Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Antiguidades > Antiguidades – Não se deixe levar

Antiguidades – Não se deixe levar

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Antiguidades
Visitas: 2
Antiguidades – Não se deixe levar

Uma parte de todos nós gosta de antiguidades. É quase ponto assente, que mesmo não sendo apaixonados pelo estilo antigo, confirmamos e até admiramos a arte com que são feitos os móveis antigos. Os adornos, os acabamentos, a forma robusta com que eram executados e acima de tudo, a beleza e a arte de trabalhar a madeira.

Quem quer comprar uma antiguidade legítima, única, prepare-se para os valores que serão pedidos. Para um amante de arte antiga, o valor pouco vai importar, mas se aposta noutro tipo de mobiliário, vai achar as antiguidades obras um bocadinho caras.

Uma antiguidade recuperada e legítima é cara, mas quem ama de facto estas artes, a beleza de uma peça supera o valor dado por ela. Vale a pena de facto.

Se para um amante de antiguidades não lhe é muito difícil verificar a legitimidade de uma peça (se é de facto uma antiguidade recuperada ou não), para um simples apreciador, comprar uma peça de antiguidade pode ser uma tarefa ingrata.

Muitas são as situações em que um comprador é enganado e ao pensar que está a comprar uma antiguidade com muitos anos, está na realidade a comprar um móvel recente que foi feito exatamente para parecer antigo.

Não se deixe enganar com as aparências. Conheça as dicas e truques para não comprar gato por lebre.

Verifique a marcenaria do móvel. Se tiver gavetas por exemplo, veja os encaixes das madeiras. Em suma, a uma parte frontal e traseira de uma gaveta estão fixadas as partes laterais por encaixes de madeira. Visto pela parte lateral, estes encaixes de madeira tem o aspeto do rabo de um pombo (o nome dado é de cauda de pomba). Estes encaixes não deverão estar á mesma distancia uns dos outros. Se toda a estrutura estiver rigorosamente igual, significa que o móvel foi industrializado e não feito á mão como deverá ser uma antiguidade.

Outra forma de verificar a legitimidade de uma antiguidade é verificar as marcas de cortes nos tampos das gavetas ou fundos. Se notar que a madeira tem umas marcas circulares, significa também que foram usadas máquinas na construção da peça. Não esqueça que os móveis antigos não eram envernizados, mas sim encerados, pelo que o verniz poderá ser também um bom detetor de mentiras (apesar de com a restauração, a peça poder ter sido envernizada).

Mais uma vez se alerta para o facto da existência da simetria de um móvel. Esta não é sinónimo de obra por artesão/feito á mão. Ornamentos, encaixes e até mesmo os puxadores não deverão estar rigorosamente simétricos.

Se mesmo assim não se decidir sobre a legitimidade da peça, resta-lhe solicitar os serviços de um entendido. Boa sorte!


Carla Horta

Título: Antiguidades – Não se deixe levar

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

802 

Imagem por: stevendepolo

Comentários - Antiguidades – Não se deixe levar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Imagem por: stevendepolo

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios