Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Receitas > Yakisoba – A comida chinesa deliciosa

Yakisoba – A comida chinesa deliciosa

Categoria: Receitas
Visitas: 4
Comentários: 4
Yakisoba – A comida chinesa deliciosa

Todos conhecem o prato típico de Yakisoba, não é mesmo? Ele já é bastante popular em muitas regiões do mundo, e no Brasil é um verdadeiro sucesso! A sua origem vem de uma culinária chinesa, porém, os japoneses foram os que introduziram com afinco para outros países, que o popularizou completamente. Ele é delicioso! O yakisoba de uma forma bem simples significa macarrão frito.

Para os chineses, o yakisoba contém mais gordura e para os japoneses, o prato deve ser mais leve e feito com macarrão talharim, legumes como cenoura, cebola, couve-flor, brócolis e carnes que podem ser frango xadrez ou carne vermelha!

Esta receita é bem simples e super deliciosa. Feita pelo chef Taico e ainda oferece um vídeo com os passos de como prepará-lo. Então, aproveitem e façam em casa para sua família, amigos, namorado, parentes.

Ingredientes:

- 500 gr. de massa para yakissoba.
- 200 gr. de pernil de porco em tiras.
- 200 gr. de peito de frango em tiras.
- 01 cenoura cortada finamente em diagonal.
- 02 cebolas cortadas em oito.
- 01 colher de sopa de gengibre fatiado.
- 01 pimenta dedo de moça picada.
- 01 xícara de floretes de brócolis.
- 08 ervilhas tortas cortadas diagonalmente.
- 15 cogumelos shiitake fatiados.
- 02 dentes de alho fatiados.
- 100 ml de shoyu.
- 01 colher de chá de glutamato.
- 100 ml de saquê.
- 01 colher de chá de óleo de gergelim.
- 50 ml de óleo de canola.
- 01 colher de sopa de amido de milho.
- 01 maço de cebolinha verde fatiado bem largo.
- Sal a gosto.

Modo de Preparo:

* Cozinhe a massa em água abundante e acrescente um pouco sal. Retire, passe pela água fria e reserve;

* Em uma frigideira wok, coloque o óleo e frite a pimenta com o alho e o gengibre;

* Retire e reserve;

* Tempere a carne com sal e metade do amido, misture bem e frite na mesma gordura até amaciar. Retire e reserve;

* Na mesma gordura, coloque a cebola e mexa bem. Em seguida, para os demais ingredientes, retorne com o gengibre e a carne, depois mexam-os rapidamente;

* Adicione o óleo de gergelim, o glutamato e o saque, então, mexa bem. Coloque o shoyu e o restante do amido dissolvido em 50ml de água;

* Aguarde ferver e sirva sobre a massa.



Rua Direita

Título: Yakisoba – A comida chinesa deliciosa

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 4

601 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    08-05-2014 às 06:01:13

    Aaaaiiii, que vontade de comer um yakisoba agora..srrs..Essa receita é excelente, amei!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãohugo

    07-05-2014 às 23:24:17

    minha mulher sempre gostou de comida chinesa, e eu odeio. passado uma hora fico com fome, e tem algas...urrrggg

    olha, mas gostei de ter o vídeo a acompanhar a receita , muito diferente de outros sites que costumo visitar.
    e receitas de bolos e sobremesas não há?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    07-05-2014 às 23:53:22

    A Rua Direita agradece, Hugo. Sim, haverá em breve muitas receitas deliciosas, inclusive, doces! Teremos muitas variações de receitas...
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHugo

    11-05-2014 às 00:14:29

    Obrigado sophia, começo a gostar de Você, venho cá todos os dias, ler, aprender, educar, e ver vídeos. Este site está muito legal!!

    ¬ Responder

Comentários - Yakisoba – A comida chinesa deliciosa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios