Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Imóveis Arrendamento > Quando vale a pena pagar aluguel?

Quando vale a pena pagar aluguel?

Visitas: 8
Comentários: 1
Quando vale a pena pagar aluguel?

Você sabia que existem momentos em que vale a pena optar pelo aluguel?

Atualmente, com tantos lançamentos de casas novas, muitas pessoas ficam na tentação de adquirir uma dívida que levará anos para ser quitada para realizar o sonho da casa própria. Mas, saiba que nem sempre recorrer ao financiamento é um bom negócio. Então, descubra quando vale a pena pagar aluguel.

Muitas pessoas enxergam a locação como vilã. Mas, em duas circunstâncias ela vale a pena: quando você possui dinheiro para comprar o imóvel e paga até 0,5% do valor dele na locação ou quando a estrutura familiar ainda não estiver definida. É válido lembrar que o condomínio não entra nessa conta, pois ele trata de uma despesa fixa.

Como citado anteriormente, o aluguel compensa ser pago com quando não passa de 0,5% do valor total do imóvel que você deseja comprar e tem dinheiro para fazer isso. Por exemplo: uma casa que vale R$100 mil e você já possui esse valor, continue pagando aluguel se ele não ultrapassar R$500. Depois, basta depositar o dinheiro da casa em uma poupança ou em oura aplicação que possua uma rentabilidade mensal equivalente ou maior que 0,5%. Dessa forma você será capaz de quitar o valor do aluguel somente com os juros.

Se você ainda não tem uma vida definida, o aluguel também pode ser uma boa opção. Por exemplo: se você sonha em casar e ter filhos, adquirir um apartamento agora pode ser arriscado, pois ele poderá ficar pequeno. Ou se os seu projeto é mudar de emprego, e cidade ou estado, também será recomendável investir em uma compra. Portanto, nessas situações, vale a pena ficar no aluguel, poupar dinheiro e somente investir na compra de uma imóvel quando você tiver uma vida mais estável.

Se a sua situação de vida não de enquadra nos exemplos anteriores, então não vale a pena optar pelo aluguel. Pessoas que não tem uma renda muito alta podem recorrer aos programas do governo que atendam famílias com rendas entre R$ 1.600 e R$ 5 mil para adquirir a casa própria. Uma dica é gastar no máximo 20% no aluguel e guardar 10% em uma aplicação. Por exemplo: Famílias com renda de R$3 mil, o certo é pagar no máximo R$600 na locação e poupar R$300, pois o valor poupado poderá ser posteriormente o preço de entrada na casa própria.


Rua Direita

Título: Quando vale a pena pagar aluguel?

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 8

702 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-05-2014 às 21:33:14

    Pensando dessa forma como você colocou e se a pessoa se enquadrar nessas situações, o aluguel vale muito a pena. O que não compensa é pagar juros exorbitantes no financiamento da casa própria. A Rua Direita sugere ainda investir num consórcio de imóvel, pois não paga juros e ainda pode pagar de acordo com a renda.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Quando vale a pena pagar aluguel?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Eventos
Como Organizar Qualquer Tipo De Evento\"Rua
Com todas as mudanças no mundo precisamos de pessoas capacitadas e qualificadas para se organizar um evento de porte. Não mais uma pessoa que faz tudo, que quebra-galho, mas um profissional estudioso no ramo para levar um evento de grande estima que atinja seu público de forma satisfatória e abrangente.

Para estar na frente exige-se muito trabalho, esforço e dedicação extrema para que se obtenha grande sucesso não somente para quem recebe como também para a própria instituição em que se realiza o evento. Isso tem causado uma procura por esses profissionais e até tem sido reconhecido como uma profissão que será valorizada muito nesses próximos anos.

Como Organizar?

Para estar na frente de um evento é necessário muita dedicação e amor. Muitas horas planejando e com uma grande antecedência. Pois, qualquer problema que ocorra no dia, será de responsabilidade de quem está organizando.

Então, todos os cuidados devem ser levados em consideração, devemos ter ações prevenidas e tudo deve ser listado, feito e dado uma atenção especial. Diante dos que se pretende fazer em um evento seja ele cultural, religioso, comercial, precisa de alguns parâmetros para serem seguidos cuja finalização tenha muito sucesso.

Eis quais são as etapas para você compreender melhor:
1. Objetivos: você deve primeiramente traçar um objetivo daquilo que se pretende realizar. Deve ser dividido em duas partes: a geral e a específica;

2. Públicos: quem são os públicos que serão atingidos? É um grupo de mulheres, um grupo de homens? Que faixa de idade? Essas e outras perguntas devem ser feitas;

3. Estratégias: essas estratégias consistem simplesmente em como você vai atingir o seu público, o que mais irá atraí-los para que possam ir ao seu evento?

4. Recursos: os recursos tanto materiais, humanos, físicos, todos esses recursos devem ser bem estruturados e anotados;

5. Implantação: Que métodos serão usados para o evento desde o início até o término do evento? Refere-se a todos os procedimentos;

6. Acompanhamento e controle: estipular alguém que irá acompanhar todo o processo e controlar, como por exemplo, as despesas;

7. Avaliação: feita após o término do evento, ela é produzida em formato de relatório e entregue a quem organizou o evento;

8. Orçamento Previsto: este deve ser feito bem detalhado. Uma das mais importantes partes de todo o evento. Pode buscar patrocínio, parcerias com empresas para assim evitar os gastos, mas tudo deve ser anotado e controlado.

Pesquisar mais textos:

Luene Zarco

Título:Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Autor:Luene Zarco(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios