Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Lavagem de dinheiro

Lavagem de dinheiro

Categoria: Outros
Comentários: 4
Lavagem de dinheiro

É triste para eu falar sobre corrupção, mas nós precisamos saber como isso funciona. Para a minha criação, ou seja, educação isso tem outro nome roubo. Minha criação, ou seja, educação deve ser como de muitas outras pessoas, que o nome é tudo, sendo pobre ou rico, não importa a classe, o que importa é o caráter, a vergonha. Dizia a minha saudosa mãe: seja pobre, mas, tenha um nome a zelar, seja pobre, mas, ande de cabeça erguida. Mas o roubo, ou melhor, lavagem de dinheiro, funciona sempre com pessoas importantes como aconteceu em outubro de 2005, com o deputado americano Tom Delay foi acusado de lavagem de dinheiro, o que obrigou a renunciar o cargo de presidente da câmara. Lavagem de dinheiro é uma acusação séria.

Em dois mil e um, promotores americanos conseguiram 900 condenações, com sentenças, em média, de seis anos de prisão. Já no Brasil, somente em dois mil e cinco, a polícia federal abriu inquéritos policiais contra suspeitos de lavagem de dinheiro. O crescimento dos mercados financeiros mundiais torna a lavagem de dinheiro mais fácil do que nunca, países com leis de sigilo bancário são diretamente ligados a países cujas leis obrigam a declaração, tornando possível depositar dinheiro sujo anonimamente em um país, e então transferi-lo para ser usado em outro país.

A lavagem de dinheiro acontece praticamente em todos os países do mundo, é um esquema simples geralmente envolve transferir dinheiro entre vários países para esconder sua origem. A lavagem de dinheiro, é simples, é pegar o dinheiro que sai da “origem A” parecer que vem da “Origem B”. Na pratica, criminosos estão tentando camuflar a origem do dinheiro que vem de atividades ilegais, para parecer que veio de fontes legais. Do contrário, não podem usar o dinheiro porque ele seria vinculado a atividades criminais e a polícia iria bloqueá-lo. Os criminosos que mais fazem lavagem de dinheiro são os traficantes de drogas, estelionatários, políticos corruptos, funcionários públicos, membro de quadrilhas, terroristas e golpistas. Os traficantes precisam de bons sistemas de lavagem, porque lidam quase sempre com dinheiro vivo. O dinheiro vivo não só chama atenção da polícia, como também é passado.

O processo básico de lavagem de dinheiro tem três etapas:

1- Colocação- o criminoso coloca o dinheiro sujo em uma instituição financeiro legítima, na forma de depósito bancário. Essa é a mais arriscada do processo da lavagem, porque muito dinheiro chama a atenção, e os bancos são obrigados a declarar transações de alto valor. Assim muitos fazem pequenos depósitos para não levantar suspeita.

2- Ocultação: é o envio do dinheiro através de várias transações para mudar 0 formato e dificultar o rastreamento. A ocultação pode ser feita com de varias transferências de um banco para outros, com transferências eletrônicas entre outras contas de pessoas diferentes em diversos países, realização de depósitos e saques a fim de alertar os saldos das contas, mudança de moeda e compra de artigos caros como: casas, carros, barcos, diamantes e etc. tudo isso para mudar a forma do dinheiro. Essa é a forma mais complexa do esquema da lavagem, e tudo isso é para dificultar ao Maximo o rastreamento da origem do dinheiro sujo.

3-A Integração: Saiba que nesta fase o dinheiro é reincorporado ao sistema econômico de uma forma legitima, para parecer uma transação legal. “Isso pode ser feito através de uma transferência bancária para a conta, e de uma empresa loca na qual o criminoso ‘investe” em troca de participação nos lucros, como a venda de um iate comprado durante a fase de ocultação, ou na compra de uma chave de fenda no valor US$ 5 milhões de uma empresa na qual o criminoso seja o proprietário. Depois de tudo isso o criminoso pode usar o dinheiro sem ser pego em flagrante. Saiba que é muito difícil pegar o criminoso nesta fase de interação, se não houver documentação durante as fases anteriores.

A lavagem do dinheiro é um passo crucial no sucesso destas atividades terroristas e de trafico de drogas, para não falar em crimes de colarinho branco, há varias organizações tentando lhe dar com o problema. Já nos Estados Unidos, o departamento de justiça, e o departamento do estado e o FBI, a receita federal e agencia do combate as drogas “DEA” têm divisões de investigação da lavagem de dinheiro, e das estruturas financeiras que sustentam esta pratica. No Brasil, o ministério da justiça condena o departamento de recuperação de ativos e cooperação jurídica e internacional que reúne cerca de 50 órgãos federais, estaduais e municipais para alinhavar uma política comum de combate ao trafico. O Brasil tem acordos bilaterais como vários países entre ele, Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Paraguai, Colômbia, França, Itália, peru, Coréia do Sul e Portugal. Como os sistemas financeiros globais que têm um papel muito importante na maioria dos altos esquemas desta lavagem, a comunidade internacional está combatendo a lavagem do dinheiro e varias maneiras, como a força-tarefa de ação financeira, para que a lavagem de dinheiro “FATF”, que em 2005 tinha 33 membros incluindo estados e organizações. As Nações Unidas, e o banco mundial, o fundo monetário internacional também tem divisões contra a lavagem do dinheiro.

Os com o método da lavagem de dinheiro em 1996, o economista Franklin Jurado, formado em Harvard foi preso por limpar 36 milhões de US$ cerca de R$ 86 milhões com o traficante colombiano José Santacruz. Pessoas com quantia muito grande de dinheiro sujo contrataram profissionais para cuidar do processo da lavagem. É um processo complexo por necessidade, a idéia era tornar impossível para as autoridades o rastreamento desse dinheiro sujo durante sua limpeza. Existem muitas técnicas para lavagem de dinheiro que as autoridades conhecem e muitas outras que são desconhecidas.

Umas das técnicas é o mercado negro de cambio colombiano este sistema, que a DEA é chama de o maior mecanismo de lavagem e drogas do hemisfério oeste. Este surgiu nos anos 90. Um oficial colombiano que se reuniu com o departamento do tesouro americano para discutir o problema dos produtos americanos que estavam sendo importados ilegalmente para a Colômbia usando o mercado negro. Quando pensaram sobre a questão, considerando o problema de lavagem de dinheiro e de drogas, os oficiais americanos e colombianos analisaram bem os fatos e descobriram que o mesmo mecanismo servia para os dois propósitos. Este complexo arranjo conta com o fato que há empresários na Colômbia que são importadores de produtos internacionais, que precisão de dólares para conduzir seus negócios. E para burla os impostos do governo americano e para a conversão de peso para dólares e tarefas de importação, estes empresários podem recorrer aos corretores de peso do mercado negro, que cobram uma pequena taxa para conduzir a transação sem a intervenção do governo.

Este é o lado da importação ilegal do esquema. Sempre a lavagem do dinheiro acontece assim, um traficante de drogas entrega dólares sujos para um corretor de pesos na Colômbia. O corretor então usa os dólares de droga para comprar produtos dos EUA para importadores colombianos. Mas quando os importadores recebem o produto sem passar pelo radar do governo, eles vendem em peso na Colômbia, pagam o corretor usando seus rendimentos. O corretor então devolve ao traficante o equivalente ao original em pesos (descontadas a comissão) dos dólares sujos. Já os depósitos estruturados também são conhecidos como smurfing, esse método então consiste na quebra de grandes quantias de dinheiro esse quantia é muito maior e menos suspeita. Nos EUA, esta quantia menor tende ser no Maximo 10 mil US$ aparte do qual os bancos americanos devem declarar a transação ao governo. No Brasil o valor é de R$ 5 mil por deposito. O dinheiro é então depositado em uma ou mais contas bancarias por varias pessoas (smurfs) ou para uma única pessoa durante um determinado período.

Bancos internacionais, pessoas que lavam dinheiro geralmente enviam valores através de varias contas offshore em países protegidos por lei de sigilo bancário, o que significa que não se importa qual o propósito, sempre eles permitem movimentação bancarias anônimas. Um esquema complexo é que pode envolver centenas de transferências bancarias de que é para bancos estrangeiros. De acordo com FMI os paraísos fiscais incluem a Bahamas, Bahrain, Ilhas Cayman, Hong Kong, Antilhas, panamá e Singapura. Sistema bancário alternativo é o que alguns países da Ásia usam estes sistemas legais e bem estabelecidos e que permitem depósitos, saques, transferências sem documentação.

São sistemas baseado na confiança, que e geralmente com raízes na antiguidade, ou seja, como os nossos pais faziam que a palavra empenhada eram importante. O que não deixa rastros em papel e operam fora do controle do governo. È o caso do sistema hawala no Paquistão e na índia, e do FIE shen na China. Empresas de fachada são empresas falsas que existem somente para lavar dinheiro. Elas recebem dinheiro sujo como pagamento por supostos bem e serviços que nunca existiram na pratica, simplesmente eles criam a aparência de transações legitimas através de notas fiscais e balanços falsos. Isto é muito comum no Brasil para casos de financiamento públicos, como milhões de reais desviados da superintendência da Amazônia (SUDAM) descobertas entre 2000 e 2002.

Já o investimento em empresas legitima, os criminosos colocam dinheiro sujo em empresas legitimas para limpa-lo. Eles também podem usar empresas grandes, como: corretoras de valores ou cassinos que manipulam tanto dinheiro que fazem o dinheiro sujo se perder no meio deles ou usam negócios menores, que usem bastante dinheiro vivo, como bares, e lava - rápidos, e casas noturnas ou lojas. Estas empresas são “empresa de frente” que oferecem bens e serviços de verdade, mas o seu real propósito é limpar o dinheiro dos criminosos.

Este método funciona de dois modos: o criminoso consegue mesclar seu dinheiro sujo com receitas limpas da empresa, neste caso, a empresa declara receitas maiores do que a real licita; ou o lavador pode simplesmente esconder o dinheiro sujo nas contas legítimas da empresa na esperança de que as autoridades não vão comparar os estratos bancários com os relatórios financeiros da empresa.

Na compra de bilhetes sorteados o Brasil usa muito este tipo de lavagem de dinheiro diferente, que é compra de bilhetes sorteados da loteria. Com a ajuda de funcionários da caixa econômica federal ou banco responsável pelo pagamento do prêmio, os golpistas conseguem limpar o dinheiro dizendo que ganharam na loteria. Neste caso o funcionário paga o valor do bilhete para o verdadeiro ganhador, mas na ora de registrar, registra o nome do criminoso. Este é o maior dos esquemas de lavagem de dinheiro que envolve a combinação destes métodos, apesar do mercado negro de cambio colombiano ser um sistema de balcão único, quando alguém contrabandeia o dinheiro até o corretor.



Waldiney Melo

Título: Lavagem de dinheiro

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

777 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    27-07-2014 às 21:52:43

    Nossaaaa, é preciso conhecer muito bem esse esquema para que a lavagem de dinheiro seja bem eficaz. O pior é que deveria haver fiscalização e não há. Isso acontece em todos os lugares do mundo, principalmente, quem não precisa fazer isso. Isso se chama "ganância por dinheiro"!

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    16-09-2012 às 23:01:23

    A corrupção existe em todos os países do mundo e lamentavelmente nem sempre (aliás, na maior parte do tempo) é punido da forma como deve. Punir os culpados é solução para muitas crises económicas espalhadas pelo mundo.

    ¬ Responder
  • perigpperigp

    05-04-2012 às 16:31:02

    tenho varias empresas e consei de ser honesto.
    gostaria de lavar dinheiro

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAna Paula Cavalcante

    29-06-2009 às 20:26:54

    isso é que é roubo, não? é um grande plano, mas precisamos saber como esse povo rouba.

    ¬ Responder

Comentários - Lavagem de dinheiro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios