Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Receitas > Pão temperado com cebola

Pão temperado com cebola

Categoria: Receitas
Comentários: 5
Pão temperado com cebola

Um pão delicioso que você vai adorar!!! Confira os ingredientes e o modo de preparo!

Ingredientes:
- 1 kg de farinha de trigo
- 25g de fermento
- ½ xícara óleo de girassol
- 1/4 xícara de leite
- Sal e pimenta
- 6 cebolas
- 3 folhas de louro

Modo de preparo:

1 - Primeiro corte a cebola em formato de caneta. Depois, pegue uma panela com óleo e coloque-a no fogo juntamente com as folhas de louro;

2 – Quando estiver dourando, com aquela textura cremosa. Caso você perceba que a cebola está escurecendo, então provavelmente está secando um pouco. Nesse caso, coloque mais um pouco de óleo. Também você pode colocar um pouco de vinho branco sempre com fogo muito baixo;

3 - Reserve a cebola e deixe esfriar enquanto você faz a massa do pão;

4 - Numa tigela adicione uma colher de sopa de açúcar, um pouco de leite e água morna, uma colher de sopa de farinha e fermento, misture bem e reserve. A levedura é uma bactéria que está presente na farinha e que produz dióxido de carbono, tornando esta preparação uma maneira de ativar a levedura e gerar uma espuma;

5 - Numa grande bancada limpa espalhe a farinha no centro em tipo de formato de um vulcão e coloque 1/2 xícara de azeite de oliva, sal e pimenta e fermento. Acenda o forno para que ele fique quente e, em seguida, enquanto vai esquentando, ajude a criar uma massa, amassando a mistura;

6 - Incorpore todos os ingredientes do centro do vulcão. A massa é pegajosa no início, mas, enquanto o ponto certo é atingido por amassá-la, ela ficará solta e suave. Para esticar a massa, dobre-a sobre si mesma (várias vezes) e bata contra a mesa. O processo de amassar bem rápido dura mais ou menos uns 30min;

7 - O resultado é um coque suave com um pouco de farinha por cima e coberta com um pano limpo e seco. Deixe-o apoiado e espere triplicar de tamanho;

8 – Estenda a massa sobre o balcão em forma de disco para fazer tipo como uma pizza e cubra com cebola no centro que já está fria. Forme um tubo com a cebola dentro, depois, pinte todo o pão com óleo e coloque um pouco de sal e pimenta grossa à seu gosto e preferência.


Rua Direita

Título: Pão temperado com cebola

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

601 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHugo

    10-05-2014 às 00:46:07

    Que apetite ...olha qual o vídeo que você sugere para ver como se faz?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    10-05-2014 às 01:26:49

    Olá, Hugo. Foi inserido o vídeo no texto.
    Bom apetite!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHugo

    11-05-2014 às 00:12:17

    Que máximo, em menos de uma semana deram resposta e solução. O vídeo ajudou, completou o texto. Parabéns bom trabalho sophia!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHugo

    11-05-2014 às 15:21:25

    Enganei me ...não foi em menos de uma semana que deram a resposta... Foi em menos de 1 hora.
    Parabéns , bom trabalho.

  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 13:05:41

    A Rua Direita agradece, Hugo. Procuramos atender aos nossos leitores de forma rápida e com informações precisas! Volte sempre!
    Cumprimentos,
    Sophia

Comentários - Pão temperado com cebola

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios