Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Sonhos - O que nos dizem

Sonhos - O que nos dizem

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 2
Sonhos - O que nos dizem

Os sonhos funcionam como porta para uma outra dimensão da nossa mente. Há quem diga ‘sonhar é dormir’, mas ainda há muito por descobrir sobre aquilo que sonhamos e o que isso significa. Dentro de nossa mente parece existir um escritor de contos e enredos que na hora do nosso descanso têm início e são, por vezes, interrompidos pelo nosso despertar.

Mesmo os mais céticos certamente já tiveram um sonho que os intrigou de forma a levá-los a pensar sobre o significado que teria. Pode acontecer de ter um sonho que resolva a sua vida que promova o seu negócio. Para isto acontecer a primeira coisa que deve fazer é abrir a sua mente. Mesmo não acreditando, disponha-se ao sonho e não duvide do seu poder. Através dele pode receber mensagens sobre o seu futuro, mistérios podem ser-lhe revelados e você pode ignorar informações importantes. Nada lhe é dito numa linguagem comum, mas tudo lhe será mostrado… acredite ou duvide se conseguir!

Enquanto trabalhamos o nosso cérebro não para, procuramos soluções, buscamos respostas, tentamos pôr em prática invenções revolucionárias, procuramos soluções, lucros, garantias, respostas,… e temos família, compromissos, filhos, horários a cumprir, reuniões,… Tudo isto roda e ocupa espaço na nossa mente e por vezes bloqueia-a! É natural que, quando abandonamos o nosso local de trabalho, o nosso cérebro não pare. Nesta algazarra sem fim a nossa mente vai e volta sem parar. Enquanto dormimos o nosso cérebro roda em torno das nossas dúvidas e questões que não saíram da nossa mente enquanto estávamos ainda a tentar adormecer.

Claro que, toda esta atividade tem efeitos durante o nosso sono e esse efeito manifesta-se através dos sonhos. É comum acontecer, quando alguém se deita e adormece com dúvidas e problemas sonhar com algo decisivo. Há casos em que as soluções visualizadas nos sonhos não seriam tão boas se estivesse pensando acordado em vez de estar a sonhar.

Esta parte da nossa mente é ainda uma incógnita muito grande. Se cada um tentar conhecer um pouco de si, será benéfico mesmo em questões de saúde. Muitas depressões e problemas de ansiedade podem ser resolvidos se escutar a sua voz interior, o seu ‘eu’ que anseia comunicar consigo e ser ouvido!


Rua Direita

Título: Sonhos - O que nos dizem

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

602 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLARISSA

    13-03-2017 às 19:16:36

    GOTEI MUITO DO TEXTO E PIQUENO EU TOL FAZEDO TRA BALHO SO BRE ELI

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    16-09-2012 às 21:06:44

    Ainda que pululem, mesmo hoje, os livros sobre sonhos e manuais que ensinam a decifrar o significado dos mesmos, através de elementos simbólicos presentes em cada um ou recorrentes em vários, e apesar de Sigmund Freud ter elaborado toda uma teoria sobre a interpretação dos sonhos, a verdade é que as neurociências indicam que o sonho é totalmente casuístico. Ainda que seja divertido registar um sonho interessante ao acordar, tudo indica que estes nada signifiquem.

    ¬ Responder

Comentários - Sonhos - O que nos dizem

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios