Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > obesidade: crianças fofas em risco

obesidade: crianças fofas em risco

Categoria: Saúde
Visitas: 21
obesidade: crianças fofas em risco

Certamente você já olhou para uma criança gordinha e pensou “que criança fofa”, mas quando você olhou pensou nos riscos que a obesidade infantil pode trazer? Não. Aqui vai uma serie de perigos que a obesidade traz:

• Dislipidemia (alterações frações lipídicas do sangue, tais como colesterol elevado, triglicérides alto, etc.) e suas consequências são: diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.
• Hipertensão que tem consequências como derrame, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, etc. crianças obesas correm bem maior de se tornar hipertensas do que as crianças não obesas.
• Intolerância à glicose(favorecendo a chegada do diabetes tipo 2)
• Apneia do sono.
• Problemas ósseos variados como artrose, enfermidades da coluna vertebral, etc.
• Efeitos sociais e psicológicos indesejáveis
• Pedra na vesícula.

Os problemas citados acima eram muito mais frequentes em adultos, mas a obesidade infantil vem crescendo de maneira assustadora. Estudos feitos mostram que nos estados unidos, o crescimento da obesidade infantil nos últimos vinte anos foi de 66%; no Brasil nesse mesmo período foi de 239%: o IBGE divulgou, em 2004 resultados surpreendentes da realidade brasileira no período 2002-2003: A incidência da obesidade já supera a desnutrição.

Infelizmente, grande numero de crianças até mesmo pais não estão conscientes desses riscos que a obesidade traz, e acabam vitimados por armadilhas alimentares no dia a dia: frituras, doces, massas, etc. Quando notam que estão acima do peso adotam dietas o que na maioria das vezes não dão certo. Cerca de 90% dos que adotam dietas como forma de perder peso acabam ganhando novamente o peso perdido no prazo de um ano.
Mas é claro que, para quem deseja emagrecer, novos hábitos precisam ser adotados, sendo assim aqui vai uma serie de medidas sugestivas para quem deseja emagrecer; Uma medida que chama bastante atenção e talvez seja a mais fácil de ser adotada é do bocado, vou falar dela mais a frente.

Medidas sugestivas:
• Ingira mais: frutas frescas, hortaliças frescas ou cozidas no vapor, mas cuidado com temperos que contem muito sal e calóricos.
• Ingira menos ou abandone: bolachas, massas, salgados, salgadinhos, pães, bolos.
• Beba bastante agua durante o dia entre as refeições.
• Pratique exercícios físicos: somente fechar a boca não adianta, isso pode causar angustia. Os exercícios físicos aumentam a queima de calorias, assim pode controlar menos as calorias que entram.
• Técnica do bocado: manter os alimentos por mais tempo na boca, mastigando mais do que o de seu costume, isso faz com que você tenha prazer em comer sem precisar ingerir tantas calorias.
• Se você comer o primeiro doce te leva a comer uma dúzia, não coma o primeiro.


Esau Siqueira

Título: obesidade: crianças fofas em risco

Autor: Esau Siqueira (todos os textos)

Visitas: 21

1 

Comentários - obesidade: crianças fofas em risco

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.