Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Ter Ou Não Ter Um Bulldog?

Ter Ou Não Ter Um Bulldog?

Categoria: Animais Estimação
Ter Ou Não Ter Um Bulldog?

Vamos falar um pouco sobre os prós e contras dessa raça maravilhosa.
Primeiramente para tomar a atitude de comprar/adotar um cachorro seja qual for a raça, você deve estar preparado e ciente de que este é um ser que gera gastos no orçamento doméstico devido à alimentação, vacinas, e brinquedos para desentediar.

Acima de tudo você deve estar ciente também de que este como QUALQUER outro animal possui sentimentos (sim, para o espanto de muitos já foi comprovado cientificamente que até baratas possuem sentimentos).
O Bulldog é um cão inteligente e muito doce com a sua família. Gosta de companhia, é afetuoso e brincalhão. Dá a impressão de força, determinação e atividade. É considerado um cachorro alerta, leal, valente, corajoso, de aparência feroz, mas dotado de índole afetuosa.

São animais de porte médio. Como já foi citado, é um cão dócil e jamais irá demonstrar agressividade senão quando em situação de estresse absoluto.

Tipos de Bulldog:
Existem basicamente quatro tipos de Bulldog, iremos citá-los sem adentrar muito aos detalhes particulares de cada um deles. Temos nesta lista o Bulldog inglês, o americano, o campeiro, e o francês (no google facilmente encontrará ricos detalhes sobre cada um destes).

Para finalizar este texto e para que você possa ter ainda mais características a serem colocadas na balança na sua decisão de ter ou não um Bulldog, devemos lembrar que eles roncam (e muito), os de menores porte geralmente roncam até enquanto andam, já os maiores geralmente roncam muito enquanto dormem.

Além de roncar eles babam e acabam encostando a boca babada em nossas pernas ao pedir carinho. É um animal que fica depressivo quando não recebe atenção e isso faz com que a maioria das pessoas os crie dentro de casa, o que não é tarefa fácil já que eles são muito lindos em filmes americanos, porém na realidade exige muita higiene e cuidados.

Os preços são variados (geralmente um pouco salgados) e podem chegar à faixa de 4 ou 5 mil reais.

Eu possuo um Bulldog Campeiro e particularmente eu amo ele como um membro da família, ele é muito inteligente, de fácil adestramento, não compreende nada que é dito aos gritos, mas tudo o que é dito com calma ele corresponde da mesma forma que uma criança. E a propósito, ele ronca MUITO!


Andretti2014

Título: Ter Ou Não Ter Um Bulldog?

Autor: Andretti2014 Andretti2014 (todos os textos)

Visitas: 0

439 

Comentários - Ter Ou Não Ter Um Bulldog?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios