esta arte.


Rosana Fernandes

Título: Colares de fuxico

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

808 

Imagem por: Pon

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    18-09-2014 às 19:44:11

    Os colares de fuxico sempre me encantaram! Ainda mais que pode ser colocado em muitos lugares deixando mais elegante e bonito o nosso visual! O melhor é que são baratos e fáceis de encontrar!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    08-05-2014 às 19:44:30

    O fuxico sempre foi um trabalho muito bonito. Ainda mais, feito em colares torna-se belos e convidativos. Adorei!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • terezinhaterezinha

    02-05-2010 às 18:05:07

    eu amo qualquer trabalho feito de fuxico e por mais simples que seja ele fica maravilhoso.parabens.

    ¬ Responder
  • carlos eduardocarlos eduardo

    30-01-2010 às 16:04:11

    queria demonstrar colares em stands e queria tb receber um convite para entrar em um twitter

    ¬ Responder

Comentários - Colares de fuxico

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Imagem por: Pon

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios