Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Receitas > Panquecas de caramelo em estilo argentino

Panquecas de caramelo em estilo argentino

Categoria: Receitas
Comentários: 2
Panquecas de caramelo em estilo argentino

As panquecas também são conhecidas como crepes. Um item rico e versátil na cozinha, pois elas podem ser usadas com vários recheios doces ou salgados criando sobremesas ou pratos de todos os tipos, quentes ou frias. Nesta oportunidade temos para ensinar a forma clássica da panqueca argentina de muito estilo.

A panqueca pode ser saboreada em cafés da manhã, lanches da tarde ou simplesmente, naquelas horas que bate a fome à noite. O melhor é que ela é uma receita bem nutritiva e super leve. Você não vai ficar com aquela consciência pesada depois de comê-la, não é mesmo? Você pode fazer uma panqueca fina ou grossa, como você desejar!

Ingredientes:

- 4 ovos
- 300 grs. farinha de trigo
- 1 xícara de leite
- 1 xícara de água com gás
- 50 gramas de manteiga
- Caramelo ou doce de leite

Modo para preparar:

1 - Numa tigela grande coloque os ovos com o leite e bata até ficar numa textura pasta lisa, depois, lentamente como chuva, incorpore a farinha, misturando-a. É importante não empelotar e nem criar aqueles bolinhos;

2 – Se você precisar de mais umidade, então, adicione a soda ou a água com gás, isso vai fazer a massa ficar mais suave, leve e macia;

3 - Quando terminar de integrar todos os ingredientes você terá uma massa com consistência elástica e bastante líquida. Se você perceber que ficou demasiadamente espessa, então, adicione mais líquido. A seguir, deixe a massa descansar um pouco até o preparo das panquecas;

4 - Numa panela coloque um pedaço de manteiga e coloque-o sobre o fogo até que ele comece a derreter. Com uma concha coloque uma porção da mistura e distribua-a em todo o espaço da panela;

5 - Deixe alguns minutos e com a ajuda de uma espátula vire a panqueca para o outro lado, ela precisa cozinhar em ambos os lados.

6 – Ao dourar a panqueca, tire-a da panela. É importante não deixar queimar. Coloque-a sobre um prato e continue com o resto formando uma torre ou empilhando uns sobre os outros;

7 - Para preparar em estilo argentino, pegue uma panqueca e espalhe o caramelo, ou o doce de leite enrolando sobre si mesma. Você pode, opcionalmente, polvilhar com açúcar de confeiteiro, pois o resultado é simplesmente delicioso;

8 – Prontinho! Sua panqueca está perfeita para saborear!


Rua Direita

Título: Panquecas de caramelo em estilo argentino

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

602 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRui

    11-05-2014 às 00:06:21

    Fiz hoje panquecas mas saíram uma desgraça, mal muito mal. Não sei onde errei !?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 13:18:31

    Acontece mesmo! Foi inserido um vídeo de fácil explicação, acredito que poderá lhe ajudar a acertar da próxima vez!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Panquecas de caramelo em estilo argentino

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios