Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Como melhorar as minhas finanças pessoais

Como melhorar as minhas finanças pessoais

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Como melhorar as minhas finanças pessoais

Muitos de nós passamos a vida a queixar-nos do estado da nossa carteira e finanças pessoais, culpamos o estado do país, da economia mundial, os políticos e até mesmo nós mesmos por sermos uns aselhas que não sabem fazer contas à vida. Bem realmente existe um culpado, você! Então como posso alterar a minha situação financeira!? Bem aqui fica um segredo: Mude a sua maneira de fazer contas à vida.

Há que começar pelo mais básico e mais fácil de alterar, a sua cabeça. A razão do seu problema é a forma como faz as suas contas mensais. Não importa se ganha o ordenado mínimo nacional, ou menos (caso ganhe muito menos se calhar deveria arranjar outro trabalho ou um part-time), não obstante se ganha o ordenado mínimo, menos ou mais, este seguinte plano, nunca irá funcionar se não formatar a sua mente, para que aceite uma nova realidade e necessidade, a de poupar dinheiro todos os meses.

Tão ou mais importante do que uma alteração na forma de pensamento e de organização financeira, você deverá também adquirir um objetivo. Este objetivo permitirá que continue motivado ao longo dos primeiros meses, e ao atingi-lo irá sentir um sentimento de realização pessoal tão grande, que fará com que o estipular de um objectivo

Formulas de conquista financeira pessoal


1ª Formula





Estipule os seguintes parâmetros ou contas bancárias para três diferentes funções e efeitos, inclusive, irá ter de adotar novos termos de linguagem pessoal (PIB e CPS)

Conta 1 – Esta será a sua conta ordenado onde todos os meses irá ser depositado o seu ordenado

Conta 2 – Esta será a conta do P.I.B. (Pessoal, Investimentos e Beneficência), nesta conta o (P) será um valor variável que todos os meses irá corresponder a 5% do total do seu ordenado, O (I) terá também um valor equivalente de 5%, enquanto o (B) será igual a 1%. Estas percentagens poderão e irão variar de acordo com o seu vencimento.

Conta 3 - Esta será a conta em que irá ser depositado todos os meses o valor resultante do cálculo que irá ter de realizar todos os meses.

CPS - Irá estipular este segundo valor para si e na sua vida, tal como irá fazer com o PIB. O CPS (Casa, Pessoais, Saúde) terá de ser estipulado por si, podendo até mesmo mudar este nome para um que tenha mais sentido, face aos seus gastos fixos mensais.

O cálculo que irá ter de realizar todos os meses, com os seus objetivos futuros em mente, será o seguinte:
Conta 1 – PIB – CPS = Valor que vai para a Conta 3 todos os meses

2ª Formula


Para algumas pessoas a formula proposta anteriormente poderá não ser a mias adequada, visto que nem todos temos os meus trabalhos ou temos mais encargos que outras pessoas, assim esta segunda formula não é sequer uma fórmula por assim dizer, mas mais uma maneira de fazer os seus cálculos mensais para que consiga colocar algum dinheiro de lado todos os meses.




Analise corretamente as suas possibilidades financeiras face ao seu estado de vida atuais. Veja o que é realmente essencial e o que não é. Reduza tudo o que não é um bem essencial e verá que tem andado a gastar dinheiro em coisas que não eram necessárias.
Caso more em casa dos seus pais ou divide um apartamento com alguém aproveite esta fase para usar e pôr em prática a fórmula 1, pois se for a analisar, os seus gastos serão totalmente diferentes de uma família de três.

Pague sempre, sempre as suas contas fixas primeiro! Após isto, coloque uma percentagem de lado que irá corresponder a gastos esperados para o resto do mês e deste valor não irá ultrapassar, o restante irá então para a conta três, esta além de corresponder ao que consegue colocar de lado todos os meses será também a conta a que poderá recorrer no caso de uma eventualidade ou usar para um investimento futuro.

No caso de a sua vida exigir mais gastos que aqueles que consegue suportar mensalmente, deverá entrar falar com um conselheiro especializado nesta área e que o poderá treinar em como conseguirá dar uma volta à sua vida financeira ou falar abertamente com alguém que saiba que tem um dom natural para gestão de finanças e pedir umas dicas.


Bruno Jorge

Título: Como melhorar as minhas finanças pessoais

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

743 

Comentários - Como melhorar as minhas finanças pessoais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios