Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Receitas > Baclawa, doce árabe de massa folhada e nozes.

Baclawa, doce árabe de massa folhada e nozes.

Categoria: Receitas
Visitas: 2
Baclawa, doce árabe de massa folhada e nozes.

Baclawa

A Baclawa é um doce que tem origem no Oriente Médio. Alguns atribuem aos turcos, mas não existe uma definição certa sobre seu aparecimento.
Alguns chamam de BACLAVA, os árabes de BACLAUA. Pode ser encontrada em versões diferentes dependendo do país ou região onde é feita. É muito comum em países que tiveram domínio turco-otomano.
Doce feito com massa folhada, a massa filo, com recheio de nozes, açúcar e canela, e regada, depois de assada, com um xarope de açúcar ou com mel.
Vamos à receita:

Ingredientes
450 g de massa filo. Você pode comprar a massa já pronta, ou preparar a sua própria massa folhada.
250 g de manteiga.
450 g de nozes picadas.
1 colher de chá de canela em pó.
250 ml de água.
200 g de açúcar.
120 ml de mel.
1 colher de chá de baunilha.

Modo de preparo
Abra a massa folhada em uma superfície lisa e corte no tamanho da forma que você vai usar.
Enquanto você prepara sua receita, cubra a massa folhada com um pano úmido para não ressecar.

Misture as nozes com a canela e o açúcar e reserve.
Unte a forma por completo com manteiga derretida.
Arrume duas camadas de massa folhada na assadeira, e pincele a de cima com manteiga.
Repita essa etapa de duas em duas até atingir oito camadas, sempre pincelando com manteiga.

Espalhe a mistura de nozes, canela e açúcar sobre a massa.
Cubra com duas folhas de massa pincele e repita até atingir oito camadas.
Corte a massa folhada em losangos ou em quadrados, usando uma faca afiada.
Você deve cortar até a camada final da assadeira.
Pré aqueça o forno a 180 °C.
Deixe assar por aproximadamente 50 minutos, ou até que esteja crocante e corada.

Preparando a calda
Coloque a água para ferver junto com o açúcar.
Dissolva bem o açúcar e acrescente o mel e a baunilha.
Deixe a calda cozinhar em fogo baixo de 15 a 20 minutos.
Retire do fogo e deixe esfriar.
Retire a Baclawa do forno e, ainda bem quente, regue-a com a calda.
Deixe esfriar e sirva.
Para guardar use uma vasilha sem tampa, para não ficar mole.
Esse é um dos doces árabes mais apreciados.
Tenho certeza que você vai gostar.


Pedro Ganem

Título: Baclawa, doce árabe de massa folhada e nozes.

Autor: Pedro Ganem (todos os textos)

Visitas: 2

1 

Comentários - Baclawa, doce árabe de massa folhada e nozes.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios