Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Nossos animais de estimação

Nossos animais de estimação

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Visitas: 14
Comentários: 18
Nossos animais de estimação

São ao longo do tempo na maioria uma ótima companhia para nós ,nossos filhos e familiares.cuidamos com amor as vezes são filhotes ou adultos,são muitos carinhosos e as vezes brutos.mais enfim continuam a ser nossos verdadeiros e leais amigos.(animais de estimação).

Podendo ser cachorros,gatos,hamster,periquito,papagaio e etc. mais as vezes o ser humano tem a capacidade de maltrata-los pelo fato se serem animais de estimação,mais não é por que são animais que não temos que respeita-los e ama-los.

Muitas vezes esses inocentes animais são tratados sem nenhuma forma de carinho,como por exemplo larga-los nas ruas ser ter o que se alimentar,sofrendo agressões de todas as formas.na chuva,no sol assim podendo serem atropelados,ser capturados para irem para um abrigos do mundo inteiro que la eles são sacrificados,pelo simples fato de não terem nenhum dono ou casa a onde podem viver ou por que foram abandonados por seus donos.Tem vários protetores de animais que recolhem esses animais por que foram abandonados, e procuram pessoas que realmente tenham amos e carinho pra dar pra eles não só por que foram abandonados mais também por que estão gravemente feridos ou tenham alguma deficiência e que inesperadamente são adotados e recebem muito amor e carinho de seus novos donos.

Vamos começar a pensar que os animais de estimação não são só na fase de filhotes,espertos e fofinhos mais sim,que como nos também vão se desenvolver podendo assim ter vários problemas de saúde, velhice e que podem a vir fazer coisas que possa nos desagradar:como fazer artes a onde não queremos,rasgar coisas.mais não podemos simplesmente abandona-los por isso temos que pensar que também passam por fazes,e que nos temos que ensina-los a saber qual é o seu espaço em nossas vidas e rotinas mais fazendo isso com amor e carinho e paciência nossos animais iram com o tempo aprender a onde e em que lugar fazer suas necessidades,não só eles mais nos temos que aprender a ensina-los sempre dando amor e carinho e não dando castigos a eles quando fizerem algo, que nos desagrade e nem abandona-los por isso.todos os animais de estimação precisam de carinho mesmo que seja um simples passarinho.vamos nos unir para acabar com tantos maus-tratos aos animais.

As vezes vemos casos de animais que atacam,será que esses animais atacam sem nenhum motivo,ou será que estão sobe algum tipo de maus-tratos,violência,ou por fome e etc.

Um animal só reage com violência se ele se sentir ameaçado ou maltratado caso contrário se ele for tratado com amor e carinho por todos jamais atacará.um animal mesmo de rua se tratar-mos ele com amor e carinho não vai nos atacar e sim aceitar nosso carinho e responde-lo com carinho .vamos parar e pensar!!!

Será que estamos dando o carinho que eles precisam e se você não tem nenhum animal de estimação ,e quer ter um pense se você está realmente preparado pra dar amor e carinho e também passar junto com eles todas as fazes que ele irá ter a te a sua velhice.ter um animal de estimação não é apenas ter um cachorro,gato e outros bonito mais sim feliz saudável e ser criado com muito amor e carinho.mais também vemos casos que muitos animais hoje em dia as vezes são muito útil pra nossa proteção quantos casos de animais que quando veem seus donos em situação de risco,colocam suas vida pela a de seus donos.quantos animais acham crianças que são cruelmente abandonadas por suas mães e com isso acabam salvando vidas ou mesmo sendo guias para deficientes sendo estes visuais ou físicos,contudo vemos que muitas vezes dependemos desses nossos amigos leais as vezes quando menos esperamos eles estão la para proteger seus donos sem nenhum medo ou até mesmo com muita valentia.

Enfim estes são os nossos animais de estimação, amigos leais para sempre


Aline Moraes

Título: Nossos animais de estimação

Autor: Aline Moraes (todos os textos)

Visitas: 14

801 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 18 )    recentes

  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 18:14:31

    Para quem optou por ter um animal de estimação precisa cuidar com muito amor. Mesmo se fores viajar, deves deixar com alguém, mas nunca isolados e largados. É necessário alimentá-los, dar banho, comprar comida e dar água para beber. Enfim, são atitudes que os deixarão bem vivos e com ótima saúde.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    13-09-2012 às 20:36:35

    alguma causas da nossa exaustão pode ser o nosso animal de estimação dormir na nossa linda cama. grande parte das pessoas que dormem com animais na cama têm problemas de sono. toda a gente sabe que quando eles se mexem podem-nos acordar e isso não é bom durante muitas vezes por noite nem por semana. se gosta de dormir com o seu animal de estimação, faça uma selecção dos dias para o fazer.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHelder Gomes

    28-08-2012 às 10:20:55

    para mim é matar todos esses animais...
    É provocarem mortes quando atacam pessoas, é criarem acidentes de viação onde morrer os passageiros dos veículos tentando proteger os animais...

    ¬ Responder
  • daniele

    22-07-2013 às 11:24:14

    meeu deeus neese mundoo ah gente pra tudoo mesmoo ondee ja se viiu maltratarem os animais eles sao tão foofos ums pessoa q ñ tem compaixão peloos animais deveriaa ser castigadaa eu adooro muitoo s aqnimais e nunca maltrataria um deeles....então pra quem judia dos bichinhos deve ser castigadaa e judiada tambem...

    ¬ Responder
  • luizaluiza

    17-12-2011 às 00:33:18

    @Rodrigo M.
    concordo com vc tbm, essas pessoas que n gostam de animais nunca sentiu amor por nada, são infelizes..

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoclari

    08-06-2011 às 18:43:37

    @Susana Cunha
    parece mesmo que voce não tem centimentos, pois eles são tão indefeso e tem muito amor pra dar!!

    ¬ Responder
  • raillanyraillany

    28-04-2011 às 13:50:33

    eu tenho uma cadella muito fofo eu amo mutissimo minha querida cadella

    ¬ Responder
  • Maria Josefa GutierrezMaria Josefa Gutierrez

    28-01-2011 às 21:47:18

    Adoro animais, tenho 2 viralatinha que amo de paixão.
    Elas são a minha vida.minhas companheiras.

    ¬ Responder
  • martamarta

    23-01-2011 às 13:40:24

    eu amo os animais só não gosto de ve los presos como muitas pessoas fazem por isso que não deixo o meu cachorro preso em corrente.
    para mim pessoas que maltratão animais são pessoas infelizes.

    ¬ Responder
  • marco aurelio rjmarco aurelio rj

    13-09-2010 às 20:30:24

    Os dois mandamentos
    1-amar a deus sobre todas as coisas.
    2-amar o teu próximo como a ti mesmo(ou seja não só amar os humanos mais tambem os animais!!Ok.

    ¬ Responder
  • valdirenevaldirene

    02-06-2010 às 03:49:21

    @Susana Cunha
    Vc acha q com tanta desgraça no mundo,ocasionada pelo homem eu iria defender o ser "desumano"? Vc é uma infeliz e coitada,talvez criada num lar de desamor e desuniao,pois onde ha amor,o coraçao nao endurece igual ao seu,vc nao é capaz de amar um animal pq nao ama nm a si mesma.O q um animal t fez de mal para vc dzr nao ama-los?Tenho pena de sua ignorancia,vc ha de se decepcionar muito com os "seres desumanos"eles nao merecem piedade de nós apenas de DEUS,os seres desumanos matam seus filhos,estupram seus semelhantes,roubam seus amigos,traem o proximo e sao egoistas e maldosos.Olha bem na esfera animal,só um pequeno exemplo:qual animal joga seu filho de um predio???E assi vai....O ser desumano merece piedade de DEUS...

    ¬ Responder
  • jhully lindinhajhully lindinha

    06-05-2010 às 19:16:21

    oi achei de mais queria que vcs soubese se vc presisar de mim pra alguma coisa pode conta comigo xau bjs

    ¬ Responder
  • karlakarla

    01-05-2009 às 02:03:17

    eles são tudo de bom néh..

    tenhu 3 .Já tive mais.

    hehehe é que eu tenhu uma que ja é bem velhinha tenho ela há 12 anos.mesmo ela estando tão velhinha eu sempre tiro um tempinho para brincar com ela. como ela ja é muito velhinha ela possui tumor no corpinho.mesmo assim a amo muito..

    é verdade vamos falar sobre os maús tratos com esses tesouros.Que não sabem se defender muitas vezes.

    coitadinhos muitos passam fome frio dor . em fim gente eles tem imenso amor tbm.eles são quase humanos só faltam falar.

    eu gostaria de ter uma fazenda sitio ou qualquér lugar que desse para eu criar esses animais abandonados com machucados sarna o que fosse..pois eles são tão doce quando tratados com carinho. eles não se intimidam quando querem nos defender...

    ¬ Responder
  • Tana FragaTana Fraga

    23-03-2009 às 21:49:12

    É triste constatar que há "pessoas" (?) que pretendem comparar sentimentos e confundem relações.
    Muita gente só deixa de viver em solidão porque teve a Coragem de adoptar um animal abandonado!
    Não me alongo mais...
    Termino assim: "quanto mais conheço a raça humana mais gosto dos animais"

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRodrigo M.

    15-03-2009 às 21:13:47

    Que falta de respeito escrever esse comentario. Se não gosta de animais , cai fora.

    Não gostei que falasse assim dos animais de estimação. eu tenho um cãozinho há 5 anos e tem sido a minha companhia. E digo-lhe muito honestamente , confio mais no "Bicas" do que em muita gente.

    O Bicas dá-me sentido á vida. O Bicas dá-me trabalho. Ocupa-me. Graças a este cão eu ainda mantenho algum juizo e equilibrio.

    Se Não gosta de animais de estimação venha conhecer o Bicas.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSusana Cunha

    15-03-2009 às 10:48:12

    Porque é que escrevem sobre animais?

    Darem miminhos e muito amor aos animais de estimação e com tanta gente a morrer de fome, ou de solidão?

    Eu não entendo como se protege mais os animais do que as pessoas.

    Para mim é muito extranho tanta coisa á volta de animais de estimação, cães, gatos, piriquitos,...

    P.S. Nunca gostei de Animais!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJoão Pedro

    28-08-2012 às 03:20:56

    És muito lesada, animais não bate em nós, humanos sim, animais não nós mata, humanos sim.

    P.S: Deixa de ser idiota.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarlos

    28-08-2012 às 10:14:29

    João Pedro, os animais não nos matam? Eu acho que tem que rever bem essa sua afirmação...
    Existem imensos casos em que os animais atacam humanos deixando-os completamente lesados, e por vezes acabam por morrer devido aos ferimentos, claro que a culpa não é apenas dos animais.. Também dos seus donos, e por isso é que é uma questão um pouco divergente.
    E quanto a Susana Cunha, bem concordo com o que diz, mas se não tivermos um pouco de compaixão pelos animais, então não somos humanos capazes de tratar dos grandes problemas da humanidade, por isso se tratarmos de um pequeno problema de cada vez somos capazes de trazer um bem maior para este planeta

    ¬ Responder

Comentários - Nossos animais de estimação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Ex-Machina e a máxima: cuidado ao mexer com os robôs.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: DVD Filmes
Ex-Machina e a máxima: cuidado ao mexer com os robôs.\"Rua
Este texto irá falar sobre o filme Ex_Machina, nele podem e vão ocorrer Spoillers, então se ainda não viram o filme, vejam e voltem depois para lê-lo.

Impressões iniciais:

Ponto para o filme. Já que pela sinopse baixei a expectativa ao imaginar que era apenas mais um filme de robôs com complexo de Pinóquio, mas evidentemente que é muito mais que isso.

Desde as primeiras cenas é possível perceber que o filme tem algo de especial, pois não vemos uma cena de abertura com nenhuma perseguição, explosão ou ação sem propósito, típica em filmes hollywoodianos.
Mais um ponto, pois no geral o filme prende mais nos diálogos cerebrais do que na história em si, e isso é impressionante para o primeiro filme, como diretor, de Alex Garland (também roteirista do filme). O filme se mostrou eficiente em criar um ambiente de suspense, em um enredo, aparentemente sem vilões ou perigos, que prende o espectador.

Entrando um pouco no enredo, não é difícil imaginar que tem alguma coisa errada com Nathan Bateman (Oscar Isaac), que é o criador do android Ava (Alicia Vikander), pois ele vive isolado, está trabalhando num projeto de Inteligência Artificial secreto e quando o personagem orelha, Caleb Smith (Domhnall Gleeson), é introduzido no seu ambiente, o espectador fica esperando que em algum momento ele (Nathan) se mostrará como vilão. No entanto isso ocorre de uma forma bastante interessante no filme, logo chegaremos nela.

Falando um pouco da estética do filme, ponto para ele de novo, pois evita a grande cidade (comum nos filmes de FC) como foco e se concentra mais na casa de Nathan, que fica nas montanhas cercadas de florestas e bastante isolado. Logo de cara já é possível perceber que a estética foi pensada para ser lembrada, e não apenas um detalhe no filme. A pesar do ambiente ser isolado era preciso demonstras que os personagens estão em um mundo modernizado, por isso o cineasta opta por ousar na arquitetura da casa de Nathan.

A casa é nesses moldes novos onde a construção se mistura com o ambiente envolta. Usando artifícios como espelhos, muitas paredes de vidro, estruturas de madeira e rochas, dando a impressão de camuflagem para a mesma, coisa que os ambientalistas julgam favorável à natureza. Por dentro se pode ver de forma realista como podem ser as smart-house, não tenho certeza se o termo existe, mas cabe nesse exemplo. As paredes internas são cobertas com fibra ótica e trocam de cor, um efeito que além de estético ajuda a criar climas de suspense, pois há momentos onde ocorrem quedas de energia, então fica tudo vermelho e trancado.

O papel de Caleb á ajudar Nathan a testar a IA de AVA, mas com o desenrolar da história Nathan revela que o verdadeiro teste está em saber se Ava é capaz de “usar”, ou “se aproveitar” de Caleb, que se demonstra ser uma pessoa boa.

Caleb é o típico nerd introvertido, programador, sem amigos, sem família e sem namorada. Nathan também representa a evolução do nerd. O nerd nos dias de hoje. Por fora o cara é careca, barbudão com uns traços orientais (traços indianos, pois a Índia também fica no Oriente), bebê bastante e ao mesmo tempo malha e mantém uma dieta saudável pra compensar. E por dentro é um gênio da programação que criou, o google, o BlueBook, que é um sistema de busca muito eficiente.

Destaque para um diálogo sobre o BlueBook, onde Nathan fala para Caleb:
“Sabe, meus concorrentes estavam tão obcecados em sugar e ganhar dinheiro por meio de compras e mídia social. Achavam que ferramenta de pesquisa mapeava O QUE as pessoas pensavam. Mas na verdade eles eram um mapa de COMO as pessoas pensavam”.

Impulso. Resposta. Fluido. Imperfeição. Padronização. Caótico.

A questão filosófica vai além disso esbarrando no conceito de “vontade de potência”, de Nietzche, mas sobre isso não irei falar aqui, pois já há textos muito bons por aí.

Tem outra coisa que o filme me lembrou, que eu não sei se é referência ou se foi ocasional, mas o local onde Ava está presa e a forma como ela fica deitada num divã, e questiona se Caleb a observa por detrás das câmeras, lembra o filme “A pele que habito” de Almodóvar, um outro filme excelente que algum dia falarei por aqui.

Talvez seja uma versão “O endoesqueleto de metal e silicone que habito”, ou “O cérebro positrônico azul que habito”, mesmo assim não podia deixar de citar a cena por que é muito interessante.

Pesquisar mais textos:

Jhon Erik Voese

Título:Ex-Machina e a máxima: cuidado ao mexer com os robôs.

Autor:Jhon Erik Voese(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Suassuna 11-09-2015 às 02:03:47

    Gostei do texto, irei conferir o filme.

    ¬ Responder
  • Jhon Erik VoeseJhon Erik Voese

    15-09-2015 às 15:51:02

    Que bom, obrigado! Espero que goste do filme também!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios