Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Como as galinhas põem ovos

Como as galinhas põem ovos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 473
Como as galinhas põem ovos

Desde sempre se ouviu a expressão a "galinha ou o ovo"?.

Acerca disso o que se pode dizer é, contudo, como as galinhas saem dos ovos. As galinhas põem apenas um ovo por dia, pois este é um processo regulado pela presença de luz solar.

Mas, a falta de luz solar no inverno leva a que menos ovos sejam postos durante esta altura do ano. O ser humano pode, porém, enganar as galinhas, bastando para isso colocar luz artificial, uma lâmpada na capoeira.

O processo de pôr ovos começa quando a luz que entra pelos olhos da galinha ativa uma gândula fotossensível, chamada a glândula pineal. Logo que esta glândula pineal seja estimulada, desencadeia um processo que conduz à libertação de um óvulo, ou ócito, do ovário da galinha.

Com efeito, um ovo pode ser posto quer tenha sido fertilizado por um macho ou não. mas apenas os ovos fertilizados podem evoluir para pintos.

Na verdade, o ovo sai para o exterior através do ânus da galinha. Embora também saiam por aí, urina e fezes, há uma válbula chamada cloaca que separa o oviduto do intestino.
Quando os pintos saiem da galinha precisam de repousar vários minutos após saírem do ovo para recuperarem as forças.

Cada galinha continuará a pôr cerca de um ovo por dia até perfazer uma dúzia de ovos., conhecida por uma ninhada. Porém, se os ovos forem recolhidos todos os dias, a galinha continuará a pôr ovos, numa tentativa de produzir uma ninhada de 12.

Depois de põr o ovo, a galinha deixa o ninho, levando o embrião a arrefecer e suspender o desenvolvimento.

Desde que a temperatura do ninho se mantenha quente o suficiente, um embrião pode permanecer uspenso até duas semanas, até a galinha ter conseguido pôr uma ninhada completa.
Logo que seja produzida a ninhada, a galinha deixa de pôr ovos e começa a chocar, sendo este um processo que envolve sentar-se sobre os ovos por três semanas até os embriões se desenvolverem.

Assim, os pintos nascem todos ao mesmo tempo, com intervalos de poucas horas.
O interior do ovo, essencial para os pintos nacerem contem um embrião que é fertilizado e demora vinte e um dias a desenvolver-se. A casca é composta por carbonato de cálcio e a gema contém no saco vitelino, todos os nutrientes de que o pinto precisa para crecer.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Como as galinhas põem ovos

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 473

788 

Comentários - Como as galinhas põem ovos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios