Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Será Que Realmente Somos Livres?

Será Que Realmente Somos Livres?

Categoria: Relacionamentos
Será Que Realmente Somos Livres?

Há muitos questionamentos do ser livre. Com o passar dos anos, alguns conceitos foram mudados de acordo com o desenvolvimento e evolução do homem. As coisas estão muito mais livres, no sentido de visualizar explicitamente, que tempos passados.

É como se o homem tivesse posse de sua liberdade sem se responsabilizar pelos seus atos.

Como diz, normalmente, alguns: “Tenho liberdade de fazer o que quero, independente se vai machucar alguém, ofender”. Com isso, isenta sua própria responsabilidade individual e sua ação na vida de outro ser. Até que ponto somos responsáveis pela nossa liberdade?

O filósofo Renato Janine Ribeiro faz um questionamento quanto a relação de liberdade e responsabilidade. Ele defende que a responsabilidade é que pressupõe a liberdade, não o contrário; temos que pressupor que somos responsáveis, para então ser livres. “Só quando sou capaz de responder pelos meus atos é que eu tenho a liberdade para fazer minhas escolhas”, afirma.

Se você já aprendeu a se responsabilizar por tudo que faz, ou seja, suas escolhas, decisões, caminhos a seguir, e a consciência de que essa liberdade irá influenciar positivamente ou negativamente a vida de alguém, então você pode se considerar uma pessoa livre.

Se tomarmos isso mais a fundo podemos afirmar que tudo que cometemos com a nossa vida e envolvemos alguém nisso, usando de nossa liberdade, devemos assumir total responsabilidade por quaisquer que forem as consequências. Sejam boas ou ruins!

Por exemplo, o sexo. Ele está sendo praticado pelo ser humano como um ato livre, porém, muitos não assumem a responsabilidade do que esse ato pode ocorrer na vida de outra pessoa como uma gravidez indesejada, uma doença sexualmente transmissível, dentre outros.

Assim, não podemos dizer que essa pessoa é livre, quando na verdade, ela nem sequer tem maturidade para assumir tal atitude e cai fora rapidinho. E com isso, há dores, feridas na alma, desilusões, aflições e muitos sofrimentos na vida da outra pessoa. Isso é usar de libertinagem e não liberdade.

Portanto, caro leitor, deixo aqui uma reflexão de como nós temos usado de nossa liberdade. Será que somos capazes de nos responsabilizar por tudo que fazemos? Será que podemos afirmar que realmente somos livres? Somos suficientemente maduros para fazer certas escolhas?

“Tudo é permitido, mas nem tudo convém. Tudo é permitido, mas nem tudo edifica”
- 1 Coríntios 10:23


Luene Zarco

Título: Será Que Realmente Somos Livres?

Autor: Luene Zarco (todos os textos)

Visitas: 0

377 

Comentários - Será Que Realmente Somos Livres?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios