Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Vencer a timidez, ganhar confiança!

Vencer a timidez, ganhar confiança!

Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 3
Vencer a timidez, ganhar confiança!

Será que o simples pensamento de falar na frente das pessoas faz sentir-se nervoso e incapaz? Se assim for, precisa ler este artigo urgentemente. Muitas pessoas no mundo sofrem desde uma timidez leve a uma timidez extrema e estão a esforçar-se para superá-la. Deve antes do mais saber que sair dessa 'concha' não vai acontecer magicamente da noite para o dia. É preciso tempo, esforço e, claro, o desejo de mudar. Você está no caminho certo, desde que se sinta motivado a ultrapassar essa tendência tímida.

Pense sobre a origem da sua timidez. Timidez não significa necessariamente ser introvertido ou não gostar de si mesmo. Significa simplesmente que por algum motivo você se sente envergonhado quando os holofotes estão sobre si. Qual é a raiz da sua timidez? Em geral, é o sintoma de um problema maior. Seguem-se três possibilidades:

Você tem uma autoestima fraca. Isso acontece quando nos avaliamos a nós mesmos e que a voz dentro da nossa cabeça é negativa. É difícil parar de ouvi-la mas, no final do dia, faça com que seja a sua própria voz a impor-se sobre esse negativismo. Diga o que quiser.

Você está preocupado com a forma como você age. Isso acontece quando nos concentramos demais em nós mesmos. Porque passar o dia todo a pensar nas nossas ações e ter a certeza que nós não atrapalhamos, é um peso demasiado pesado e torna-se estressante. Relaxe.

Você está rotulado como tímido pelos outros. Às vezes, quando somos ou nos sentimos pequenos, a timidez ganha terreno. Infelizmente, as pessoas que nos veem dessa forma irão tratar-nos sempre assim, mesmo que estejamos já a trabalhar a força da nossa personalidade. Seja qual for o motivo, é superável. Eles dependem todos do seu modo de pensar e pensar é a única coisa que você tem sobre o seu controlo.

Aceite a sua timidez sem problemas. Um dos primeiros passos para superar a sua timidez é tentar aceitá-la e se sentir confortável com isso. Quanto mais você resistir consciente ou inconscientemente, mais tempo vai prevalecer nesse estado. Se você é tímido, então aceite-se e abrace a sua timidez totalmente. Diga: ‘Sim, eu sou tímido e eu aceito".

Agora, descubra o que o faz sentir assim. Torna-se tímido na frente de novos públicos? Ao aprender uma nova habilidade? Quando se aventura numa nova situação? Quando cercado por pessoas que você conhece e admira? Quando você não conhece alguém em algum lugar? Tente identificar os pensamentos que passam pela sua cabeça quando realçam a sua timidez e contrarie-a.
Nem todas as situações o deixam tímido. Se se sente bem e à-vontade no seio familiar, se conversa com todos e todos o ouvem, então esta é a sua primeira arma para combater a timidez noutros ambientes e situações. Pense nesses momentos quando aborda outros públicos. Imagine neles a sua família e aja com naturalidade. Seja você mesmo.

Faça uma lista de situações que o fazem sentir-se ansioso. Ordene-os de forma crescente começando pelo que lhe provoca menos ansiedade e terminando nos que lhe provocam mais. Quando colocar estes termos de forma desinibida e objetiva, estará a dar um grande passo par lidar com eles e ultrapassá-los com sucesso.

Conquiste essa lista. Uma vez que escreveu uma lista de 10-15 situações estressantes, comece a trabalhar com elas, um por um. As primeiras situações "mais fáceis" vão ajudar a construir a sua confiança para que você possa continuar e resolver situações mais difíceis.

Não se preocupe se você tem que recuar na lista. Leve-a ao seu próprio ritmo, mas faça um esforço para avançar!

Não se compare com os outros. Quanto mais se comparar aos outros, mais vai sentir que não é capaz de se valorizar, vai sentir-se mais intimidado, o que irá torná-lo mais tímido. Não adianta comparar-se a qualquer outra pessoa - mas se você fizer, faça-o de forma realista. Toda a gente tem os seus próprios problemas e muitas vezes a autoestima é o maior, só que muitas vezes não o demonstram.

Se tem alguns amigos ou membros da família que lhe parecem superconfiantes e extrovertidos, pergunte-lhes como fazem para ser assim. Eles provavelmente vão dizer-lhe que passaram por uma fase idêntica à sua, mas trabalharam nisso e ultrapassaram o problema da timidez.

Todos temos algum dom especial ou característica para oferecer ao mundo. Pode parecer uma frase feita, mas é verdade. Pense sobre o que você sabe, o que você pode e consegue fazer e o que tem feito, em vez de fixar-se no seu aspeto, na sua voz, no seu humor. Tenha em mente que todos, até mesmo as "pessoas bonitas", têm alguma coisa sobre si mesmo ou sobre a sua vida que não gostam. Não há nenhuma razão específica para que o seu "problema" o torne tímido. Lide com ele e fortaleça o seu interior.

Quando se concentrar no presente irá perceber que tem muito para oferecer a qualquer grupo ou situação. Os seus recursos e habilidades são necessários para melhorar qualquer problema, conversa, ou circunstância. Sabendo disso, vai sentir-se mais confiante e disposto a intervir. Estabeleça objetivos e não hesite. Vá em frente e consiga-os!

Desafie-se e fale com os outros. Somos seres sociais e todos temos que interagir. Conheça novas pessoas sempre que lhe for possível e converse com elas. Ouça-as e fale também sobre si e vença de vez a timidez.


Rua Direita

Título: Vencer a timidez, ganhar confiança!

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

602 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    28-07-2014 às 19:51:48

    A confiança é importante para tudo na nossa vida. Quanto mais cedo a exercemos, mais oportunidades aparecerão na nossa frente. É uma questão de decisão, hábito e novas formas de mudar. Vença a timidez, ela só nos atrapalha.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    16-04-2014 às 19:11:50

    Fantástico texto!!!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãorui

    14-03-2014 às 19:21:37

    muito bom texto

    ¬ Responder

Comentários - Vencer a timidez, ganhar confiança!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios