Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Como manter a calma!

Como manter a calma!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 14
Comentários: 24
Como manter a calma!

Há situações na vida que nos fazem ficar em fúria e perder completamente a calma. Contudo é necessário ter paciência para refrear as referidas situações. Isto pode acontecer numa fila de trânsito, de um supermercado ou numa espera de uma consulta num consultório. Cada vez mais estamos sujeitos a um stress violento, cansaço e rotina o que faz com que os nervos fiquem á flor da pele. O que fazer para evitar um ataque de nervos? Se isto acontecer o melhor é tentar manter a calma, respirar fundo e beber um copo de água com açúcar.

Exercícios de respiração podem ser uma boa saída para impedir um ataque de nervos ou de fúria. Em vez dos conhecidos calmantes que só trazem dependência psicológica o melhor é praticar exercícios físicos regularmente a fim controlar o sistema nervoso. Mas se surgir uma situação verdadeiramente enervante no decorrer do dia - a - dia tem que agir-se com perícia a fim de evitar coisas desagradáveis.

O melhor é tentar a todo o custo manter o controlo para não agravar o problema, contar até dez e respirar fundo… esperar, e tentar encontrar a melhor frase ou atitude consoante o caso.

Agir rapidamente e impulsivamente só vai piorar, dado que os nervos e a precipitação diminuem o desempenho para um bom desfecho do problema. Assim para sermos bem sucedidos no trabalho ou em qualquer situação temos que aprender a controlar as palavras e os atos. Para isso é necessário preparar o corpo e a mente através de uma alimentação saudável e equilibrada, ginástica, natação, yoga, meditação ou simplesmente umas caminhadas diárias.

Qualquer uma destas práticas faz com que se mantenha a calma mais facilmente nas coisas que eventualmente surjam no nosso caminho diário. Por outro lado, deve ter-se em atenção os sintomas que o acumular do stress provoca tais como por exemplo dores de cabeça, irritabilidade, tensão muscular, cansaço extremo ou perturbações psíquicas. Se um ou vários sintomas perturbarem o bem-estar o melhor é procurar a ajuda de um especialista a fim de tratar os sintomas.

O melhor é fazer ainda um complemento com outras terapias que acalmam a mente e corpo. Mudar o pensamento de coisas que incomodam para outras diferentes é também um bom remédio assim como ouvir música calma, dançar e descontrair com bons pensamentos.

Serenar a mente, ficar em tranquilidade e ter o repouso suficiente são indispensáveis para manter a calma sempre e em todas as situações ruins da vida.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Como manter a calma!

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 14

805 

Imagem por: Vvillamon

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 24 )    recentes

  • Geovani christian

    09-08-2013 às 18:22:28

    Ser calmo ser simpatico ouvir musica classica

    ¬ Responder
  • Davi

    10-06-2013 às 11:46:33

    Com excessão do lado supersticioso desse têxto, muito bom, parabéns!

    ¬ Responder
  • paula

    06-04-2013 às 04:19:28

    adorei as dicas vou tentar usalas

    ¬ Responder
  • MARCELO

    03-04-2013 às 22:44:02

    TEM MOMENTO QUE FICO NERVOSO MUITO FACIL TEM PESSOA QUE ME DEIXA IRRITADO O QUE FACO

    ¬ Responder
  • debora karla

    05-03-2013 às 08:23:44

    bom dia!!!

    sou muito nervosa e quando me fazem raiva eu tenho vontade de bater em alguem de tanta raiva...desconto tudo no meu namorado...que p sinal é totalmente diferente de mim..ele é muito calmo e não de estressa p qualquer coisa não..ele é a unica coisa que m acalma ms aomesmo tempo me irrita p fzer a coisas que eu não gosto que fça..ms tudo bem isso é de familia..esse estresse todo...

    me deem um dica p ter mas calma no dia a dia!!!

    obrigada desse de já!!!

    ¬ Responder
  • Camila

    13-01-2013 às 09:39:45

    Realmente há dias em que perdemos a calma, ontem mesmo fiquei muito estressada durante uma reunião de trabalho em que um 'colega' levou um pequeno problema entre nós dois pra ser exposto, uma coisa que causou desconforto e que poderia ter me chamado de 'canto' pra resolver no dia do ocorrido, é conversando que a gente se entende, mas como diz que os quietinhos são os piores não é??. Ficou na dele e no momento crucial lançou seu dardo venenoso, após o relato dele, fui chamada de anti ética por meu chefe, pedi desculpas ao colega de trabalho pela situação que nem me recordava, pois foi sem querer e disse que qualquer problema me chame de canto pra resolver, deixando claro que não era necessária aquela exposição, sai dessa reunião muito abatida, cheguei em casa quase as 20h jantei meio que sem vontade só pra não ficar sem comer, mas ate a hora de dormir fiquei muito irritada, mas pela manhã depois de uma boa noite de sono, entendi que tudo é um aprendizado, pra entendermos que nem sempre podemos confiar e acreditar que todos terão bom senso, amanhã já irei trabalhar com outra postura, que isso sirva de lição pra mim e pras outras pessoas presentes naquela reunião.

    ¬ Responder
  • SajaRosiermamede

    06-02-2013 às 09:09:42

    Poça Camila gostei e admirei sua atitude. Grandiosa por sinal.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    11-09-2012 às 12:07:29

    há dias em que manter a calma é muito difícil. não sei se melhor é sair. o silêncio também é óptimo. para mim não há nada como deitar no sofá, ver um bom programa de televisão a comer chocolates. o stress pode ser causado por problemas pessoais ou o stress do trabalho. no meu caso, o stress do trabalho esgota-me energias. tenho que reservar uma tarde por semana para não fazer nada.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    07-09-2012 às 22:21:39

    Aprenda a fazer exercícios de respiração e relaxamento , principalmente à noite. Depois de um banho morno, deite-se na cama. Feche os olhos e respire fundo. Comece por rodar os dedos dos pés e tente relaxar como se sentisse o sangue a circular pelo seu corpo. Mantenha os olhos bem fechados e concentre-se em coisas positivas e leves. Depois de uma boa noite de sono, vai ver que se começa a sentir mais calmo.

    ¬ Responder
  • jaelsonjaelson

    18-06-2012 às 18:48:25

    é uma mensagem muito proveitosa... espero conseguir seguir... rsrsrs

    ¬ Responder
  • marcosmarcos

    03-06-2012 às 00:21:18

    eu so nervoso d quando eu fico nervoso sai de perto porque o Disparo e meu ultimo reculso

    ¬ Responder
  • Elcias Monteiro NascimentoDION

    17-05-2012 às 19:49:26

    tO TOMANDO O JACK3D AI EU FICO MUITO ATIVO ,E COMEÇO A PERDER A CALMA VLW PELAS DICAS

    ¬ Responder
  • janejane

    17-03-2012 às 02:34:03

    sou bastante ansiosa,mais confio em Deus,pos é só ele para nos da força essas,dicas são bastante importante a gente ve que não é só a gente q sofre de ansiedades muita fé em DEUS manter a calma!!sempre

    ¬ Responder
  • EliseElise

    06-03-2012 às 14:21:59

    Amei as dicas,me encontro hoje numa situação de stress elevado demais po conta do meu ambiente de serviço,estou procurando aliviar isso de qualquer jeito pois sei que a mais prejudicada na história vai ser eu com tanto stress,já vou sair de férias daqui uma semana e pretendo zerar tudo e começar diferente aproveitando muitas dicas dest matéria,como por exemplo começar a fazer caminhadas. Valeu mesmo,abraços ELISE.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãomariane

    06-01-2012 às 22:11:09

    @ildevania salucombo
    concordo com vc as dicas sao otimas

    ¬ Responder
  • silvana v.silvana v.

    10-11-2011 às 19:33:27

    Vivo perdendo a calma e isso me faz mal ja q os
    outros nao mudam eu tenho q mudar .

    ¬ Responder
  • amandaamanda

    04-11-2011 às 17:58:57

    sou muito nervossa por tudo eu quero descontar no meu namorado queria ser um pouco calma

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãogisele

    02-10-2011 às 00:55:19

    olá!!gostei muito das dicas!!vou procurar adotar todas elas!!!Uma dica que dou, que me faz bem em momentos de muito nervoso procure se calar e conversa com si mesmo e perceber como nos entendemos depois de uma calma continua volte ao problema com mais calma!!!

    ¬ Responder
  • EMERSON MARTINSEMERSON MARTINS

    12-09-2011 às 21:36:12

    Eu já sofri um avc hemorrágico ou roto há 10 anos, Fui clipado e sofri duas cirurgias uma de clipagem e outra descompressiva. Sofri o avc enquanto discutia ao telefone. Minha pressão nunca foi tao elevada, mas com o estresse do trabalho ela subiu tanto que rompeu uma artéria média.Nunca mais tive dor de cabeçe mas ultimamente nao consigo controlar meu impulso emocional . Continuo impaciente e tenho receio de sofrer outro avc ou mesmo um infarto . Como devo proceder para me autocontrolar emocionalmente ? Agradeço com muita humildade esta minha participação . Obrigado Emerson

    ¬ Responder
  • Flávia F.Flávia F.

    02-04-2011 às 23:36:50

    muito bom, me ajudou muito, Parabens! vlw!

    ¬ Responder
  • RICARDO DUTRARICARDO DUTRA

    01-04-2011 às 11:21:04

    Bom trabalho Teresa Gil!

    A vida nos oferece diversas surpresas, seja negativa ou positiva e devemos saber lidar com essas situações. E pessoas como você é que precisamos, pois com a passagem do conhecimento ajudará o ser humano cumprir da melhor maneira possível sua jornada de vida. Parabéns!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRômulo Henrique P. Alvarenga

    17-02-2011 às 20:36:12

    Oi,gostei da dica,eu não sou muito nervoso mas de uns tempos prá cá eu ando muito nervoso,agitado e ansioso,comecei a fazer atividade física hoje e realmente comecei me sentir melhor,obrigado .

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãosarem

    10-11-2010 às 23:27:50

    Valeu pela dica! acho ki a primeira coisa q devemos fazer é encontrar o q nos causa stress, se possivel encarar! se naum deixar de lado! por coisas insignificantes nos tiram do sério!

    ¬ Responder
  • ildevania salucomboildevania salucombo

    02-06-2010 às 09:53:37

    gostei das dicas amei
    eu sou uma pessoa muito nervosa e ciumenta com 21 anos ja tive principio de um a.v.c graças a ddeus superei e estou a tentar controlar os meus nervos .e vou tentar fazer o que eu acabei de ler.valeu

    ¬ Responder

Comentários - Como manter a calma!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O altíssimo preço da Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
O altíssimo preço da Vida\"Rua
Altíssimo preço da Vida
Numa certa manhã de sol, a menina olhos clara chamada Clarisse acorda e antes que os seus familiares acordassem, ela sai para ir ao mercado até que seguindo pela calçada um rapaz desembalando uma droga em meio a um plástico logo a sua frente senta-se logo a sua frente tendo o efeito da cocaína sendo ali realizado e ajoelhado aos seus pés clama pela ajuda dela, mas um de seus melhores amigos pelo qual esconde a sete chaves um sentimento bom à vista alvejada pelo moço, olha para os dois lados da rua para atravessar, empurrá-la e chutar o rapaz que somente queria alimentar-se e uma blusa de frio.


- Por que fez isso? Ele não iria me fazer nada.
- E o que ele queria com você?
- Não sei. Você não o deixou falar!
- Com essas coisas você sabe que não pode brincar! Sabe lá que esse rapaz poderia fazer com você.
- Está certo. Só que olha lá! Ele está passando mal [...] Não vamos continuar sendo insensíveis e cegos igual ao mundo inteiro! Pelo menos vamos ali comprar um pão para ele comer, tira essa camiseta e dá a ele!
- Quem não garante que ali na esquina ele não troque o pão e a camiseta ali na esquina com um vendedor [...].
- Não pode pensar assim toda vez [...]. As pessoas são diferentes umas das outras pelo pensamento olha pra gente agora! E quem garante que ele vai comer aqui mesmo o pão e por a camiseta ou ali na esquina mesmo!
- Ok. Faça o quiser! Depois não diga que eu não avisei. – Começou a andar em direção à sua casa.
- Vai pra onde?
- Pra onde você acha? A minha mãe está me esperando para tomar café.
- Vai com Deus.


- Amém. – Saiu em direção à sua casa.
Ela estendeu o braço para o moço levantar.
- Me acompanharia até o supermercado?
- Sim. Se não for nenhum incômodo!
- Sem drama! – Respondeu ela.
- Obrigado por ter me ajudado! Aquele menino é alguma coisa sua?
- Só um amigo e nada mais.
- Entendi. Prefere comer o quê?
- Qualquer coisa! Não importa o que seja.
- Ok.
- Só você vive essa vida nas drogas da sua família?
- A minha história o que ela tem de grande, complexa e um pouco engraçado é bem capaz de que não entenda, mas, respondendo a sua pergunta. Sou o único da família!
- Por que engraçado?
- Por conta do vício perdi um diamante raro [...].
- É poeta?
- Não! Quem me dera ser poeta. – Sorriu.
- Quando disse no diamante raro, em quem estava se referindo?
- Minha mãe [...]. Uma divina com o fornecedor foi bastante para que ela morresse!
- Nossa! Que triste. Isso explicaria o porquê de estar morando na rua?
- Sim.


- Nunca pensou em esclarecer esse desentendido?
- Não adiantaria, pois não me aceitaria da forma de como sou.
- Será que não?
- Queria pedir a eles perdão pelo meu jeito mesmo que isso não traga a minha família de volta!
- Por que você não tenta?
- Não tenho mais coragem de olhá-los no fundo dos olhos [...].
- Por que não?
- Por conta desse vício maldito!
- E se propor a eles de que irá se tratar [...]. Vocês podem promover uma campanha em todo canto para a arrecadação da verba para o tratamento!
- Como e por onde eu começo?
- Aí meu Deus! – Espantada ao olhar o relógio.
- O que foi?
- Preciso ir! O meu pai vai acordar para tomar café e ir trabalhar. Encontra-me aqui mais tarde?
- Que horas?
- Ao anoitecer.
- Tudo bem.
- Tchau. – Deu um beijo na bochecha do rapaz entrou correndo no mercado. Comprou o pão e foi correndo para casa.
- Que demora menina! – Falou a mãe.
- A fila para pegar o pão estava muito grande.
- Ok. Vai acordar o seu pai! – Desligando a boca do fogão que esquentava o café.
- Tá.


Depois do café da manhã ela arrumou a sua cama, arrumou a mesa do café, disse à sua mãe que iria à casa de sua colega da faculdade para terminar um trabalho quando na verdade ela ia tomar conhecimento do altíssimo preço que às vezes é cobrado por ser bonzinho, ela é pego por trás e pelos braços, o rapaz empurrou ela para dentro de um depósito de lixo e lá ela viveu o pior momento de sua vida. Ela foi abusada por doze rapazes das quais ela não viu o rosto até que o tal viciado chegou e a salvou.
- Nossa! Obrigado. Se não houvesse chegado não sei o que seria de mim.
- Que isso faria de novo se fosse preciso.
- Eu tenho um amigo que é locutor de rádio que pode te ajudar a pedir perdão à sua família!
- Ah é! E em qual rádio ele trabalha?
- É aqui perto!
- Mas tem aquelas rádios de transmissão nacional e municipal.
- Entendi. Aí eu já não sei, mas nós podemos perguntar!
- Boa!
Eles foram até a central da rádio que ficava a duas quadras dali. Ela conversou com o seu amigo que permitiu que o moço fizesse a mensagem e que fosse transmitida pela rádio. No entanto, quando sua irmã ouviu a mensagem do outro lado, as lágrimas rolaram e ela acabou deixando cair no chão uma travessa de vidro que estava secando cair no chão e o irmão dela pergunta.
- O que foi? Está tudo bem aí?
- O nosso irmão está no rádio!
- O que foi? – Saltou da cama o rapaz impressionado. – Ele disse aonde e como está? – Perguntou.
- Zona sul de São Paulo.
- Mas deixou o endereço?
- Não.


- Que rádio é?
- Metropolitana.
- Pega o número telefônico no site!
- Isso que estou fazendo agora.
Depois de pegar o número na internet a menina pegou e discou no telefone, mas somente caía na caixa postal.
- E aí?
- Caiu já na caixa postal novamente!
- O que acha de nós irmos pra lá de novo?
- Uma boa, mas você tem dinheiro?
- Sim. Só falta saber qual é o preço da passagem na rodoviária!
- Vou dar uma pesquisada aqui!
- O que você quebrou?
- A travessa de vidro. O que vamos dizer ao papai?
- Que nós vamos fazer uma visita a um amigo seu.
- Tá. Ok!
Ao fim da tarde ela chegou a na cidade de São Paulo e foram logo a radio. Disseram que o rapaz pelo qual foi cedido o espaço na programação é irmão deles. Com isso o radialista ligou para a sua amiga dele e combinou um local para fazer o encontro surpresa da família toda reunida no dia seguinte.
No amanhecer do dia seguindo o rapaz, morador de rua foi acordado por sua nova amiga e ela pediu que ele a acompanhasse sem que soubesse de nada. Quando chegou a uma praça ele logo reconheceu os seus irmãos de costas para ele que não conseguiu a partir de então segurar as lágrimas e eles enfim, se perdoaram e disseram um ao outro que nada e ninguém viriam a separá-los novamente.
O amigo radialista da garota percebeu de que estava com umas marcas estranhas e perguntou descontraído.
- O que te aconteceu?
- Passei por um episódio triste ontem.
- O que aconteceu?


- Quase fui estuprada ontem [...] Só não fui graças a este meu amigo.
- Já foi à delegacia fazer o boletim de ocorrência? Contou aos seus pais?
- Ainda não.
- Está esperando o quê? Quer que eu ajude você estando contigo quando contar?
- Estou com medo! Sim.
- Não é pra menos!
Deixaram-nos lá no momento angelical e familiar e ela foi lá com o radialista contar e não foi pra menos, sua família deu parte na delegacia além de promover uma campanha contra esses absurdos na vida de uma mulher.

Pesquisar mais textos:

Kaique Barros

Título:O altíssimo preço da Vida

Autor:Kaique Barros(todos os textos)

Imagem por: Vvillamon

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios